05 jan14:51

Seara decreta situação de emergência

Em reunião realizada pela defesa civil na manhã desta quinta-feira, o município de Seara definiu através do decreto nº 394, estabelecer situação de emergência por causa da estiagem. A área urbana é a mais afetada. O abastecimento de água está sendo feito em forma de rodízio e a barragem da Casan está muito abaixo do nível normal. Em algumas regiões do interior, onde a precipitação de chuva foi menor, as perdas chegam a 30%, podendo se agravar se não chover nos próximos dias.

O presidente da Defesa Civil Fabio Stocco explica que essa medida se fez necessária pelo período de estiagem registrado no município, sendo que as previsões não indicam chuvas consideráveis para os próximos dias.

- A população urbana sofre com o fornecimento de água e os pontos mais altos estão sendo abastecidos com caminhão pipa – disse.

O município conta com um poço profundo com profundidade de 588 metros e vazão de 156 mil litros por hora, porém, após sua implantação problemas com a bomba de recalque foram registrados e a falta de água persiste para esta época.

- Essa situação precisa ser resolvida logo, pois quem sofre com este problema todos os anos é a população. Esperamos que a Casan solucione o problema o quanto antes para que se retome o abastecimento normal – destacou o prefeito em exercício, Henrique Fabrin.

O decreto é válido por 90 dias podendo ser prorrogado.


Por

Comentários