09 jan16:52

Trabalhos de revitalização da Getúlio Vargas reiniciam

O Prefeito de Chapecó em Exercício, Américo do Nascimento Junior, autorizou na manhã desta segunda-feira, o reinício das obras de revitalização da Avenida Getúlio Vargas. Os trabalhos foram interrompidos no mês de dezembro do ano passado, a pedido dos empresários, devido às festividades de final de ano que movimentam o comércio chapecoense. A retomada das atividades foi acompanhada por representantes das entidades Acic, CDL e Sicom.

Esta nova fase compreende a reformulação de mais seis quadras da Avenida, de um total de 10 (quatro já estão concluídas). A primeira a receber as melhorias está localizada entre as ruas Sete de Setembro e Guaporé. De acordo com o Américo, a retomada das obras está sendo realizada antes da data prevista, 10 de janeiro, e a intenção é concluir os trabalhos até o final do mês de abril.

- A proposta é criar uma identidade única para a Avenida, com canteiros centrais padronizados quanto à pavimentação e mobiliários urbanos, renovar a arborização e o paisagismo, facilitar o fluxo de pessoas e veículos. A nova Avenida vai oferecer mais segurança, além de disponibilizar espaços de convivência para a comunidade – destaca Américo do Nascimento Junior.


Mudanças

Entre as principais alterações estão o aumento na largura da via em 50 cm em cada sentido; nova paginação de piso; aumento no número de vagas para motos no canteiro central; remoção de árvores da espécie Legustro; novos canteiros com flores; trabalho especial no canteiro central em frente à praça, onde foram plantadas sete palmeiras imperiais; criação de espaços para monumentos; trabalho decorativo na base dos super postes e melhoria da iluminação noturna através de novos postes.

O projeto de revitalização foi apresentado ao público no dia 1 de outubro de 2010. Desde o dia 5 de abril de 2011, em cumprimento à ordem de serviço 36/2011, contrato 128/2011, firmado entre o Município e a Engedix Soluções em Engenharia Ltda., as obras estão em execução. O valor dos serviços contratados, com fornecimento de material e mão de obra, soma R$ 2.515.324,34 – recursos do Município e do Badesc – Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina.


Por

Um Comentário »

  • Tatiana disse:

    Acho legal revitalizar, mas tirar as árvores grandes?
    Passei por lá no dia que tinham cortado umas perto da Guaporé.
    Antes tinha uma sombrinha gostosa na faixa de pedestre, agora cortaram as árvores.
    Agora pra passar por ali perto do meio dia é um calorão.
    É certo que uma quantidade maior de árvores deixa o ar mais fresco, então porquê cortar mais da metade das árvores? Aqueles canteiros novos perto da igreja ficaram bonitinhos, mas insuportáveis de ficar por perto, porquê vem um calorão do asfalto dos lados, e não tem nenhuma árvore fazendo sombra.

Comentários