19 jan17:13

Famílias do interior de São Carlos terão novas residências

Mais 17 famílias de agricultores assinaram contrato de construção de casas no meio rural, através do programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal. O ato foi realizado na prefeitura de São Carlos com o acompanhamento de representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) e da Secretaria Municipal de Agricultura. – Com esta liberação ultrapassamos o número de 300 casas próprias construídas no município em menos de oito anos, através de parcerias com os governos do Estado e Federal – enfatizou o prefeito Elio Godoy.

Conforme o secretário de agricultura Silvério Heck, as famílias estão divididas nos Grupos um e dois (G1 e G2), que tem especificações diferentes em relação ao tamanho, valores e forma de pagamento das casas.

Para os agricultores do G1 a construção será de 53,9 metros quadrados, enquanto para o G2 será de 69,75 metros quadrados, onde os valores das obras variam entre R$ 22 mil e R$ 23 mil, respectivamente. Ainda segundo o secretário, para as casas de ambos os grupos os projetos são padrões da CEF.

No G1 o valor do material é completamente subsidiado como fundo perdido pelo governo, e a contrapartida do produtor é a mão-de-obra. Já para o G2 o produtor tem aproximadamente R$ 7 mil de subsídio e o restante é financiado em 10 anos, com prestações semestrais.

- Agora os agricultores devem providenciar as notas fiscais de compra dos materiais para a Caixa liberar 15% para cada família – explicou Heck.


Por

Comentários