26 jan00:13

Chapecoense vence a segunda partida e é líder

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense não jogou bem mas venceu o Brusque por 1 a 0, no Augusto Bauer, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Catarinense. A atual campeã é a única com 100% de aproveitamento na competição. A exemplo da partida contra o Avaí, o time do Oeste foi mal no primeiro tempo mas melhorou na etapa final. Prova que a preparação física iniciada no início de dezembro está dando resultado.

No primeiro tempo o domínio foi do time da casa. Aos 10 minutos o goleiro da Chapecoense, Nivaldo, evitou o gol numa cobrança de falta. Aos 22 minutos, em falta cobrada por Roger, a bola foi na trave. A Chapecoense até tentou atacar em alguns lances, como numa investida do lateral direito Gilberto Matuto, que concluiu para boa defesa do goleiro João Ricardo. No contra-ataque a Chapecoense fez pênalti, aos 36 minutos. Cris foi para a cobrança e mandou a bola para fora.

No início do segundo tempo o Brusque teve nova chance de marcar, em boa jogada de Roger, mas Nivaldo salvou com os pés. Depois o jogo foi ficando mais morno. A Chapecoense sem muita criatividade mas segurando o adversário. E o Brusque sem força para chegar no gol adversário.

O jogo começou a mudar quando o técnico da Chapecoense, Gilberto Pereira ,colocou os atacante Nicolas e Tiago Cavalcanti no lugar de João Paulo e Gilberto Matuto. E as mudanças deram resultado. Aos 33 minutos Tiago Cavalcanti recebeu dentro da área e chutou cruzado para marcar o único gol da partida.

O próximo confronto é contra o Camboriú, domingo, na Arena Condá.


BRUSQUE-0

João Ricardo

Pereira

Cleyton

Heverton (Marcelo Gaúcho)

Marcelo Guerreiro

Roger

Luan

Willian Kaefer

Tiago Maestri

Felipe Oliveira (Teixeira)

Leandrão (Cris)


Técnico: Marcelo Caranhato


CHAPECOENSE-1

Nivaldo

Fabiano

Leonardo

Souza

Gilberto Matuto (Tiago Cavalcanti)

Gustavo

Wanderson

Neném

William

Eliomar (Diego Teles)

João Paulo (Nicolas)


Técnico: Gilberto Pereira


Gols: Tiago Cavalcanti (C), aos 33 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Roan Marques da Rosa, auxiliado por Nadine Bastos e Alex dos Santos

Cartões amarelos: Nivaldo, Tiago Cavalcanti (C).

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Público e renda: Não divulgados

Por

Comentários