27 jan18:47

Mãe que aliciava as filhas para prostituição é presa em Maravilha

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Foi presa na final tarde da quinta-feira, dia 26, em Maravilha, uma mulher de 43 anos, suspeita de favorecimento a prostituição. Ela aliciava as duas filhas, uma de 11 e outra de 12 anos. A Polícia Civil prendeu também um homem de 36 anos, suspeito de tentativa de estupro.

O fato ocorreu em uma residência localizada no bairro Progresso. No local Policiais Militares, Civis e duas Conselheiras Tutelares, encontraram o homem seminu, na companhia da adolescente de 12 anos, que vestia apenas uma camiseta. No quarto foram encontrados preservativos masculinos, peças de roupas íntimas e R$ 100 em dinheiro. Valor, que possivelmente seria repassado à adolescente como pagamento pela relação sexual.

Após a prisão em flagrante, os policiais dirigiram-se até a Rodoviária da cidade, onde estava a mãe das meninas. Ela estava na companhia da outra filha, de 11 anos, a qual também era aliciada para a prostituição. A mulher foi presa em flagrante.

O estupro da adolescente foi evitado pelos policiais através de denúncia anônima, feita por uma pessoa que teria visto a mulher oferecer a filha para praticar relações sexuais, pelo valor de R$ 50.

As duas meninas foram encaminhadas para realização do exame pericial de conjunção carnal. A perícia constatou que não houve lesão.

O homem e a mãe das crianças foram levados à Delegacia para os procedimentos policiais. Após prestar depoimento os dois foram conduzidos à Cadeia Pública de Maravilha, onde permanecem à disposição da Justiça.

Segundo o Delegado Wagner Meirelles a mãe, se condenada, pode pegar uma pena de dois a 10 anos de prisão. Já o homem, de três a 15 anos de reclusão.

As meninas estão sob a guarda do Conselho Tutelar de Maravilha.


Por

Comentários