24 fev17:58

Fetraf-Sul e Via Campesina querem audiência com o Governo do Estado

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na tarde desta sexta-feira, dia 24, durante o terceiro anúncio de ações emergenciais para conter a estiagem no Oeste, integrantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar – Fetraf-Sul e Via Campesina realizaram manifestação na entrada do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó.

No ato eles entregaram para o Secretário da Agricultura e Pesca, João Rodrigues, uma pauta de reivindicações. – Já havíamos encaminhado uma solicitação de audiência no dia 12 de janeiro, mas não tivemos retorno – disse o coordenador adjunto da Fetraf-Sul Alexandre Bergamin.

>> Governo libera R$ 6 milhões para conter a estiagem no Oeste

O Secretário confirmou, após breve conversa com os integrantes, que vai receber a diretoria da entidade às 17h da segunda-feira, dia 27 em Florianópolis.

Entre os assuntos da pauta está a anistia do programa “Troca-troca” da safra 2010/2011, 50% de subsídio para a safra 2012/2013 e ainda uma ajuda de 50% na construção de cisternas. Bergamin disse ainda que se o agricultor quiser mesmo acessar o Juro Zero será necessário esse subsídio de 50%. – Alguns produtores estão cogitando procurar trabalhos alternativos, fora da propriedade para sustentar a família até a próxima safra – disse.


Por

Comentários