24 fev17:50

Governo libera R$ 6 milhões para conter a estiagem no Oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O governador Raimundo Colombo fez na tarde desta sexta-feira o terceiro anúncio de ações emergenciais para combater os efeitos da estiagem que assola a região Oeste desde o mês de novembro do ano passado. O governo vai disponibilizar R$ 6 milhões para as prefeituras em forma de convênios e para a distribuição de sementes de milho para os agricultores. A finalidade é para a contratação de serviços, transporte de água, produção de silagem e abertura de poços e bebedouros.

Esse auxílio deve beneficiar 20 mil famílias, que não foram atendidas por políticas de crédito rural ou seguro agrícola. Até a tarde desta sexta-feira, a Defesa Civil do Estado havia recebido o decreto de 96 municípios. As perdas agrícolas passam de R$ 600 milhões e mais de 595 mil pessoas foram afetadas.

O secretário de agricultura e pesca, João Rodrigues, disse que cada agricultor vai receber um kit composto de um saco de 20 Kg de milho, um saco de 25 Kg de azevém e dois sacos de 40 Kg de aveia. – Com esse kit, os agricultores poderão plantar o milho na próxima safra e usar o azevém e a aveia para pastagens de inverno. Atendendo tanto os produtores de leite como os agricultores familiares atingidos pela estiagem – destacou Rodrigues.

O agricultor Ivo Tobin que mora no interior de Ipumirim, perdeu 70% da lavoura de milho e os prejuízos na propriedade já chegam a R$ 5 mil. A preocupação do agricultor está em como se manter no período da entre safra. – Não tenho como sobreviver nesse período. A situação está complicada e penso em desistir da atividade – disse.


Outras medidas da Defesa Civil Estadual

A Defesa Civil Estadual apresentou o Plano de Trabalho para o Ministério da Integração Nacional e aguarda o repasse de R$ 3 milhões. O diretor de prevenção da Defesa Civil, Emerson Emerim, disse que o recurso será usado para a compra de 400 tanques de 5 mil litros, mil tanques de 10 mil litros, 20 mil peças de Clorín (purificador de água) e 200 mil vasilhames de 5 litros de água mineral.

Os produtos serão destinados aos municípios em Situação de Emergência por estiagem, para atendimento das famílias atingidas.


Por

Comentários