16 mar15:36

107 municípios em situação de emergência

[Atualizado às 17h02]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Com os decretos de Videira, Erval Velho, Ibicaré, Herval d´Oeste e Joaçaba, no Meio Oeste, sobe para 107 o número de municípios em situação de emergência em Santa Catarina devido a estiagem. Até o final da tarde a Defesa Civil do Estado já registrava Erval Velho, Ibicaré, Herval d´Oeste e Videira mas não havia recebido a documentação de  Joaçaba. O número de pessoas afetadas chega a 625.129 .

Em Erval Velho, o rio Erval, que corta a cidade e é uma das fontes para o abastecimento de água do município está seco. Segundo o diretor de agricultura e presidente da Defesa Civil do município, Vanilso Alessi, a demora para encaminhar o decreto foi porque acreditavam que o volume de chuva aumentasse, porém, aconteceu o contrário.

Duas comunidades do interior estão recebendo água. Dois caminhões pipa levam 8 mil litros de água cada para as Comunidades de Nossa Senhora das Graças e Nossa Senhora da Saúde. – Estamos fazendo duas viagens diárias – disse. Ele contou ainda que se a estiagem persistir o número de viagens pode aumentar e outras comunidades poderão ser atendidas.

Técnicos da Secretaria da Agricultura e Epagri estão fazendo um levantamento das perdas na agricultura. – O milho que foi plantado mais cedo teve perdas de 40%, já aquele que foi plantado mais tarde teve prejuízos de 80%- disse. Na soja as perdas também chegam a 40%.

Alessi calculou que as perdas na produção leiteira giram em torno de 20%. – O número não foi maior pois a chuva, que apesar de baixa, garantia renovação da pastagem para os animais – disse.

Joaçaba também decretou situação de emergência. A decisão foi tomada após uma reunião entre o prefeito Rafael Laske e membros da Defesa Civil. Segundo Irineu Meneguini , responsável pelo setor de agricultura as perdas nas safras de milho e soja chegam a 70%.

Se o quadro persistir sem chuva significativa nas próximas semanas, há o risco de comprometer o abastecimento de água nas residências do interior. – Diferente da cidade elas não contam com grandes reservatórios – alertou.

Outra preocupação do município é com a pecuária, principalmente a suinocultura e avicultura. – Na piscicultura as perdas chegam a 50% – disse Meneguini.



107 municípios em situação de emergência


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba*

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Rio das Antas

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 16 de março de 2012, pela Defesa Civil.

* A Defesa Civil do Estado ainda não recebeu a documentação destes municípios.


Por

Comentários