19 mar10:38

Chapecoense Juliana Dal Piva lança livro

A jornalista chapecoense Juliana Dal Piva, que atualmente reside no Rio de Janeiro, escreveu entre 2008 e 2010 um livro-reportagem sobre trabalho escravo indígena na Bolívia, no interior de Santa Cruz, na região do Chaco. A obra com o título Em luta pela terra sem mal, ganhou em 2010 na categoria reportagem crônica o XXVII Prêmio Direitos Humanos em Jornalismo, concedido pela OAB/RS e pelo Movimento de Justiça e Direitos Humanos.

O primeiro lançamento do livro foi na capital carioca, no começo de março. Agora a jornalista participa de lançamentos em São Paulo, Florianópolis e em Chapecó, no dia 7 de abril.


O livro

A narrativa utiliza a história dos escravos, em alguns casos por mais de 50 anos, para contar como se produziu e persiste um sistema escravocrata dentro das fazendas de criação de gado do Chaco. Uma história que começou em 1892 e persiste dentro do departamento de Santa Cruz, região mais rica da Bolívia e desenvolvida apenas depois da dominação dos guaranis pelo governo. A luta pela conquista dos direitos depende agora de uma das principais pautas do governo boliviano, que é a autonomia indígena e os rumos que o país tomará com a nova Constituição aprovada em janeiro de 2009.

São muitos os pontos interessantes da história dos guaranis na Bolívia, mas desde 2007 eles possuem um decreto que permite as reversões das propriedades onde foi constatado trabalho escravo e estão realmente revertendo. Já são 10 propriedades no coração do Chaco que devem ir para os índios.

Um dado interessante é que o Brasil tenta aprovar uma legislação semelhante desde 2001 sem sucesso, a tal PEC do trabalho escravo que também pretende confiscar terras sem indenização aos fazendeiros que violam direitos humanos.


Conheça mais sobre o trabalho de Juliana no site Em Luta pela Terra sem Mal.



Em luta pela terra sem mal

A saga guarani contra a escravidão na Bolívia

Juliana Dal Piva

1ª Edição | 176 páginas

Lançamento do livro:

Dia 7/04, a partir das 11h, na Grão Espresso Cafeteria, no Shopping Pátio Chapecó


Por

Comentários