29 mar11:55

Crianças são orientadas sobre trânsito em Xanxerê

Diariamente são noticiados acidentes de trânsito em todo país. Segundo a Polícia Militar, Santa Catarina é um dos estados com o maior registro de acidentes. E para que no futuro a história seja diferente, pelo menos na região de Xanxerê, a PM trabalha constantemente com palestras de trânsito para crianças do ensino fundamental. Uma oportunidade para as crianças aprenderem a se comportar no trânsito, e também servirem de fiscais dos adultos, já que muitos pais passam a ser cobrados pelos filhos ao descumprirem alguma regra de trânsito.


O soldado Paulo Fiuza, da Seção de Trânsito da 4ª Companhia, com apoio dos soldados Sérgio Pinto de Oliveira e Felipe Douglas Xavier Alkimim, ministrou palestra para 50 crianças da Escola Municipal de Educação Básica São Jorge, no dia 20 de março. Na manhã desta quarta-feira, dia 28, eles estiveram na Escola Municipal Pequeno Príncipe, no bairro Tonial, onde 80 crianças participaram da instrução.

Durante a conversa instrutiva que tem com os pequenos aprendizes, o policial militar, de forma clara e descontraída, fala sobre a necessidade do cumprimento das regras de trânsito para uma convivência harmônica entre pedestres, motoristas e ciclistas. O soldado orientou sobre a forma correta de atravessar as ruas, a importância das placas de sinalização e dos equipamentos de segurança, com destaque para o cinto de segurança, cadeirinhas e capacete, entre outras informações indispensáveis para a segurança de todos.

Mas a parte mais interessante para os pequenos é a hora de aplicar as regras de trânsito na prática, na pista que os policiais montam para os futuros motoristas. Com capacete bem colocado na cabeça, e com todas as regras trânsito também, as crianças pilotam as motos elétricas pela pista.

- De uma maneira eficaz e descontraída, as crianças vão aprendendo a importância de cada um ser respeitoso e gentil com os demais usuários das vias. Através desse serviço preventivo realizado pela Polícia Militar, no futuro, será possível encontrarmos motoristas e pedestres mais conscientes de suas ações, e consequentemente um trânsito mais humano – disse a soldado Erieles Pires Virissimo.


Por

Comentários