13 abr14:11

Defesa Civil distribui cloro para tratar água no Oeste

Os municípios atingidos pela estiagem e com dificuldades de abastecimento de água para consumo humano começaram a receber da Defesa Civil do estado potes do Clorin, substância utilizada para tratar a água em cisternas, caixas e caminhões pipa. A coordenação regional da Defesa Civil, com sede da SDR Chapecó recebeu o produto na segunda-feira, dia 9, e começou a distribuição. Nesta primeira etapa 37 municípios do Oeste serão atendidos.

A região vai de Irati a Ponte Serrada e de Abelardo Luz a Itá. A quantidade de potes varia de acordo com a população de cada município. O processo é muito simples. Cada pote tem 25 cápsulas e com apenas uma delas é possível tratar 10 mil litros de água.

- Depois de colocada a cápsula no reservatório, em 15 minutos a água está pronta para consumo. Mas é importante dizer que não é aconselhável dar esta água com cloro para os animais. A finalidade é para o consumo das pessoas – alerta o Sargento Lázaro Müller, Coordenador Regional da Defesa Civil.

>> São 126 municípios em situação de emergência devido a estiagem em SC

Segundo a Defesa Civil, o cloro é eficaz para o tratamento de qualquer substância que esteja na água como bactérias ou coliformes fecais. O produto só não funciona quando há poluição química, que não é freqüente na região.

- A medida é necessária porque muitos moradores da área rural tem captado água em rios ou recebido o abastecimento de caminhões pipa. Com o cloro evitaremos problemas de saúde – afirma o sargento.

O trabalho de distribuição acontece todos os dias e está sendo feito pelo próprio sargento que faz a orientação para as prefeituras sobre a utilização do cloro.

- Os municípios que desejarem receber o Clorin devem fazer a solicitação através das SDRs de Chapecó, Xanxerê, Seara e Quilombo. A Secretaria Regional informará a Defesa Civil de SC que autorizará a liberação do produto que está estocado na SDR de Chapecó – completou.


Por

Comentários