15 abr14:27

Contorno Viário Oeste em Chapecó

Com 75% já concluída, a obra do Contorno Viário Oeste está em fase final de conclusão. A inauguração deve acontecer até o mês de junho. Iniciada em fevereiro de 2009, a rodovia, com 7,8 quilômetros de extensão, liga a SCT 480, na saída para o Rio Grande do Sul, até a Avenida Leopoldo Sander, na rótula com a Avenida São Pedro e Attílio Fontana.

Com investimentos de R$ 12.321.152,86 por parte da Prefeitura de Chapecó, a obra vai desviar o fluxo de veículos de carga pesada que hoje corta a cidade, principalmente a Avenida General Osório. Também em andamento, a obra da ponte sobre o Rio Taquaruçú está orçada em R$ 3 milhões, totalizando cerca de R$ 15 milhões no Contorno Viário Oeste.

A ponte em ‘curva’ tem 130,33 metros de extensão, 11,57 metros de largura e 29,5 metros de altura. Todos os pilares e vigas, que servem de sustentação, já estão colocados, totalizando 85% da obra concluída.

Quase toda extensão do Contorno Viário Oeste já está com terraplenagem e drenagem concluída. A base também está pronta até as duas extremidades da ponte. Cerca de 65% da via já foi asfaltada. Neste momento também está sendo construído o trevo que dá acesso ao Contorno, no acesso ao Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, que liga à SCT 480.


Primeiro elevado de Chapecó

Na interseção do Contorno Viário Oeste com as avenidas São Pedro, Attílio Fontana e Leopoldo Sander, no Bairro Efapi, será construído o primeiro elevado de Chapecó, para facilitar o fluxo de veículos na região. O edital, na modalidade de concorrência internacional, destinado à contratação de empresa de engenharia para a execução dos serviços necessários, será aberto ainda este mês.

O elevado vai ligar o Contorno Viário à Avenida Leopoldo Sander, deixando livre o trânsito entre as avenidas São Pedro e Attílio Fontana, que liga o Centro ao Bairro Efapi. Uma passarela também será construída no local para garantir segurança aos pedestres que precisam atravessar a via. O valor máximo orçado para a obra é de R$ 10 milhões com recursos próprios do município.


Por

2 Comentários »

  • Rodrigo disse:

    A prefeitura terá que eliminas as lombadas da Atílio Fontana, para que os motoristas sejam atraídos ao contorno. O transito não pode ser truncado, ele deve fluir.

  • Luciane disse:

    Essa obra “grandiosa” não será de pista dupla.

Comentários