16 abr18:27

Governo de SC anunciou novas medidas para agricultores atingidos pela estiagem

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na tarde desta segunda-feira, dia 16, o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, esteve em Chapecó e anunciou novas medidas para os agricultores atingidos pela estiagem. Segundo a Defesa Civil do Estado, até a tarde da segunda, 127 municípios catarinenses haviam encaminhado decreto de situação de emergência e mais de 680 mil pessoas foram afetadas. Brunópolis no planalto serrano foi o último município a encaminhar o decreto.

No quarto anúncio o secretário apresentou o projeto que concede a isenção do pagamento de 50% da semente de milho que o agricultor atingido adquiriu do programa Terra Boa Semente da safra 2011/2012. O investimento do governo é de R$ 4,05 milhões.

- Essa medida amplia o apoio aos agricultores que tiveram perdas de produção em decorrência da seca – disse o secretário. Ele disse ainda que 30.642 agricultores que receberam mais de 116 mil sacas de semente de milho devem ser beneficiadas.

O custo médio para uma saca de 20 Kg foi de R$ 100. Com o auxílio do estado o agricultor vai pagar cerca de R$ 35 reais, já que o restante será pago pelo estado.

Para ter acesso ao novo benefício, o agricultor que teve uma perda de no mínimo 30% na produção de milho precisa solicitar uma declaração que comprove a situação junto aos sindicatos de agricultores, prefeitura ou escritórios da Epagri de um dos 127 municípios que encaminharam decreto para a Defesa Civil do estado.

Essa medida vem ao encontro de uma solicitação apresentada pelos municípios e pelos representantes dos agricultores e irá substituir a doação das sementes de milho e azevém que havia sido anunciada pelo Governo para 20 mil agricultores no dia 24 de fevereiro.


Por

Comentários