01 mai16:50

Motocross em Chapecó

A quarta etapa da Superliga Brasil de Motocross 2012 será neste final de semana, dias 5 e 6, em Chapecó. Pelo terceiro ano consecutivo, a cidade será palco de uma das principais competições nacionais da modalidade. Os representantes catarinenses estão ansiosos para as disputas que acontecerão no Autódromo Internacional de Chapecó. A entrada será gratuita. Mas para ter acesso aos dois dias de provas os espectadores deverão trocar dois quilos de alimentos não perecíveis (arroz ou feijão) pelo ingresso. Os pontos de troca são Moto Point, Gambatto Motos e VM Motos.


Arthur Todeschini.


Revelação de Chapecó, o jovem Arthur Todeschini (#3) é um dos favoritos à vitória na categoria 65cc. O piloto de 11 anos é líder na classificação geral com 75 pontos e espera contar com o apoio de amigos e familiares no desafio em casa.

- Eu gosto de correr aqui, porque sempre tem muita gente torcendo por mim. Os colegas da escola e família dão incentivo e isso me deixa confiante. Espero poder comemorar com eles no final da corrida – afirma “Thui”, como é conhecido.

Ademir Todeschini, pai de “Thui”, participou de várias provas no Autódromo de Chapecó. O piloto busca usar sua experiência para passar tranquilidade ao menino.

- Ele costuma ficar ansioso, mas tento deixá-lo mais relaxado. Quando tem disputa na cidade é automático. Todos vêm torcer por ele. Isso acaba exercendo pressão maior, mas sei como lidar com esse tipo de situação. Passo o conhecimento que tenho do trajeto e confiança para encarar a etapa – destaca Ademir.

Gustavo Henn (#90) é representante da região na MX2. O piloto nasceu em Mondaí, município que fica a 140 quilômetros de Chapecó, e disputa a categoria pela primeira vez na cidade. No ano passado, Gustavo correu a Júnior e conquistou a vitória.

- O processo de adaptação é um pouco lento, mas com trabalho feito junto aos mecânicos e modificações na moto senti uma evolução. Correr em casa é uma motivação a mais. Espero terminar com um bom resultado – disse.


Concordiense estreia na MX2

A terceira etapa da Superliga Brasil de Motocross também contará com um estreante local. Eduardo Cassol (#29), de 17 anos, é de Concórdia e já chegou a participar de sessões de treinos na pista em 2010. Este ano, o competidor estreia na MX2.

- Acho muito importante a organização realizar corridas em diferentes locais e dar oportunidade aos novos pilotos. Fico um pouco nervoso, mas espero contar com o apoio da torcida para ter um bom desempenho – completa.

Completando a lista de pilotos locais, Thauan Simon Laucsen (#369), de 23 anos, é o chapecoense na categoria CRF 230.


Serviço:

Superliga Brasil de Motocross 2012 – 4ª etapa

Data: 5 e 6 de maio

Local: Autódromo de Chapecó/SC



Programação

Sábado (5/5)

Treinos Livres

MX Pró: 9h30 às 10h

65cc: 10h05 às 10h25

Júnior: 10h30 às 10h50

MX2: 10h55 às 11h25


Treinos Classificatórios

MX Pró: 12h30 às 13h

65cc: 13h05 às 13h25

CRF 230: 13h30 às 14h

Júnior: 14h40 às 15h

MX2 – Grupo A: 15h05 às 15h35


Provas

65cc: 16h05 (15 minutos + duas voltas)

CRF 230: 16h35 (15 minutos + duas voltas)


Domingo (6/5)

Warm up

Júnior: 8h às 8h10

MX2: 8h20 às 8h30

MX Pró: 8h40 às 8h50


Provas

Júnior: 9h10 (20 minutos + duas voltas)

Cerimônia de abertura: 9h40

1ª bateria MX2: 9h50 (30 minutos + duas voltas)

1ª bateria MX Pró: 10h35 (30 minutos + duas voltas)

2ª bateria MX2: 12h10 (20 minutos +duas voltas)

2ª bateria MX Pró: 13h (20 minutos + duas voltas)





Por

Comentários