28 mai08:05

Arabutã, a Capital Catarinense da Cuca

O município de Arabutã já pode ser considerado como Capital Catarinense da Cuca, desde a votação em plenário, na Assembleia Legislativa, ocorrida na quarta-feira, dia 23, do projeto de lei (PL 36/12) apresentado pelo deputado Moacir Sopelsa (PMDB) em reconhecimento à tradição culinária daquela comunidade.

A matéria foi aprovada por unanimidade dos parlamentares presentes. Sopelsa, que presidiu a sessão, explica que o projeto visa estimular a produção local, pois o consumo de cuca artesanal sempre se fez presente na vida do povo de Arabutã, desde a sua colonização em 1927. O município tem colonização predominantemente de descendentes de imigrantes alemães e emancipou-se de Concórdia em 1991.

No dia 12 de dezembro de 2010 foi instituído o Dia da Cuca, conforme a Lei municipal nº 604, de 19 de outubro de 2010.

- Atualmente as cucas de Arabutã, com suas receitas aprimoradas e diversificadas, atendem os mais diversos gostos e são reconhecidas e procuradas por muitas cidades catarinenses até mesmo em outros estados, divulgando Arabutã – argumentou o deputado.


Por

2 Comentários »

Comentários