10 jun14:59

Aproveite as festas juninas sem descuidar da dieta

Amendoim, pipoca, milho verde e quentão são alguns dos itens obrigatórios das festas juninas, e também alguns dos mais calóricos. O clima frio e a variedade de iguarias induzem ao exagero e ao descontrole alimentar. Diante de tanta comida, a tendência é experimentar de tudo um pouco, o que é errado. Outro fator é o tempo frio, que faz aumentar o apetite por alimentos calóricos.

— A sensação de fome aumenta no frio. É um mecanismo natural do corpo para repor energias. O interessante é que nesses momentos, temos uma tendência a desejar alimentos mais calóricos, mas o ideal é optar pelas sopas e caldos que trazem conforto à temperatura do corpo — explica o nutrólogo Celso Cukier.

Segundo ele, os pratos mais famosos das festas juninas não são vistos como vilões para o organismo em geral, mas o que causa preocupação é o seu preparo.

— O milho, por exemplo, é rico em proteínas e carboidratos e não possui alto teor calórico, mas quando são acrescentados o sal e a manteiga, pode se tornar bem perigoso— explica Cukier.

O nutrólogo lembra também que o amendoim é, de todas as especiarias, a mais calórica, principalmente, o que possui a casquinha branca e é torrado com sal. O abuso dos doces deve ser controlado e é extremamente importante se hidratar frequentemente. Vinho quente e quentão costumam ter pouco teor alcoólico e trazem uma sensação de conforto. Ainda assim, quando são consumidos em grande quantidade, podem fazer mal à saúde, como qualquer outra bebida alcoólica.

Para comer menos no arraiá, a dica do médico é fazer um lanche antes de ir para a festa.

— Assim, nossa alimentação estará harmônica e nosso corpo reagirá bem — ensina.

BEM-ESTAR



Por

Comentários