14 jun09:42

Chapecoense vence amistoso na Arena Condá

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com um gol aos 46 minutos do segundo tempo, num chute de fora da área de Eliomar, que ainda bateu no poste antes de entrar, a Chapecoense venceu o amistoso contra o Concórdia por 1 a 0. O gol amenizou o jogo ruim, com muita disposição dos jogadores mas poucas situações de gol.

Este foi o quarto teste da Chapecoense em preparação para a Série C e o segundo contra o Concórdia. No confronto anterior, a Chapecoense venceu por 4 a 1, em Itá. Nos outros dois confrontos, contra o Sub 23 do Inter e Atlético-PR, houve empate por 1 a 1 e 4 a 4, respectivamente.

A definição da CBF sobre o início da Série C deve sair nesta quinta-feira.



Schulle valoriza teste

Apesar da produção limitada no ataque o técnico Itamar Schulle valorizou o teste contra o Concórdia.

– O adversário tem qualidade e conseguimos a vitória o que sempre é importante- destacou.

Para ele o setor defensivo mostrou segurança e o Concórdia trouxa um grau de dificuldade que ele espera encontrar na Série C. Além disso, ele pode observar os jogadores contratados e testar esquemas de jogo.

–Foi bom para fazermos nossas observações- disse.


Positivo

A Chapecoense voltou a jogar no estádio Índio Condá depois de 45 dias. O último jogo havia sido a derrota para o Avaí por 2 a 1, na semifinal do Campeonato Catarinense.

Finalmente a torcida pode ver os reforços que foram contratados para a Série C, como o atacante Lê e os volantes Paulinho Dias, Dudu e Chicão. O técnico Itamar Schulle aproveitou para observar o meia atacante Bruno, que está em teste. Schulle testou dois esquemas, o 4-4-2 no primeiro tempo e o 3-5-2 na segunda etapa.


Negativo

A apresentação da Chapecoense deixou a desejar, muito em função da boa marcação do Concórdia, mas também em virtude do grande número de passes e cruzamentos errados. O time de Itamar Schulle mostrou baixa produção no setor ofensivo, com raras situações de gol. A torcida, que estava ansiosa para ver o time, reclamou bastante das jogadas erradas. Na Série C do Campeonato Brasileiro o time terá que render mais se quiser buscar o acesso para a Série B.


FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE-1

Rodolpho

Rafael Mineiro (Chicão)

Fabiano

Souza (Leonardo)

Willian (Esquerdinha)

Wanderson

Paulinho Dias (Dudu)

Athos

Neném (Bruno)

Eliomar

Lê (Cristiano)


Técnico: Itamar Schulle


CONCÓRDIA-0

Segala

Danilo (Tomas)

Jajá (Gustavo)

Ícaro

Tinga (Valmir)

Carlos Alberto

Xipote

Baiano (Fábio Pinho)

Maicon (Marcelinho)

Leandro Mineiro

Adriano (Felipe)


Técnico: Nestor Simionatto


Gol: Eliomar (C), aos 46 minutos do segundo tempo

Local: Estádio Índio Condá, em Chapecó


Por

Comentários