20 jun14:48

Chapecoense prepara ação indenizatória

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Sem confirmação de início da Série C até o início da noite de ontem o presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro, disse que o clube deve entrar hoje com uma ação judicial pedindo indenização.

- Chega de palhaçada- disse Pallaoro. Ele estima em R$ 400 mil os prejuízos. Cerca de dois mil dos cinco mil sócios estão atrasados. E novos patrocínios de placas e camisa não foram fechados por não haver jogo.

Isso sem contar os salários que estão sendo pagos sem competição. –Se pagaram o que estamos perdendo podem ficar três meses sem jogo- irritou-se o presidente.

A competição era para iniciar no dia 26 de maio mas foi suspensa devido a ações do Brasil de Pelotas e Treze da Paraíba, que buscavam as vagas de Santo André e Rio Branco. O Santo André também entrou com uma ação para suspender a Série C, enquanto não definisse a situação. A CBF até conseguiu derrubar que o Brasil de Pelotas conseguiu na Justiça Comum do Rio Grande do Sul, para ingressar na Série C. Mas até ontem o Treze continuava batendo o pé. O Santo André até se comprometeu a retirar sua ação. Com isso haveria a possibilidade do campeonato iniciar já no próximo sábado.

Neste caso a Chapecoense iria jogar contra o Santo André, em Araras. A logística de deslocamento já foi definida. –Já conversei com o Schulle e o time está pronto- disse o diretor de futebol, Mauro Stumpf.

No entanto o clube do Oeste aguardava uma definição oficial da CBF.


Por

Comentários