29 jun17:53

Vinte famílias de agricultores receberam a chave da casa própria nesta sexta-feira em Xaxim

A festa foi em dobro nesta sexta-feira, dia 29, para a família Bertoncelo, da Linha Pocinho de Cima, interior de Xaxim. Eles foram uma das 20 famílias que receberam as chaves da casa própria. Conquista alcançada com o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) do governo federal, da Caixa Econômica Federal, tendo como entidade organizadora a Federação dos Agricultores da Agricultura Familiar (Fetaesc) e, como empresa executora o Programa de Marketing Socioambiental SOS Sustentar.

- Estamos muito felizes com a realização deste sonho. Se não tivéssemos essa ajuda, não teríamos condições de construir uma casa nova. Agora vou comprar móveis novos para o quarto de minha filha – destaca Neusa Bertoncelo, 43 anos, que comemora neste dia 30, mais um ano de vida com um grande presente: a casa nova.

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xaxim, parceiro do programa, ajudou na realização de mais 300 projetos de reforma de casas e mais, 78 projetos de novas residências. Em processo final de aprovação, estão 28 projetos para casa nova e mais 35 para reforma. Para o assessor da Fetaesc, Onorino Dalapossa, a construção da nova casa é o momento de um recomeço.

- A vida ganha novo brilho com esta conquista. Vamos conseguir contemplar mais pessoas através da ajuda de todos – afirma.


Sonho real

Para o agricultor aposentado, Alvicio Avelino Solforoso, 73 anos, a casa que passará a morar é um sonho que esperou por muito tempo. Solforoso explica que a casa onde mora, atualmente, possui 60 anos e já passou por reformas, porém não teria a condição de fazer uma nova.

- Com a ajuda de todos, tenho uma casa nova e realizei meu sonho. Agora vou comprar móveis para poder entrar na casa – explicou o agricultor da comunidade de Santa Lucia.

Para o casal, Silvano Balan, 23 anos, e Juliana Varnieiri, 20 anos, que irão se casar em setembro, ter a casa já construída é a chave de ouro para o início de uma história a dois.

- Trabalhamos na agricultura e para casar, precisávamos deste começo. Estamos muito felizes – explica Balan.

Para o diretor da SOS Sustentar, Rolf Sprung este programa viabiliza a valorização do agricultor familiar, oferecendo subsídios e também capacitações para aprimoramento da produção e também para aumentar a autoestima de cada um. Nesta semana, além de Xaxim, mais 39 agricultores do Extremo-Oeste foram beneficiados com a ação do programa.



Por

Um Comentário »

  • SAYONARA NASCIMENTO disse:

    BOM DIA
    SOU PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES PESCADORES (AMPAP) GOSTARIA DE TRAZER ESTE PROGRAMA DE CASA POPULAR PARA MINHA COMUNIIDADE PESUEIRA;SÓ TENHO UMA DÚVIDA,NAO TEMOS ESCRITURA PUBLICA POIS AS TERRAS SAO DA UNIAO(SPU),O QUE DEVO FAZER PARA O NOSSO BENEFICIO?
    ATT,
    SAYONARA

Comentários