02 jul11:09

Cerca de 80 empregados do transporte de valores estão em greve em Chapecó

[Atualizado 14h14]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Após nove assembleias realizadas em todo o Estado, o Sindicato dos Empregados em Transportes de Valores de Santa Catarina (Sintravasc) decidiu entrar em greve a partir desta segunda-feira.

Segundo o sindicato, a paralisação ocorre em Florianópolis, Criciúma, Blumenau, Tubarão, Itajaí, Joinville, Joaçaba, Lages e Chapecó. São 1,5 mil trabalhadores parados.  Só em Chapecó,  80 estão de braços cruzados. Com a greve pode faltar dinheiro nos bancos e caixas eletrônicos que são abastecidos pelos carros-fortes.

Os trabalhadores reivindicam10% de aumento de salário, vale alimentação nas férias e plano de saúde integral. De acordo com o diretor do sindicato em Chapecó, Ademir Dall Bello, não há data para o fim da paralisação.

— Vamos ficar parados até que as nossas reivindicações sejam atendidas — disse.

Em nota, o presidente do Sintravasc, Vilson Soares dos Santos, afirmou que os empresários receberam a pauta de reivindicação há mais de dois meses e se negam a negociar.

— Eles propuseram 4% de reajuste enquanto a inflação do período é de 4,88%. Isso para nós foi um deboche, por isso só nos restou a greve — afirmou.


Por

Comentários