04 jul16:32

Semana do Microempreendedor individual no extremo oeste

Atraído pelos benefícios proporcionados pela formalização, Sandro Innich, do extremo oeste de Santa Catarina, legalizou seu empreendimento durante as ações da Semana do Empreendedor Individual, na tenda do Sebrae/SC, em Maravilha. O trabalhador atua há cerca de dois anos no ramo de chapeação e pintura de veículos, mas só agora alugou uma sala, montou estrutura e efetivou a empresa denominada SI Chapeação e Pintura.

Innich possui um funcionário e atende de 10 a 15 veículos por semana. Ele obteve informações sobre a Semana do Empreendedor Individual através de divulgação da coordenadoria regional extremo oeste do Sebrae e não teve dúvidas de que a categoria seria a mais adequada ao seu negócio.

- Registrar a empresa na hora, ter CNPJ e oportunidade de crescer de forma legalizada foram alguns dos motivos que me estimularam a ser um empreendedor individual – salienta o empreendedor.

O evento em Maravilha conta com a parceria da prefeitura municipal que tem como prefeito Orli Berger.

De 2009 até o dia 28 de maio deste ano, os números no extremo oeste contabilizam 3.567 profissionais autônomos formalizados. Segundo o coordenador regional Sebrae/SC, Udo Trennepohl, as ações da Semana do Empreendedor Individual na região estão sendo bem-sucedidas.

- Tudo indica que nossa meta de legalizar 150 novos negócios durante o evento nos 34 municípios de abrangência da coordenadoria regional extremo oeste serão alcançadas – disse Udo.

A Semana do MEI oferece atendimento até o sábado, dia 7, em todo o Estado. As atividades incluem formalização, oficinas de treinamento e diagnósticos de empresas por meio do programa Negócio a Negócio. Além disso, contadores e técnicos do Sebrae/SC esclarecem dúvidas e orientam sobre como desenvolver sua empresa de maneira sustentável. Tudo isso de forma gratuita.

Os municípios de São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga e Maravilha estão entre as 30 cidades do Estado que receberam tendas do Sebrae/SC em locais estratégicos para atendimento. No município de Dionísio Cerqueira, a ação é realizada pelo Sebrae/SC, Sebrae/PR e prefeituras de Barracão e Dionísio Cerqueira. Além disso, a há exposição de produtos de MEIs da região à sociedade. Para comportar esse diferencial, a tenda do município é de 100 metros quadrados.

O diretor financeiro do Sebrae/SC, Sérgio Cardoso, esclarece que o objetivo é impulsionar novos negócios e aprimorar empresas já existentes. – Para isso, tanto a formalização quanto a constante capacitação dos empreendedores são fundamentais – argumenta.


Empreendedor individual

Atualmente, 82 mil empreendedores catarinenses estão formalizados. O Programa Empreendedor Individual foi lançado em julho de 2009 com o objetivo de permitir a legalização da atividade dos profissionais que trabalham por conta própria, e que estejam ligados às atividades relacionadas ao comércio, indústria ou serviço.

A partir da formalização, os empreendedores individuais contribuem com os deveres fiscais e contam com benefícios previdenciários, como aposentadoria, auxílio-doença e salário-maternidade. Eles pagam uma taxa fixa mensal de 5% do valor do salário mínimo para a Previdência Social – o que equivale a R$ 31,10 –, mais R$ 1,00 de ICMS, se atuarem no setor de indústria ou comércio; ou R$ 5,00, se forem da área de serviços.

A formalização como empreendedor individual beneficia os trabalhadores autônomos que faturam até R$ 60 mil anuais.


Programação

No extremo oeste o atendimento prossegue até sábado, com tenda no calçadão em São Miguel do Oeste, a rua Rio Grande do Sul (próximo ao banco Itaú) em Dionísio Cerqueira, na Praça da Bandeira (centro) em Itapiranga, e em Maravilha, na avenida Sul Brasil, em frente à CAIXA.

A recepção nas tendas é das 9h às 18h e no sábado das 9h às 12h. Informações, novidades e soluções também estão disponíveis no site www.sebrae-sc.com.br e pelos telefones 0800 570 0800.


Por

Comentários