11 jul13:51

Estudante de Chapecó participou de programa na embaixada dos EUA

Foram seis dias inesquecíveis na vida da jovem Isadora de Sá Giachin, de 16 anos. A aluna do Colégio Estadual Bom Pastor, de Chapecó, participou do Programa Jovens Embaixadores na Embaixada dos Estados Unidos. A chapecoense e mais cinco catarinenses visitaram pontos turísticos da capital federal e aprenderam um pouco mais da cultura americana.

Para entrar no programa Isadora precisou se inscrever e cumprir alguns requisitos como saber falar inglês, ter entre 15 e 18 anos, participar de atividades de voluntariado e responsabilidade social, ter bom desempenho escolar, e principalmente, estar cursando o ensino médio em escola pública.

A aluna da turma 301 fez uma prova escrita e outra oral e ficou entre os oito estudantes catarinenses que tiveram os documentos enviados à embaixada americana.

- Fui aprovada e tive a oportunidade de fazer esta viagem fantástica até Brasília e à embaixada dos Estados Unidos – comemorou.

O contato mais de perto com a cultura americana foi um dos pontos altos da estada na capital federal. Os seis estudantes catarinenses escolhidos tiveram noções de futebol americano, inclusive jogando contra uma equipe local, aprenderam sobre a culinária e outras características do país.

- Conhecemos um pouco mais da realidade dos americanos ouvindo de uma americana como são as famílias, os feriados, os estilos musicais e esportes. Tivemos a oportunidade de conversar e aperfeiçoarmos nosso inglês. Também mudamos algumas percepções com relação aos Estados Unidos – disse a jovem.

Ao todo 34 jovens de diversos estados tiveram a oportunidade de fazer uma espécie de intercâmbio dentro do próprio país. Da região oeste participaram estudantes de São José do Cedro e de São Lourenço do oeste, além da jovem chapecoense.

- Conhecemos culturas diferentes inclusive do próprio Brasil, era um sonho distante que se tornou realidade – completou.


Por

Comentários