16 jul18:58

Jô vem para reforçar o ataque da Chapecoense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O sexto atacante da Chapecoense, Jonathan Oliveira, conhecido como Jô, de 22 anos foi apresentado na tarde desta segunda-feira. O atleta que estava no Cruzeiro de Porto Alegre/RS veio por empréstimo e deve ficar até o final da Série C. Na apresentação, durante um jogo treino, ele marcou um gol.

Segundo o diretor de futebol do clube, Mauro Stumpf, Jô tem convites para jogar na Alemanha.

- Ele deve ficar conosco até dezembro e depois vai decidir se joga na Europa – disse.

O atacante, natural de Porto Alegre, já passou por times como o Internacional, Vila Nova/GO e Luverdense/MT.

- Vim para a Chapecoense para mostrar o meu trabalho e ajudar o grupo a garantir a vaga na B – disse Jô.

Na apresentação, durante um jogo treino contra o Ypiranga de Erechim/RS, ocorrido na tarde desta segunda no Estádio Municipal de Coronel Freitas, o atacante marcou o único gol da partida. Participaram do jogo, comandado pelo técnico Itamar Schulle, os atletas que não viajaram para Caxias do Sul/RS.

De acordo com Mauro, a ideia do jogo foi por em atividade os jogadores que não estão jogando.


Ataque desfalcado no Verdão

A Chapecoense tem no elenco cinco atacantes, destes três estão no Departamento Médico. Mateus Paraná fez uma cirurgia no joelho e não deve mais jogar a Série C. Lê teve uma fratura no nariz na partida contra o Vila Nova/GO e poderá jogar contra o Macaé, no domingo. Já Éber voltou a sentir uma lesão no joelho. Os outros são Cristiano e Thuram.

Como estava com poucas opções, Itamar Schulle teve que convocar Leandro, de 19 anos, das categorias de base, para o jogo contra o Caxias. A equipe conta ainda com o meia atacante Eliomar.

O novo atacante disse que não é a solução para o setor, mas acredita que junto com a equipe será possível afastar essa má impressão do ataque do Verdão.



Por

Comentários