23 jul14:41

Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço é tema de encontro em Dionísio Cerqueira

O município de Dionísio Cerqueira vai sediar amanhã, 23 e quarta-feira, 24, a terceira etapa dos encontros de trabalho para elaboração do Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço (PDIF) do estado de Santa Catarina. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, Normélio Menegazzo, o ato de instalação do Núcleo acontece nesta terça, às 9h, na sede da Câmara de Vereadores de Dionísio Cerqueira.

Menegazzo explica que o PDIF catarinense tem a participação de 11 Secretarias Regionais: São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Palmitos, Xanxerê, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Seara, Quilombo, Maravilha e Concórdia. Também estão envolvidos representantes de autarquias, associações de municípios que representam 82 cidades, Secretaria de Estado do Planejamento, Ministério da Integração Nacional e órgãos públicos.

Conforme o secretário Regional, até o momento foram debatidos diversos eixos para a construção do PDIF catarinense, com destaque para Educação; Saúde; Infraestrutura e Logística; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Sócio Ambiental; Segurança e Aduanas. As atividades em Dionísio Cerqueira serão realizadas nestes dois dias na Câmara Municipal de Vereadores. Os trabalhos iniciam às 09h se estendem até às 18h. A entrega do Plano ao Ministério da Integração Nacional deverá ocorrer até o dia três de agosto. A elaboração do PDIF tem como base a metodologia que foi construída pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) e validada para ser aplicada em todo território nacional, na faixa de fronteira.

Sobre o Núcleo

O Núcleo é previsto na Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira (CDIF), instituída em setembro de 2010, por meio de Decreto da Presidência da República. Sua função engloba a interlocução entre os atores locais e o Governo Federal, a sistematização de demandas, análise de propostas de ações e a formulação dos Planos de Desenvolvimento e Integração Fronteiriços.

O objetivo da comissão coordenada pelo Ministério da Integração Nacional é propor medidas e coordenar ações que visem o desenvolvimento de iniciativas necessárias à atuação do Governo Federal na região.


Por

Comentários