25 jul15:44

Voo da Avianca foi transferido de cidade gaúcha para Chapecó por manutenção em aeroporto

[Atualizado 17h52]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nesta quarta-feira, dia 25, um voo da companhia aérea Avianca com origem em Guarulhos/SP foi desviado de Passo Fundo/RS para o Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó. A mudança aconteceu porque o Aeroporto Lauro Kortz está com restrição para pouso e decolagens de aeronaves com capacidade acima de 60 passageiros.

De acordo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) durante a vistoria realizada nos dias 16 e 17 de julho em Passo Fundo foram encontrados problemas na seção contra incêndio. A suspensão da restrição dependerá da adequação do serviço contra incêndio.

O vice-presidente comercial e marketing da Avianca, Tarcisio Gargioni, informou que apenas o voo desta quarta-feira foi remanejado para Chapecó. Gargioni disse ainda que foi encaminhado para a Anac uma solicitação para que os demais voos sejam operados no Oeste Catarinense até que a restrição seja suspensa.

– Estamos no aguardo desta autorização – disse.

Desembarcaram em Chapecó 76 passageiros que seguiram de ônibus até a cidade gaúcha. Os passageiros que embarcariam na cidade gaúcha foram realocados para voos em Porto Alegre. O Fokker 100 retornou para a cidade paulista vazio.


Novos voos em Chapecó

As demais operações da Avianca e NHT seguem normais no aeroporto de Chapecó. A empresa aérea Gol retoma as operações na próxima segunda-feira, dia 30. Azul e Trip devem iniciar as operações a partir do dia 13 de agosto.

A pista foi liberada pela Anac para pousos e decolagens no dia 6 de julho. De acordo com administração do Aeroporto, a estimativa é que até o final de agosto o volume de usuários passe dos 23 mil mensais para 30 mil.

>> Aeroporto de Chapecó volta a rotina de voos

Por

Comentários