07 ago10:16

Paralisação da Polícia Federal a partir desta terça-feira

Quem tem horário agendado na central de emissão de passaportes da Delegacia da Polícia Federal ou precisa ir até a instituição para outros serviços, não precisa nem sair de casa. Agentes, escrivães e papiloscopistas entram em greve, nesta terça-feira, por tempo indeterminado.

A paralisação deve afetar, além dos passaportes, o atendimento a estrangeiros, registro e concessão de porte de armas, fiscalização de empresas de segurança privada e emissão de certidões para trabalhar com produtos químicos controlados.A decisão de parar as atividades no Estado foi tomada sexta-feira, em Florianópolis, na assembleia da categoria.

Segundo explicou o presidente do Sindicato dos Policiais Federais em Santa Catarina (Simpofesc), Luiz Carlos Mayora Aita, o sindicato exige que o governo defina em lei a readequação dos cargos e a remuneração da categoria, em especial para agentes, escrivães e papiloscopistas, dos quais é exigido nível superior, mas os salários continuam sendo equivalentes ao ensino médio.


Serviços afetados

● Registro de armas

● Concessão de porte de arma

● Atendimento a estrangeiros

● Emissão de passaportes

● Certidões para uso de produtos químicos controlados

● Fiscalização de empresas de segurança privada


Por

Comentários