17 ago10:28

Adolescente de 17 anos foi morto com três tiros, próximo a uma escola, em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Ronaldo Dionathan Casagrande, 17 anos, morto com três disparos de revólver calibre .38 na noite desta quinta-feira em Chapecó, está sendo velado no Pavilhão da Associação dos Moradores do Bairro Passo dos Fortes. O enterro será às 17h desta sexta-feira no cemitério municipal. Um adolescente de 15 anos assumiu a autoria do crime e foi apreendido pela Polícia Militar. Nesta manhã ele saiu da delegacia da Polícia Civil e foi levado para prestar esclarecimentos para o promotor no Fórum da cidade. O juiz deve decidir até o meio-dia se o adolescente ficará apreendido ou será liberado.

De acordo com o delegado Augusto Mello Brandão o adolescente de 15 anos teria assumido a autoria do caso. Mas o caso está ainda com informações desencontradas, pois uma testemunha disse que o adolescente teria apenas assumido a autoria do crime.

– Estamos apurando essas informações – disse o delegado.

O homicídio foi por volta das 22h50 na Rua Borges de Medeiros, próximo a uma escola estadual. Segundo a Polícia Militar o adolescente de 15 anos teria alugado a arma utilizada no crime, de outro adolescente de 16 anos, pelo valor de R$ 300. Ainda segundo informações da PM, o adolescente teria pago R$ 10 para outra pessoa levar ele de moto até a escola.

O fato pode ter sido desencadeado após uma briga entre os adolescentes no dia 11 de agosto, quando Ronaldo teria ameaçado o suspeito pelo crime com uma arma. Ronaldo tem passagem pela polícia em 2011 após se envolver em briga.


Por

Comentários