27 ago09:54

Voleibol Masculino de Chapecó é vice na Liga Nacional

O ginásio de esportes Ivo Silveira parecia o velho caldeirão das décadas de 80 e 90. Completamente lotado, o palco da final da Liga Nacional 2012 colocou frente a frente as duas melhores campanhas da fase decisiva. Aprov/Unoesc/Chapecó e Escola do Corpo, de São José dos Campos (SP) disputaram o título da competição e também uma vaga na Superliga B 2012/2013. A competição encerrou no sábado, dia 25 de agosto.

No primeiro set, os chapecoenses usaram bem o saque e desperdiçaram poucos contra-ataques. Mesmo assim, o equilíbrio foi a tônica. Chapecó fechou em 25 a 22. Na segunda parcial os donos da casa estiveram desligados o tempo todo e os paulistas venceram com folga, 25 a 17. A história se repetia até a metade do terceiro set, mas aí os chapecoenses despertaram em quadra e a torcida levantou na arquibancada. Os dois times seguiram se alternando no marcador, mas no último ponto do set o time de São Paulo montou um paredão e fechou no bloqueio, 25 a 23. O quarto set foi administrado o tempo todo pelos paulistas, que venceram por 25 a 20, 3 sets a 1, em 2 horas de jogo.

- Enfrentamos um grande adversário e um ginásio lotado. Esse título é muito importante para o nosso projeto – falou o técnico paulista Reinaldo Bacilieri.

Pelos lados de Chapecó, o abatimento entre os jogadores era visível, mas o técnico Nilson Rex enalteceu a campanha feita durante o torneio.

- As duas equipes estão de parabéns. Eles mereceram o título e para nós valeu por este resgate do torcedor. Nosso objetivo é retornar a Superliga e vamos lutar por isso. Hoje, provamos que a torcida quero o retorno – disse Rex.

Na decisão de terceiro e quarto lugar, a Unifor (CE) venceu Monte Cristo (go) por sets 1.


Por

Comentários