04 set10:06

Tênis de mesa garante ouro para Chapecó

A equipe de tênis de mesa da PMC/Unoesc/Nord Eletric/Aurora, que representa Chapecó nos 25º Joguinhos Abertos de Santa Catarina, em Curitibanos, realizou um feito inédito na segunda-feira, dia 3. No individual feminino, Marina Michelin conquistou a medalha de ouro, a primeira do tênis de mesa chapecoense em 25 anos de Joguinhos.

- Estou muito feliz e agora vamos lutar pelo título geral – comemorou a mesa-tenista chapecoense Marina.

No domingo, dia 2, ao lado de Eduarda Piaia, ela já havia conquistado a prata na prova de duplas. Marina Michelin venceu quatro jogos e perdeu na final da chave dos vencedores. Como o torneio é em eliminatória dupla, ela venceu o jogo semifinal no grupo dos perdedores e retornou ao grupo principal. Na decisão, contra Priscila Salvador de Concórdia, a mesa-tenista de Chapecó precisava vencer duas vezes. E assim o fez, duas vitórias por 3 sets a 0.

Chapecó segue na briga pelo título geral da competição, onde o campeão será apontado pelo somatório dos resultados das provas de dupla, do individual e da equipe. Nesta terça-feira acontecem as finais por equipe. Chapecó está na semifinal contra São Bento do Sul. No outro cruzamento se enfrentam Concórdia e Jaraguá do Sul. Os dois jogos sãom pela manhã e a decisão acontece na parte da tarde.

- Não tem favoritismo de nenhuma equipe. O equilíbrio do individual e a dupla mostrou que tudo pode acontecer – analisou o técnico da PMC/Unoesc/Nord Eletric/Aurora, Giancarlo Valentini.

A melhor colocação da história do tênis de mesa chapecoense feminino nos Joguinhos Abertos foi em 1993, em Joaçaba, quando a equipe ficou com o vice-campeonato no geral.


Por

Comentários