08 set08:01

Verdão aposta na defesa no jogo em Goiânia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Se o melhor ataque é a defesa a Chapecoense está bem para enfrentar o Vila Nova, neste sábado, às 16 horas, em Goiânia. O time catarinense tem a melhor defesa do Grupo B, com sete gols sofridos em dez jogos, e a segunda melhor dos 20 clubes da Série C. Apenas o Fortaleza, do Grupo A, foi buscar menos vezes a bola no fundo da rede: cinco.

O único problema é que o ataque da Chapecoense, com apenas oito gols feitos, é o pior do grupo e o segundo pior da Série C. Apenas o Cuiabá fez menos, sete gols.

Por isso a defesa ganha ainda mais importância num jogo fora de casa, para tentar somar ponto. A vitória é um sonho. Mas um empate não é ruim. Até porque a Chapecoense ficaria à frente do Vila Nova. A Chapecoense está em terceiro lugar na chave, com 16 pontos, dois a mais que os goianos, que estão na sexta colocação.

– Se nós empatarmos além de somar um ponto tiramos dois deles- analisou o diretor de futebol Cadu Gaúcho.

Ele ressaltou que, em virtude do equilíbrio na tabela de classificação do Grupo B, não perder é quase tão importante quanto vencer. A diferença entre o primeiro colocado, Macaé, e o último, é de apenas oito pontos. Essa diferença cai para seis do primeiro para o penúltimo. E apenas uma vitória separa o primeiro do sexto colocado.

Para este jogo a defesa da Chapecoense estará desfalcada. Nivaldo foi condenado a quatro jogos de suspensão pela expulsão contra o Oeste e André Paulino recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Santo André.

Mas as mudanças não são tão preocupantes.

– Nós temos seis zagueiros em condição de serem titulares – analisou André Paulino.

Rafael Lima deve ganhar a vaga. Mas Souza, recuperado de lesão, também estará à disposição. No gol joga Juliano, que já atuou em duas partidas e não levou nenhum gol. O problema continua sendo o ataque, já que Rodrigo Gral ainda não teve a documentação regularizada na CBF. O negócio é não tomar gol em Goiânia.

-Temos fazer uma boa marcação – argumenta Cadu Gaúcho, entregando a estratégia do Verdão.



FICHA TÉCNICA

VILA NOVA

Julio César

Nego

Toninho

Jean Pablo

Rafael Vaz

Reivan

Mancuso

Ederson

Ricardinho

Israel

Pedro Júnior

Técnico: Ney da Matta

CHAPECOENSE

Juliano

Fabiano

Rafael Lima

Leonardo

Eliomar

Wanderson

Paulinho Dias

Neném

Esquerdinha

Cristiano

Técnico: Itamar Schulle



Horário: 16h

Arbitragem: Janio Pires Gonçalves, auxiliado por Ciro Chaban Junqueira e Edilson Frasão Pereira.

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO




Por

Comentários