10 set14:55

Aurora de Chapecó assume operação da Bondio a partir de 1° de outubro

A Coopercentral Aurora Alimentos – um dos maiores conglomerados agroindustriais do País – assumirá a partir de 1º de outubro as operações da indústria de aves da Bondio Alimentos, localizada na rodovia SC-283, no quilômetro 3, no município de Guatambu.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, dia 10, pelos diretores da cooperativa Mário Lanznaster (presidente), Neivor Canton (vice-presidente) e Marcos Antonio Zordan (diretor de agropecuária).



Diretores da Coopercentral Aurora Alimentos Neivor Canton (vice-presidente), Mário Lanznaster (presidente) e Marcos Antonio Zordan (diretor de agropecuária).



A efetivação do negócio (arrendamento com opção de compra) surgiu após reunião, na última semana, com os dirigentes da Coopercentral Aurora Alimentos e da Bondio Alimentos, representada pelos empresários Mário Antônio Sperandio, Valdir Luís Sperandio e Maria Auxiliadora Sperandio.

De acordo com a negociação, a partir de 1º de outubro a Coopercentral Aurora Alimentos inicia as operações da unidade fabril da Bondio Alimentos em Guatambu, em sua capacidade plena. Os diretores da cooperativa asseguram que desta maneira será mantido o mesmo nível de emprego. Atualmente a unidade possui aproximadamente mil colaboradores e a previsão inicial é de ampliar para 1,4 mil empregos diretos. A unidade abate 110 mil aves por dia e produz cortes congelados.

Os valores da negociação e os planos de expansão da Coopercentral Aurora Alimentos não foram divulgados. As atividades da Bondio Alimentos abrangem toda a cadeia produtiva, desde a produção de ovos férteis, integração e processamento de carne de frango para consumo.

Aurora

A Coopercentral Aurora Alimentos é um conglomerado agroindustrial sediado em Chapecó (SC) que pertence a 13 cooperativas agropecuárias. Faturou R$ 3,8 bilhões de reais em 2011. Com a incorporação da estrutura produtiva da Bondio Alimentos, passa a sustentar cerca de 17.500 empregos diretos. Sua capacidade de processamento é de 14 mil suínos/dia, 700 mil aves/dia e 2,0 milhões de litros de leite/dia.

Mantém, no campo, plantéis permanentes de 850 mil suínos e 19 milhões de frangos. A sua base produtiva é formada por 9 mil produtores de leite, 3,6 mil criadores de suínos e 1,8 mil criadores de aves.

Possui sete unidades industriais para processamento de suínos, seis plantas para processamento de aves, quatro fábricas de rações, uma indústria de lácteos, dez unidades de ativos biológicos (granjas de reprodutores suínos e matrizes de aves, incubatórios e silos), uma unidade de disseminação de genes (UDG), nove unidades comerciais e 100 mil pontos de vendas no país.


Por

Comentários