26 set08:55

Bancários de SC avaliam proposta da Fenaban e podem encerrar greve

Danilo Duarte | danilo.duarte@diario.com.br

Os bancários de Santa Catarina se reúnem em assembleias regionais ao longo desta quarta-feira para avaliar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), apresentada nesta terça, em São Paulo. De acordo com as duas entidades que representam os trabalhadores desta categoria no Estado, 293 permanecem fechadas no oitavo dia de greve.

::: Confira como contornar a greve e resolver os seus assuntos bancários

A proposta da Fenaban elevou o reajuste do piso salarial, que era de 7,5%, para 8,5%, além de elevar os demais benefícios e aumentar para 10% a participação nos lucros e rendimentos (PLR).

Com esta nova proposta, o aumento real seria de 2% para os salários. A greve dos bancários foi deflagrada no último dia 18, depois que os trabalhadores rejeitaram a proposta de reajuste oferecida pela Fenaban, que era de 6%.

Em Santa Catarina a adesão cresceu ao longo da semana e acompanhou os números nacionais. No Estado eram 220 agências fechadas no primeiro dia da greve, e a paralisação chegou a 5.132 agências no Brasil.

Segundo a Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de SC (Feeb) e a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Estado (Fetec), pelo menos 293 agências e postos de atendimento bancários estavam fechados na terça-feira.

DIÁRIO CATARINENSE



Por

Comentários