27 set11:22

Bancários do Oeste voltam ao trabalho nesta quinta-feira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Depois de nove dias de paralisação bancários do Oeste aceitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Febraban). Mais de 2 mil bancários de 100 agências privadas e públicas devem voltar ao trabalho a partir desta quinta-feira.

A categoria aceitou a proposta que eleva para 7,5% o índice de reajuste dos trabalhadores (aumento real de 2.02%); para 8,5% o aumento do piso salarial e dos auxílios-refeição e alimentação (ganho real de 2,95%); e para 10% no valor fixo da regra básica e no limite da parcela adicional da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

O presidente do Sindicato dos Bancários de Concórdia e Região, Luiz Júnior Gubert, disse que a negociação ficou dentro das expectativas.

- Iremos receber 2.02% de ganho real, isso é resultado da forte mobilização da categoria em todo o país – afirmou Gubert. Ele disse ainda que no ano passado, foram necessários 21 dias de greve para conseguir 1,5% de aumento real.


Em Chapecó e Concórdia algumas agências seguem fechadas

Em Chapecó, seguem em greve funcionários da Caixa Econômica Federal e do Banrisul. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Chapecó, Xanxerê e Região, a categoria rejeitou as propostas específicas, durante assembleia na manhã desta quinta, por entender que não continham avanços significativos.

As agências do Banco do Brasil de Concórdia também seguem com as portas fechadas. Os bancários vão se reunir na manhã desta sexta-feira para decidir se vão acatar a proposta e retomar o trabalho.


Por

Comentários