29 set08:22

Governo Federal libera R$ 10 milhões em equipamentos para 100 municípios atingidos pela estiagem

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O Governo Federal anunciou a liberação de R$ 10 milhões para a compra de tratores e distribuidor de adubo líquido para 100 municípios catarinenses atingidos pela estiagem. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse que o dinheiro já está na conta do Governo de Santa Catarina. Os equipamentos servirão para o transporte de água nos municípios, em caso de nova estiagem. Os tratores tem potência de 75 cavalos e o distribuidor tem capacidade para seis mil litros. O Governo do Estado dará uma contrapartida de R$ 1,15 milhão nesse projeto.

De acordo com o secretário de Agricultura, João Rodrigues, o edital de licitação será lançado nos próximos dias e os equipamentos devem ser adquiridos em 60 dias.

Os municípios foram escolhidos pelo número de decretos de emergência, entre cinco e sete nos últimos dez anos. Alguns municípios como Chapecó, Abelardo Luz e Concórdia vão receber dois tratores, por terem maior extensão territorial e maior número de produtores.

>> Confira a lista dos municípios beneficiados

Ideli afirmou que outros R$ 10 milhões do Ministério da Integração Nacional devem ser disponibilizados nos próximos dias, para a perfuração de 336 poços artesianos. O edital de licitação já está pronto e deve ser lançado em outubro.

Além disso o Governo de Santa Catarina tem um empréstimo de R$ 60 milhões já aprovado no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. De acordo com João Rodrigues falta só a autorização para Santa Catarina lançar a licitação. Com este recurso serão adquiridos mais 162 distribuidores de adubo líquido, construídas quatro mil cisternas de 10 mil litros e perfurados outros 200 poços artesianos.

Metade dos recursos serão utilizados para subsidiar 30% dos custos de irrigação de até dois hectares, ou construção de cisternas grandes ou açudes. Neste caso os agricultores farão financiamento e o governo bancará parte dos projetos.

Os beneficiados serão os municípios que nos últimos anos tiveram decreto de emergência em virtude da estiagem.

Na estiagem do verão passado, foram 152 municípios em situação de emergência e perdas de mais de R$ 700 milhões na agropecuária.




Por

Comentários