03 out18:56

Taxista agradece atendimento da PM de Chapecó

O taxista Paulo Domingos da Silva, 46 anos, ligou para o clicRBS Chapecó para registrar ume elogio à Polícia Militar de Chapecó. Paulo teve um incidente no bairro São Pedro e ligou para a Polícia que lhe ajudou prontamente.

– Eles foram muito atenciosos no atendimento – explicou.

Paulo ficou grato pelo profissionalismo da corporação durante o atendimento na terça-feira, dia 2 de outubro.


Por

Um Comentário »

  • ROSEMARIO P CASTRO disse:

    RASPMGO@HOTMAIL.COM
    Em Goiânia foi firmado uma parceria entre as empresas de rádio taxi e a Polícia Militar, através do Comando do Policiamento da Capital – CPC, que desenvolveu a RAS (Rede de Apoio a Segurança) com os taxistas.
    Graças a esta importante parceria os taxistas estão recebendo orientações e dicas de segurança, com o objetivo de aperfeiçoar os sistemas de segurança corporativos e aprimorar os trabalhos de prevenção à criminalidade e violência aos quais esta classe especial de trabalhadores se encontra exposta. Em contrapartida, a categoria, que possui grande capilaridade e atende a todas as regiões da cidade, pode contribuir ainda mais com a segurança pública.
    Sob a coordenação do sargento Rosemário, as empresas e os taxitas são acionados através das faixas de radiocomunição e recebem a relação de veículos roubados ou furtados que não foram recuperados imediatamente.
    Na noite desta sexta-feira (12/10), um veículo GM Prisma, de cor vermelha, foi roubado no Setor Faiçalville em Goiânia. Hoje (13/10), pela manhã, depois de receber tal informação, um taxista da rádio taxi Coopertaxi, localizou o veículo estacionado próximo a um condomínio no Bairro Vila Bela e acionou a PM.
    Com o apoio da viatura RP-2358 do 7º BPM, composta pelo sargento De Paula e cabo Ferreira, o veículo foi devolvido ao seu verdadeiro dono, que ficou muito agradecido pelo empenho de todos os envolvidos, dando os parabéns ao taxista e a todos os demais integrantes da RAS, pelo exemplo de cidadania e comprometimento com a segurança pública.
    A RAS (Rede de Apoio à Segurança) é mais um exemplo da necessidade de envolvimento da sociedade nas questões que envolvem a segurança pública. É a Polícia Militar e a comunidade juntas no combate a criminalidade.

Comentários