13 nov09:41

Governo divulga vencedoras da licitação da primeira etapa do Pacto por Santa Catarina em rodovias

Roberta Kremer | roberta.kremer@diario.com.br

O governo do Estado divulgou quais são as empresas que venceram a licitação para o primeira etapa do Pacto por Santa Catarina para estradas com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As vencedoras foram Ivaí, Setep, CBEMI e Enpo/ Fortunato.

Nessa fase, houve a concorrência pública para 10 obras de construção e recuperação em nove rodovias, com investimento de R$ 333,6 milhões. A ideia é dar a ordem de serviço entre dezembro deste ano e janeiro de 2013.

A concorrência pública para os 10 projetos estava orçada em R$ 393 milhões e, na concorrência, houve o desconto de 15,13%. Estão contempladas obras reivindicadas há anos pela população, como o anel viário e o acesso secundário que ligarão Criciúma, no Sul do Estado, à BR-101, e devem ser construídas pelas empresas Ivaí e Setep. A restauração de 55 quilômetros da SC-114, entre Painel e São Joaquim, na Serra, ficará a cargo da empresa CBEMI e a concorrência para construir o Contorno de Garuva foi vencida pelo consórcio Enpo/ Fortunato.

Conforme o presidente do Departamento de Infraestrutura (Deinfra), Paulo Meller, o sexto financiamento do BID com o governo de Santa Catarina é negociado há mais de dois anos. O contrato deve ser assinado ainda em dezembro.

— São obras de restauração e implantação de rodovias que vão encurtar distância entre municípios. Interferem na segurança viária, e no desenvolvimento do Estado, já que no Brasil a economia é transportada basicamente por meio terrestre — afirma Meller.

De acordo com o Deinfra, a segunda etapa de licitação de obras rodoviárias com financiamento do BID VI está previsto para o segundo semestre de 2013. Os trechos a serem recuperados e novos projetos estão em avaliação. As duas fases juntas devem construir, pavimentar e restaurar 222 quilômetros de rodovias estaduais. No total, serão investidos R$ 678 milhões, com 70% do valor financiado pelo BID. É o maior crédito concedido para SC em 30 anos de parceria.


DIÁRIO CATARINENSE


Por

Comentários