14 nov15:17

Saga Crepúsculo chega ao fim

[Atualizado 15h39]

Uma das franquias comercialmente mais bem-sucedidas do cinema está chegando ao fim. Nesta quinta-feira, dia 15, mais precisamente à 00h01, acontecem as duas primeiras exibições da A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2, no cinema Arcoplex do Shopping Pátio Chapecó. Ingressos para o derradeiro episódio da série sobre vampiros e lobisomens juvenis estão à venda na bilheteria do cinema.

A estratégia de lançamento é ambiciosa: o filme vai entrar em cartaz em cerca de 1,3 mil salas no Brasil, em cópias legendadas e dubladas, com estimativa de público superior a 10 milhões de espectadores. Para aguçar ainda mais a expectativa dos fãs, o ator Taylor Lautner esteve no Rio de Janeiro recentemente para uma série de entrevistas.

No último segmento de Crepúsculo, Bella (Kristen Stewart) desperta já como vampira após dar a luz a Renesmee (Mackenzie Foy). A felicidade da mocinha ao lado do vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson), porém, está ameaçada por causa do nascimento dessa menina com poderes especiais, o que coloca a família Cullen novamente no alvo do clã Volturi.

Com o apoio do lobisomem Jacob Black (Taylor Lautner) e de sua alcateia, os Cullen decidem convocar todos os vampiros da região para uma batalha final contra os sanguessugas do mal. Em Amanhecer – Parte 2, Jacob vai revelar a Bella que teve um “imprint” com Renesmee antes mesmo do nascimento da vampirinha. No encontro com jornalistas recentemente, em um hotel de luxo na zona sul carioca, a reportagem pediu a Lautner que explicasse o que é um “imprint”.

>> Confira a Programação completa do CINEMA

– Eu me fiz essa pergunta muitas vezes e pedi para Stephenie Meyer (autora dos livros da saga Crepúsculo e produtora do filme) me explicar. Ela me disse: “Taylor, é muito simples, é uma ligação de vida inteira entre duas pessoas. Não faça elucubrações, não pense no que isso vai se tornar. Não pense em nada mais”. Em Amanhecer – Parte 2, acho que a relação Jacob e Bella é de irmão e irmã, de proteção – esclareceu o jovem astro de 20 anos.

Lautner encontrou-se também com os admiradores que fizeram campana na frente do hotel na Cidade Maravilhosa – e lembrou da agitada vinda anterior ao Brasil, em 2009, com Kristen Stewart, para divulgar Lua Nova, com fãs desesperadas tentando invadir o prédio em São Paulo onde a dupla estava hospedada:

– Elas foram incríveis, são muito apaixonadas. É divertido. Elas são muito agressivas, mas eu adoro. Nossas fãs têm o mesmo nível de paixão no mundo inteiro, mas expressam isso de maneiras diferentes. Na América Latina, elas são mais físicas.

O menino lobo não escondeu a tristeza pelo fim da série, revelando que vai sentir falta:

– Foi uma experiência incrível e totalmente inesperada desde o começo. Nunca imaginei que estaria falando sobre o quinto filme. Para mim, o melhor de tudo foram as amizades que fiz, com todo o elenco e a equipe. Também vou sentir falta de interpretar esse personagem, que vivi por quatro ou cinco anos. Fiquei muito ligado a Jacob. O que não vou sentir falta mesmo é de ter que tirar minha camiseta o tempo todo. Não vou mesmo!


Cenas rodadas no Brasil

O filme anterior teve cenas rodadas no Brasil, para onde os personagens Bella e Edward vão depois do casamento – e a reportagem quis saber de Taylor se Amanhecer – Parte 2 também tem referências ao país:

– Acho que sim, não lembro ao certo, mas acho que eles falam da lua-de-mel no Brasil… Eu fiquei com muita inveja porque Kristen e Robert vieram para o Rio filmar e eu tive que ficar preso no frio de Vancouver.

O simpático ator comentou ainda o final da franquia – que já arrecadou US$ 2,5 bilhões no mundo todo – e os boatos sobre uma eventual continuação com algum personagem:

– É extremamente triste ver que tudo está terminando. Mas acho que termina de maneira ótima, acho que os fãs vão adorar. Não sei nada sobre um possível desdobramento da história, mas é uma ideia interessante. Tudo o que Stephenie considerar eu vou querer fazer. Ela é um gênio!

* Roger Lerina, repórter da Zero Hora viajou a convite da Paris Filmes.


Por

Comentários