16 nov11:38

Ato público pede solução para a crise da Diplomata

Darci Debona| darci.debona@diario.com.br

Cerca de duas mil pessoas participaram de um ato público na manhã desta sexta-feira, na Praça Frei Bruno, em Xaxim. Eles pediram uma solução para a crise da Diplomata, que em 2003 arrendou a unidade da massa falida da Chapecó Alimentos.

Desde o início do ano a Diplomata vem enfrentando dificuldades financeiras o que tem provocado atraso nos pagamentos de avicultores, fornecedores e funcionários, atraso no fornecimento de ração, cortes de energia elétrica e demissões.

Estiveram presentes no ato lideranças dos avicultores, Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados, empresários, deputados federais e prefeitos, entre outros. Eles sugeriram que a justiça determine o arrendamento da unidade para outra empresa, com o objetivo de garantir a continuidade na produção e nos empregos.

A Diplomata informou que está em processo de recuperação judicial e que isso está afetando o seu funcionamento. A empresa pretende dar férias coletivas para os funcionários até reestabelecer a normalidade no funcionamento.


Por

Comentários