17 nov21:45

Chapecoense perde em casa para o Oeste


Darci Debona| darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense largou mal na semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro, perdeu em casa para o Oeste, por 1 a 0, e agora terá que vencer o Oeste em Itápolis-SP, na próxima sexta-feira. Vitória por 1 a 0 leva para os pênaltis e, por 2 a 0, 2 a 1 ou 3 a 2 dá Chapecoense.

Além da comemoração da torcida pelo acesso à Série B o goleiro Nivaldo jogou com a camisa 206 que é o número de jogos que ele completou em seis anos e meio no clube. Mas depois disso ninguém do Verdão do Oeste teve o que comemorar.. A Chapecoense poderia ter marcado logo no primeiro minuto, quando Athos recebeu dentro da área mas chutou por cima.

O time da casa seguiu melhor mas tinha dificuldade em superar a defesa do time paulista. O Oeste concluiu pela primeira vez aos 17 minutos, numa cobrança de falta, que passou longe do goleiro Nivaldo.

Mas dois minutos depois o time paulista mostrou porque eliminou o Fortaleza no Ceará Ricardo Oliveira invadiu a área e tocou na saída do goleiro Nivaldo, para incredulidade dos quase seis mil torcedores da Chapecoense. E não tinha nenhum torcedor do Oeste no Índio Condá para comemorar.

Dois minutos depois Athos recebeu dentro da área e teve a chance de empatar, mas o goleiro Fernando Leal saiu bem e fez a defesa. Aos 30 minutos, Wanderson, o da Chapecoense, cobrou falta que passou próximo do poste esquerdo do goleiro.

O time catarinense insistia nos cruzamentos para a área, mas sem resultado. Aos 45 minutos lançou Neném dentro da área, livre, que desviou do goleiro, mas a bola bateu no poste direito. Não era o dia da Chapecoense.

Na volta do intervalo o técnico Gilmar Dal Pozzo pediu mais tranquilidade na conclusão e cuidado para não dar contra-ataques ao adversário.

A Chapecoense novamente iniciou pressionando mas a zaga do Oeste levou a melhor. Aos 21 minutos Henrique venceu a zaga, chutou forte e o goleiro Fernando Leal fez uma bela defesa. O Oeste se fechou e garantiu a vitória. Foi a primeira derrota da Chapecoense em casa na Série C. Resta à Chapecoense tentar agora sua segunda vitória fora.


FICHA TÉCNICA


CHAPECOENSE-0: Nivaldo, Fabiano, André Paulino, Rafael Lima e Gilton: Wanderson, Paulinho Dias (Galiardo), Athos (Eliomar) e Neném; Jô (Cristiano) e Henrique. Técnico: Gilmar Dal Pozzo


OESTE-1:Fernando Leal, Dedê, Eduardo (Everton), Dezinho e Piauí; Dionísio, Hudson, Ligger e Wanderson (Lele); Ricardo Oliveira (Alex Silva) e Jheimy. Técnico: Luís Carlos Martins


Gols: Ricardo Oliveira (O), aos 19 minutos do primeiro tempo.


Arbitragem: Jaílson Macedo Freitas-BA, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios-SE e Fábio Rodrigo Rubinho-MT.

Cartões amarelos: Piauí, Fernando Leal, Ligger, Ricardo Oliveira, Dionísio, Everton e Dedé (O), Neném, Jô (C),


Local: Estádio Índio Condá, em Chapecó


Público: 5.998

Renda: R$ 66.060

Por

Comentários