28 nov12:17

Um ano da morte de Marcelino Chiarello

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Cerca de trezentos alunos da Escola Pedro Maciel, em Chapecó, participaram na manhã desta quarta-feira de uma celebração em homenagem ao vereador Marcelino Chiarello. Há um ano o vereador, que foi encontrado morto dentro de casa, dava aulas de Filosofia no local.

A aluna, Fabiana Alves Gonçalves, 17 anos, que participou do ato, foi uma das últimas alunas, da turma 104, a conversar com Marcelino antes da morte do vereador.

- Ele disse que estava com dor de cabeça e antes de sair da sala de aula deu um trabalho para a gente fazer – contou Fabiana.


Um ano depois do ocorrido a aluna conta que o sentimento ainda é de tristeza.

– Não consigo explicar é uma dor muito grande – disse Fabiana.

A aluna não acredita que o professor tenha tirado a própria vida.

– Ele sempre dizia que a vida valia muito a pena – lembrou Fabiana.

>> Caso ainda não foi esclarecido se foi homicídio ou suicídio

Na tarde desta quarta, às 17h30, acontece outro ato, em frente à Câmara Municipal de Vereadores, em Chapecó.


Por

Um Comentário »

  • diogo disse:

    vergonha das autoridades, é tudo jogo de interesse!

Comentários