02 jan11:43

PMC/Unoesc/Nord Eletric/Aurora comemora o ano de 2012

Resultados positivos nas equipes de rendimento, com os atletas paradesportivos, no trabalho de iniciação, no comunitário e nos projetos sociais. É isso que a Associação Desportiva Chapecoense de Tênis de Mesa (ADCTM) festeja no ano que se encerra.  “Estou a 22 anos diretamente ligado ao tênis de mesa de Chapecó e afirmo que 2012 foi o mais vitorioso em todos os sentidos”. A declaração é do coordenador do tênis de mesa chapecoense, Cleberson Silva. 

Dentro dos cinco eixos de atuação da entidade que comanda a modalidade no município, o dirigente também aponta como o segredo do sucesso o apoio incondicional da Prefeitura de Chapecó, através da Secretaria de Esporte e Lazer, e dos patrocinadores da ADCTM: Unoesc, Nord Eletric e Aurora. “São parceiros essenciais para atendermos todos os públicos”.

Rendimento e Paradesporto

Entre as conquistas das equipes de rendimento destaque para o título inédito dos Jogos Escolares de SC 12 e 14 anos, no feminino, com Giuliana Valentini e Aline Dias e que sagraram-se ainda vice-campeãs das Olimpíadas Escolares Brasileira. Teve ainda o título estadual no infantil feminino por equipe e o tricampeonato do Circuito Oeste de Tênis de Mesa.

Nas competições da Fesporte, as equipes femininas conquistaram uma medalha de prata e o quarto lugar no geral dos Jasc. Já nos Joguinhos foram um ouro, uma prata e um bronze, além do 3º lugar no geral. Na Olesc foi a equipe masculina que terminou em 5º lugar no geral. “Em todas as categorias nas competições da Fesporte marcamos pontos para Chapecó”, avaliou o técnico Giancarlo Valentini.

Desde a primeira edição dos Parajasc, em 2005, o tênis de mesa é uma das modalidades que representa Chapecó. Além de oportunizar a participação nos seguimentos auditivo, intelectual e físico, os mesa-tenistas sempre conquistaram medalhas para o município.

Em 2012, além de participar dos Parajasc, a ADCTM conseguiu manter uma equipe entre 8 e 12 atletas treinando regularmente durante o ano e também participando das competições da Liga Oeste. “Para 2013, a meta é levar este atletas para as etapas do Circuito Catarinense com certa regularidade”, salientou Valentini.

Iniciação e inclusão social

Esses dois eixos caminharam juntos e os resultados também foram positivos. No total, 289 crianças e adolescentes praticaram o tênis de mesa em um dos polos de escolinhas do Projeto Atleta do Futuro: Cristo Rei, Vila Real, Quedas do Palmital, Presidente Médici e no CT do Complexo Ivo Silveira, no Centro.

Destes alunos, além dos treinamentos semanais nos bairros, muitos participaram em diferentes momentos de atividades no Centro de Treinamento. Além disso, eles participaram de eventos e festivais no município e ainda, pelo menos 30 alunos, já representaram Chapecó em competições regionais. “Graças ao apoio dos patrocinadores, estamos conseguindo oportunizar novas crianças das escolinhas a participar de eventos fora de Chapecó e dando a eles o prazer de representar o município”, enalteceu o técnico Robson Diefenthaeler.

Comunitário

Pelo segundo ano seguido, a ADCTM também organizou um horário para atender toda a comunidade de Chapecó. Todas as noites, de terça a sexta-feira, entre 19h e 21h30, o Centro de Treinamento no Complexo Ivo Silveira esteve aberto à população e com a possibilidade de orientação técnica no local.

São oito mesas, raquetes, bolas e toda estrutura disponível gratuitamente para quem quiser praticar a modalidade. “Principalmente nas estações mais quentes, tivemos uma média de 20 pessoas por noite, de diferentes idades, praticando o tênis de mesa”, disse Diefenthaeler.

Para 2013, os mesmos horários para a comunidade serão mantidos a partir de fevereiro. Além disso, os outros quatro eixos de atuação da entidade serão retomados e fortalecidos.

Por

Comentários