16 jan17:49

Começa a chegar a nova grama na Arena Condá

Começaram a chegar nesta quarta-feria os rolos da nova grama da Arena Condá. Serão necessários quatro dias para o transporte das 20 carretas que vem de São José dos Ausentes-RS. A grama chega em rolos de 70 centímetros de largura, 30 metros de comprimento e cinco centímetros de altura, que são colocados sobre a base onde foram instalados os sistemas de irrigação e drenagem.

O tipo da grama é a Bermuda, utilizada nos melhores estádios do país. O enraizamento da grama leva 45 dias. A previsão é  que o novo gramado será utilizado no primeiro jogo do returno, no dia 10 de março, contra o Joinville.

O investimento no projeto é de R$ 639 mil.  A empresa responsável pela obra é a Prumo Construtora e Incorporadora, de Chapecó.

A Chapecoense vai mandar seus quatro jogos do primeiro turno do Catarinense em Xanxerê, no estádio Josué Annoni.

Comente aqui
15 jan10:30

PF pedirá mais prazo para o caso Chiarello

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br


O delegado chefe da Polícia Federal em Chapecó, Oscar Biffi, vai solicitar mais prazo para a conclusão dos laudos periciais do corpo do vereador Marcelino Chiarello, encontrado morto no dia 28 de novembro de 2011, em sua casa.

O prazo para conclusão, que já foi prorrogado outras vezes, termina no dia 18 de janeiro. Mas, segundo o delegado, um novo prazo é necessário para a conclusão dos laudos periciais. O pedido deve ser encaminhado ao juiz da 1ª Vara Criminal do Fórum de Chapecó, Jefferson Zanini.

A Polícia Federal entrou na investigação por solicitação do Ministério Público. A Polícia Civil investigou o caso por cerca de três meses e não chegou a uma conclusão sobre a morte do vereador, se teria havido homicídio ou suicídio.

O delegado Ronaldo Moretto afirmou no inquérito que a morte foi por enforcamento, mas não havia elementos suficientes para dizer se foi um suicídio ou outra pessoa que provocou o enforcamento.

O motivo foram os laudos contraditórios do Instituto Geral de Perícias. O primeiro laudo, feito pelo médico Antonio de Marco, de Chapecó, apontou para suicídio. Laudos complementares apontaram para suicídio.

Em virtude da repercussão do caso na comunidade o Ministério Público decidiu dar sequência na investigação.

O corpo do vereador foi exumado no dia 11 de julho do ano passado. Ele foi levado para o Centro Médico Legal da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto-SP.

Lá o corpo ficou 10 dias antes de retornar. Mas algumas amostras ficaram para exames mais detalhados.

O corpo passou  por exames de ressonância magnética e tomografia, entre outros, para verificar as causas de algumas lesões que não ficaram claras nos laudos do Instituto Médico Legal e Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina. Havia dúvidas sobre  a fratura no nariz e uma lesão no crânio

Após o esclarecimento da causa da morte é que a Polícia Federal vai saber se há um crime para ser investigado ou não.

1 comentário
14 jan15:08

Dal Pozzo quer Chapecoense “mais compacta”

Na última semana de preparação para o campeonato Catarinense o técnico da Chapecoense, Gilmar Dal Pozzo, pretende trabalhar a “compactação” da equipe. Ele avaliou que o time deu alguns espaços nos testes contra o Passo Fundo, sábado, e o time amador do Olaria, na quinta-feira passada.

A Chapecoense venceu o jogo treino contra o Olaria por 4 a 0 e o amistoso contra o Passo Fundo por 2 a 1. Destaque para o atacante Rodrigo Gral, que fez dois contra o Olaria e os dois contra o Passo Fundo. Isso que ele jogou apenas um tempo em cada confronto. –Vou me doar para poder fazer a diferença e vamos em busca do título- disse Gral, que pretende brigar pela artilharia do campeonato.

Para o técnico Gilmar Dal Pozzo, Gral é o melhor jogador do time na finalização. Mas ressaltou que todo o time tem mérito para que a bola chegue com qualidade no ataque. O treinador disse que a equipe precisa valorizar mais a posse de bola.

Ele citou que, no amistoso contra o Passo Fundo, em que a equipe levou um gol aos cinco minutos, pesou a diferença do tempo de preparação. Enquanto o time Gaúcho estava há quase dois meses se preparando a Chapecoense estava treinando há duas semanas.

Dal Pozzo gostaria de fazer mais amistosos mas não havia tempo hábil para isso, já que o time atuou até 30 de novembro na Série C e os jogadores voltaram até alguns dias antes do término das férias.

Mesmo assim será menos de um mês de treinamento até a estreia contra o Joinville, no próximo domingo, Dal Pozzo .

O volante Paulinho Dias disse que a manutenção da base do ano passado, com nove jogadores que atuaram como titulares, pode compensar o pouco tempo de preparação. –A gente sabe o que o companheiro vai fazer no olhar- explicou.

Na avaliação do preparador físico Anderson Paixão, o grupo foi bem nos amistosos e o trabalho foi planejado para que vá evoluindo durante a competição.

Nesta semana a Chapecoense vai mudar-se para Xanxerê, onde vai mandar os jogos do primeiro turno, em virtude da troca de gramado da Arena Condá. De terça a sábado os treinamentos serão no estádio Josué Annoni, para que a equipe fique bem adaptada ao novo gramado.

Em relação a reforços o técnico Gilmar Dal Pozzo disse gostaria de mais um ou dois atletas. A direção contrato oito reforços para o Campeonato Catarinense. Entre eles os atacantes Bruno Rangel e Ronaldo Capixaba e o volante Diego Felipe.

Comente aqui
13 jan17:46

Enterradas em Xaxim as três vítimas de acidente

Foram enterradas no final da tarde deste domingo, no Cemitério Municipal de Xaxim, as três vítimas de um acidente ocorrido no sábado, às 18 horas, na BR 480, em Chapecó. Jaqueline Scarlett Cachoeira Ambrosi, 16 anos, Nicolas Cachoeira, 5 anos e. Daniela Zamboni, 25 anos, estavam no Fiat Palio placas de Erechim que colidiu contra um Vectra placas de Chapecó.
Daniela chegou a ser socorrida pelos Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional do Oeste, onde morreu ao dar entrada.
O Fiat Palio ia de Erechim para Xaxim. O Vectra vinha em sentido contrário. A colisão foi no quilômetro 125 da BR 480, próximo aos silos da Aurora Alimentos, num trecho conhecido como Acesso Plínio Arlindo De Nês. Os 7,6 quilômetros que ligam a cidade de Chapecó ao trevo da BR 282 estão sendo duplicados. Em virtude das obras há trechos com cones e desvios. Mas o acidente ocorreu numa reta.
O policial rodoviário federal Felisberto Chagas de Souza disse que o boletim de ocorrência deve ser concluído em cinco dias. Ele disse que a pista no local não está em boas condições mas acredita que o principal fator para a colisão foi o excesso de velocidade. Em virtude das obras a velocidade recomendada é de 40 quilômetros por hora.
Chagas confirmou que o Fiat Palio invadiu a pista contrária, onde ocorreu o choque. O condutor do Palio, Jorge Luís Cachoeira, 29 anos, chegou a ser internado no Hospital Regional do Oeste, de onde teve alta no domingo pela manhã. Ele chegou a acompanhar o velório realizado na capela mortuária do Bairro Alvorada, em Xaxim. Em virtude dos ferimentos ficou a maior parte do temo em repouso, numa sala anexa. Disse não lembrar do momento que antecedeu o acidente.
As vítimas fatais era sua mulher, Daniela, o filho, Nicolas, e a sobrinha, Jaqueline. Outra sobrinha que estava no carro, Débora Cristina Cachoeira, 15 anos, teve fratura da bacia e permanece internada no Hospital Regional do Oeste.
O condutor do carro, a mulher e o filho moravam em Erechim. De acordo com familiares o casal estava levando as sobrinhas, que foram passar alguns dias de férias no Rio Grande do Sul, para Xaxim. O acidente foi a menos de 30 quilômetros de casa.
Familiares, amigos e colegas de escola foram ao velório e ao enterro.
No outro veículo envolvido no acidente havia três pessoas: o  condutor Jonas Sartori, 32 anos, e os passageiros Alessandro Legramanti, 33 anos, e Fernanda Rafaelly Paludo, 27 anos. Eles saíram feridos, foram atendidos pelos Bombeiros e Samu e não precisaram ser internados.

Além dos três óbitos no acidente do final a tarde de sábado, na BR 480, em Chapecó, outras duas mortes de trânsito ocorreram no mesmo dia, na Região Oeste.
O primeiro acidente foi à 1h15, na BR 282, no trevo de acesso a Ponte Serrada. Houve uma colisão frontal entre um Gol de Xanxerê e uma F 350, de Navegantes. Morreu o condutor do Gol, Gilberto da Costa, 27 anos, que morava em Ponte Serrada.  O condutor do outro veículo, Sanildo da Silva Góis, de 37 anos, saiu ileso.
O segundo acidente com morte foi às 22h39, no bairro Jardim Itália, em Chapecó, envolvendo dois veículos.Houve três feridos e um óbito, Francisco Augusto de Lima, que morreu no local. A Polícia Militar e o Samu, que atenderam a ocorrência, informaram que só poderiam fornecer mais detalhes na segunda-feira.

1 comentário
13 jan12:32

Três pessoas morrem em acidente em Chapecó


Três pessoas morreram em um acidente ocorrido por volta das 18 horas de sábado, na BR 480, no trecho que liga a cidade de Chapecó à BR 282, conhecido também como Acesso Plínio Arlindo De Nês. A colisão foi próxima aos silos da Aurora Alimentos. Um Fiat Palio placas de Erechim, que transitava em direção a Chapecó, colidiu frontalmente contra um Vectra, que transitava em direção à BR 282.

As três vítimas fatais estavam no Fiat Palio. Jaqueline Scarlett Cachoeira Ambrosi, 16 anos, e Nicolas Cachoeira, 5 anos, morreram no local. Daniela Zamboni, 25 anos, chegou a ser conduzida pelos Bombeiros até o Hospital Regional do Oeste, onde morreu ao dar entrada.

O condutor do Fiat, Jorge Luís Cachoeira, 29 anos, teve alta na manhã deste domingo. No veículo também estava Débora Cristina Cachoeira, 15 anos, que permanece internada no Hospital Regional do Oeste.

No Vectra havia três pessoas: o  condutor Jonas Sartori, 32 anos, e os passageiros Alessandro Legramanti, 33 anos, e Fernanda Rafaelly Paludo, 27 anos. Eles saíram feridos mas sem gravidade, foram atendidos pelos Bombeiros e Samu e não precisaram ser internados.

A Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê deve emitir um laudo sobre as causas do acidente em cinco dias. Um dos prováveis motivos seria o excesso de velocidade, em virtude de que esse trecho da rodovia está sendo duplicado e a velocidade máxima permitida é de 40 quilômetros por hora. Extraoficialmente um policial avaliou que o Uno teria invadido a pista contrária.

Comente aqui
07 dez19:15

Chapecoense anuncia “pacote” de reforços



Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

Cinco reforços foram anunciados ontem pela diretoria da Chapecoense, para a temporada 2013. Dois deles já tiveram passagem pelo clube, o volante Diego Felipe, 23 anos, que estava no Criciúma, e o atacante Ronaldo Capixaba, 29 anos, do Avaí.

Diretores Cadu Gaúcho, Mauro Stumpf e João Carlos "Maringá" anunciaram reforços

Outros dois vieram de clubes da Série C e enfrentaram a Chapecoense em 2012, caso do zagueiro Dão, 28 anos, que veio do Luverdense-MT, e do atacante Fabinho, 26 anos, do Tupi-MG.

O quinto reforço é o atacante Bruno Rangel, 30 anos, que estava no Metropolitano. Ele já atuou no Joinville e vinha sendo sondado pela Chapecoense há várias temporadas.

O diretor de futebol do clube, Cadu Gaúcho, disse que o clube busca ainda dois laterais e um volante. Também está próxima a renovação com o atacante Rodrigo Gral. Se confirmar serão nove dos 11 titulares da Série C que permanecem no time.

No entanto os atacantes Jô e Henrique não voltam para o Campeonato Catarinense, pois se tratam de empréstimo. –Os clubes não liberaram- disse Cadu.

A reapresentação do time está prevista para o dia 26 de dezembro. A meta da Chapecoense é ficar entre os quatro melhores do catarinense.

Comente aqui
03 dez18:08

Zagueiro Souza não fica na Chapecoense

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

Um dos destaques da Chapecoense no Campeonato Catarinense, o zagueiro Souza, não ficará no clube em 2013. De acordo com o diretor de futebol Cadu Gaúcho, não houve acerto entre jogador e direção, mas não quis dar detalhes. Na Série C o zagueiro teve uma lesão e acabou perdendo a titularidade.

Por outro lado quem acertou sua permanência foi o meia Dudu Figueiredo. Foi renovado o empréstimo com o Coritiba, que é dono do passe do jogador, até o final de 2013. Dudu era reserva de Athos e Neném e entrou em algumas partidas da Série C. Já são 13 jogadores que renovaram para 2013.

A direção também já acertou verbalmente com quatro reforços, sendo dois atacantes, um volante e um zagueiro, que devem ser anunciados nesta semana.

Comente aqui
02 dez17:02

Duas mortes em acidentes no Oeste

Duas pessoas morreram em acidentes de trânsito neste final de semana, no Oeste. Um foi em Chapecó e outro em Anchieta.

Em Chapecó uma pedestre caminhava pela SC 480 quando foi atropelada por um reboque com Jet-ski que se desprendeu de uma caminhonete F 250, placas de Planalto-RS, que transitava no sentido Nonoai-RS/Chapecó. O acidente foi no quilômetro 147,9, no distrito de Marechal Bormann.

Denise Aparecida da Silva Batista, 20 anos, tinha saído de casa com a irmã para comprar picolé e caminhava pelo acostamento da rodovia quando foi atingida pelo Jet-ski, que atravessou a pista. Ela teve traumatismo craniano, chegou a ser socorrida pelos Bombeiros, mas morreu ao dar entrada no Hospital Regional do Oeste. Ela deixa uma filha de um ano e dois meses.

O motorista da caminhonete, Vanderlei Mai, 32 anos, não se feriu. Mas chegou a ser preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Chapecó, onde prestou depoimento e foi liberado após pagamento de fiança. De acordo com o delegado Márcio Marcelino, o condutor vai responder inquérito por homicídio culposo no trânsito, ou seja, sem intenção de matar.

O outro acidente com morte foi por volta das 2 horas deste domingo, no quilômetro 28 da SC 471, em Anchieta. Um Fiat Uno placas de Tigrinhos saiu da pista e capotou. Morreu o passageiro Fabio Júnior de Souza Machado, de 20 anos. O condutor do veículo, Joel Marcos Sbohr, de 19 anos, teve apenas ferimentos leves.

Comente aqui
27 nov20:09

Morte de Chiarello completa um ano

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

A morte do vereador Marcelino Chiarello completa um ano nesta quarta-feira e ainda não foi esclarecido se houve suicídio ou homicídio. Para marcar a data acontece uma celebração, às 10h30, na Escola Pedro Maciel, em Chapecó, onde o vereador dava aulas de Filosofia. Às 17h30 acontece outro ato, em frente à Câmara Municipal de Vereadores.

Depois de três meses de investigação a Polícia Civil de Chapecó encerrou o inquérito de forma inconclusiva, principalmente devido a laudos contraditórios do Instituto Geral de Perícias.  Em virtude da comoção que o caso causou na cidade, o Ministério Público decidiu dar prosseguimento às investigações. Para isso pediu auxílio para a Polícia Federal. Em julho o corpo foi exumado e mandado para nova perícia no Centro Médico Legal da Universidade de São Paulo, em Ribeirão Preto-SP.

O delegado da Polícia Federal, Oscar Biffi, disse que solicitou uma prorrogação por 30 dias para a conclusão dos exames, que vence na próxima semana. Ele deve pedir nova prorrogação.

O Ministério Público informou que não vai se manifestar enquanto não receber as informações da Polícia Federal.

A viúva de Chiarello, Dione Chiarello, afirmou que vai participar dos atos desta quarta  mas prefere não dar entrevista. Mesmo assim, durante a conversa, desabafou:

- É um ano de indignação, perdi um marido, um pai de família, a gente quer justiça – declarou.

Para o advogado da família, Sérgio Martins de Quadros, o caso é de homicídio.

Comente aqui
26 nov20:26

Chapecoense vai manter Fabiano e Nivaldo

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

O zagueiro Fabiano e o goleiro Nivaldo estão entre os nomes que devem continuar na Chapecoense em 2013. O zagueiro tem contrato com o clube até o final do ano que vem e ainda terá prorrogação. O goleiro Nivaldo também deve continuar. De acordo com o vice-presidente de futebol, João Carlos “Maringá”, há interesse tanto do clube, quanto do goleiro, que deve ir para seu sétimo Catarinense defendendo a Chapecoense.

A diretoria também pretende manter outros jogadores do setor defensivo. Maringá disse que o maior problema é com jogadores emprestados, como os atacantes Jô e Henrique, os volantes Paulinho Dias e Dudu, o ala Gilton, o meia Dudu Figueiredo e o atacante Thuram.

Maringá confirmou o interesse nos atacantes Jô e Henrique. Também há interesse em renovar com Rodrigo Gral. Mas aí dependeria do acerto com os patrocinadores do atleta.

Os meias Neném e Athos tem interesse em continuar no clube.

Quem dificilmente fica é o meia Eliomar. Ele tem outras propostas, inclusive do Figueirense. A direção da Chapecoense gostaria de contar com o jogador mas sabe que ele deve ter propostas melhores, pois seu empresário nem encaminhou proposta. O ala Willian também está deixando o clube.

Nesta terça-feira está programada a reapresentação, às 16 horas. Depois, deverão ser anunciadas dispensas e férias.

Comente aqui