17 set19:18

Mercoagro prevê US$ 160 milhões em negócios

darci.debona@diario.com.br

A Mercoagro , Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne, começa nesta terça-feira, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó, com previsão de US$ 160 milhões em negócios. Os portões abrem às 14 horas mas a solenidade oficial é às 17 horas.



São 650 marcas expostas em 350 estandes nos 15 mil metros quadrados do parque. Nesta segunda-feira cerca de três mil pessoas estavam trabalhando nos preparativos. Estão confirmados expositores de 13 países. A expectativa é de 35 mil visitantes. O credenciamento para a feira é gratuito e pode ser feito no site www.mecroagro.com.br ou no local.

De acordo com o diretor de feiras da Associação Comercial e Industrial de Chapecó, na Mercoagro é possível montar um frigorífico inteiro, desde as linhas de produção, cortes, sistemas de refrigeração, embalagens, condimentos e tratamento de efluentes.

Mastrogiacomo disse que a sustentabilidade e automação são dois aspectos com forte presença nesta feira.

A Mercoagro, que iniciou em 1996 e se repete a cada dois anos, é promovida pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) em parceria com a BTS Informa e a Prefeitura de Chapecó.

O gerente do Núcleo de Carnes e Frigorificados da BTS Informa, De Luca Filho, disse que a feira mostra a força das empresas da região Oeste de Santa Catarina, que são metade dos expositores, além de inovações em tecnologia e automação. A Mercoagro encerra na sexta-feira.

Comente aqui
17 set08:36

Técnico foi aplaudido pelas duas torcidas

Parte do mérito na vitória da Chapecoense por 4 a 0 diante do Caxias, sábado, no Índio Condá, pode ser creditado na conta do treinador Gilmar Dal Pozzo. Ele chegou na terça-feira passada para substituir Itamar Schulle, teve apenas quatro dias para treinar, mas já mostrou serviço.

Ele montou uma equipe equilibrada, que soube marcar bem o adversário e chegar com perigo ao ataque. Durante a partida ele gesticulou e conversou tanto com os jogadores que eram visíveis as manchas de suor na sua camisa. Ao final foi aplaudido até pela torcida do Caxias, onde foi campeão gaúcho como jogador, em 2000.

Comente aqui
16 set22:52

Homenagem aos veterinários

O Núcleo Oeste dos Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) realizou neste domingo um almoço de confraternização para comemorar a passagem do Dia do Médico Veterinário, ocorrido no dia 9 de setembro. O almoço foi na sede do núcleo, na linha Vitório Rosa, em Chapecó. Estiveram presentes 120 convidados. A região conta com cerca de 300 profissionais da área.

O presidente do Nucleovet, João Batista Lancini, elaborou um artigo para marcar a passagem:


O papel sócio econômico do médico veterinário

João Batista Lancini

A primeira escola de medicina veterinária começou há 250 anos, fundada pelo médico francês Claude Bourgelat. No início, o maior interesse era a cura das doenças equinas, de crucial importância para o poder do exército; outro objetivo era tentar dizimar a peste bovina que arruinava a economia rural européia daquela época.  Desde então, a medicina veterinária tem evoluído em diversos aspectos. As áreas de atuação são inúmeras. Os médicos veterinários, atuam não somente na preservação da saúde e bem estar dos animais, mas também  na saúde pública garantindo a segurança dos alimentos que ingerimos, no controle de inúmeras doenças que podem ser transmitidas dos animais para os homens, as chamadas zoonoses, nas pesquisas biomédicas, no melhoramento genético dos plantéis, e também participam de programas de proteção e preservação ambiental. A maioria dos medicamentos usados na medicina é desenvolvida a partir da experimentação em animais, garantindo a sua eficácia e segurança para os humanos. Muitas vezes, as pessoas pensam que a função de um veterinário limita-se a medicar ou fazer cirurgias em cães e gatos, ou a assegurar a produção de carnes e derivados lácteos. Entretanto, a área de atuação e o papel do médico veterinário são muito maiores e, não raro, desconhecidas pela maioria da população. A preservação da saúde pública, por exemplo, requer a interação de diversas áreas profissionais, tanto as que atuam nas ciências biológicas, como fora delas. O médico veterinário participa, principalmente, na prevenção das doenças, garantindo a produção de animais e alimentos saudáveis.  Na maioria das vezes, passa despercebido pelas pessoas que por trás de um alimento existem inúmeras etapas de produção, que englobam desde o crescimento do animal na propriedade rural, o abate e processamento adequado às rígidas normas de higiene e respeito aos animais, o transporte em condições adequadas até o mercado consumidor, o acondicionamento e a preservação dos produtos nas prateleiras dos supermercados, até a sua chegada na mesa do consumidor. Todas estas etapas, exigem a atuação de um médico veterinário. Os sistemas de prevenção e controle sanitário juntamente com um sistema governamental de inspeção animal, respeitado internacionalmente, foram fundamentais para colocar o Brasil na posição em que se encontra atualmente, ou seja, como um dos principais produtores de proteína animal do planeta em quantidade e qualidade, reafirmando o título de “Celeiro do Mundo”. Este respeito foi construído não somente pela capacidade e determinação de empresários comprometidos com o desenvolvimento econômico e social do Brasil, através do agronegócio, mas também com a participação vital dos técnicos envolvidos na produção, sejam médicos veterinários, zootecnistas, agrônomos, biólogos ou técnicos agropecuários, que além de ensinarem novas técnicas aos nossos produtores rurais, colaboram no desenvolvimento de novos medicamentos, vacinas e práticas de manejo que permitem a produção de alimentos cada vez melhores, mais saudáveis e com preços acessíveis ao consumidor.  O mesmo frango, suíno ou bovino que é consumido pelos brasileiros, está presente hoje nas mesas de exigentes consumidores de todos continentes, em países da Europa, Ásia e Oriente Médio, entre outros. Isto é um atestado da qualidade do produto de origem animal feito no Brasil, e os médicos veterinários são parte importante deste resultado.

Outra área importante de atuação é nos cuidados dos animais de companhia. O Brasil é o segundo maior mercado de animais de estimação do mundo; só atrás dos Estados Unidos. Hoje, pessoas de todas as idades e classes sociais, convivem diariamente com animais de estimação, como cães, gatos, pássaros, entre outros. Para que isto não se transforme em problemas, tanto para as pessoas como para os animais, é importante seguir normas básicas de convivência, entre as quais a garantia de uma condição sanitária adequada para evitar que aquilo que é buscado como um relacionamento saudável,  possa causar qualquer risco para as pessoas. Nesta área, o médico veterinário tem sido um elo e uma garantia desta boa convivência.

Merece menção a importância da medicina veterinária no desenvolvimento científico. Muitos avanços tecnológicos na área humana, tiveram sua base em estudos feitos pela medicina veterinária, como por exemplo, no desenvolvimento de vacinas, medicamentos,  novas técnicas de  reprodução humana em laboratórios, uso de células tronco para o controle e tratamento de inúmeras doenças.

Ser médico veterinário significa fazer parte de um segmento que gera muitas realizações pessoais e profissionais, porque colabora para uma vida humana melhor e mais saudável, respeitando a Criação, através da responsabilidade social e ambiental.

Comente aqui
16 set17:39

Washington acompanhou vitória

darci.debona@diario.com.br

Um dos novos reforços da Chapecoense, o atacante Washington, que veio do ABC, acompanhou a vitória do time sobre o Caxias, por 4 a 0, no sábado, no Índio Condá. Ele ficou animado com o desempenho da equipe.

-Foi uma vitória bacana, importante para a classificação- disse o jogador de 34 anos.

Ele já tem vários títulos estaduais como o Pernambucano de 2007, pelo Sport, o Baiano de 2009, pelo Vitória, e o Cearense de 2011, pelo Ceará. Disputou a Copa Libertadores de 2006, pelo Palmeiras.

Ele será apresentado nesta segunda-feira. Outra novidade, confirmada pelo diretor de futebol Mauro Stumpf, é o lateral esquerdo Gilton, 23 anos, que vem do Joinville.

Ele repõe a vaga de Esquerdinha, que vai para o ABC e fez sua última partida pel a Chapecoense no sábado

Comente aqui
16 set17:13

Pais e filhos brincam com carrinhos de rolimã

O Colégio Logosófico de Chapecó realizou no sábado a Tarde do Carrinho de Rolimã, envolvendo pais e alunos. -O objetivo era uma tarde diferente, onde pais e filhos brincassem com um brinquedo da época em que os pais eram crianças- afirmou a diretora do colégio, Luciana Paludo.

O resultado? Diversão, alegria, sorrisos, manobras diferentes e, claro, algumas pernas roxas.

-Nossa ideia era fazer com que as crianças se movimentassem, conhecessem um brinquedo diferente que oportunizasse movimento, desafio e integração entre pais e filhos- ressaltou o professor de Educação Física, André Valentini, coordenador do evento.

Muitos pais construíram o carrinho com os filhos. Outros deram apenas  o “toque final”.

Participaram carrinhos de diferentes estilos, desde os mais simples até um carro mais sofisticado, com banco regulável e com apoio para as costas. -Desde julho eles estavam construindo-, revelou a mãe Daniela Farias.

Cerca de 150 pessoas passaram pelo evento e muitos se aventurando a descer pelo terreno. Uma tarde que promoveu a união de diferentes gerações.

1 comentário
14 set15:33

Dal Pozzo fez treino fechado antes do confronto contra o Caxias

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O novo treinador da Chapecoense, Gilmar Dal Pozzo, fez um treinamento fechado na manhã desta sexta-feira, na Arena Condá.  Até a imprensa ficou de fora de parte do coletivo. Mesmo assim as imagens foram restritas. O objetivo foi treinar jogadas ensaiadas.

Após o treinamento, que durou cerca de duas horas e meia, Dal Pozzo, disse que tem apenas uma dúvida para enfrentar o Caxias, amanhã, às 16 horas, no Índio Condá. Ele pode jogar com um esquema mais defensivo, com três zagueiros, utilizando Rafael Lima, ou então deixar dois zagueiros e escalar o volante Marcos Alexandre.

Como foi apresentado apenas na terça-feira à tarde, um dia após a saída de Itamar Schulle, Dal Pozzo teve apenas quatro dias para treinar. Por isso seu principal trabalho para o confronto contra os gaúchos é trabalhar a parte psicológica dos jogadores. –Precisamos de atitude em campo- declarou. O treinador considera que depende do time resgatar o orgulho do torcedor, que não tem comparecido em grande número no estádio. A média de público fica abaixo dos três mil torcedores.

O time que deve enfrentar o Caxias é Nivaldo, Fabiano, André Paulino e Rafael Lima (Marcos Alexandre); Eliomar, Wanderson, Paulinho Dias, Neném e Esquerdinha; Cristiano e Rodrigo Gral.

Comente aqui
28 ago18:38

Criança de dois anos morre afogada

Uma criança de dois anos morreu afogada na tarde desta terça-feira no interior de Xanxerê. De acordo com informações da Polícia Militar a mãe foi lavar roupa e, por volta das 16h20, sentiu falta da criança.

O corpo foi localizado duas horas depois, por cães farejadores da Polícia Militar, num riacho que fica próximo à casa da vítima, na linha Medianeira, interior do município.

Comente aqui
13 ago16:38

Orgulho de Sophia

Darci Debona| darci.debona@diario.com.br

Mesmo antes de iniciar a partida no domingo, dia 12, contra o Oeste a Chapecoense já tinha seu herói, que iria marcar o gol da vitória aos 32 minutos do segundo tempo.  No dia em que comemorava seu primeiro Dia dos Pais como homenageado, Eliomar foi o responsável pelos três pontos que garantiram à Chapecoense a terceira colocação no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

Ao comemorar, Eliomar chorou de alegria. Eram lágrimas de quem sofreu muito nos últimos meses para poder ser chamado de pai. Sua esposa teve complicações na gravidez e o parto de Sophia, com 35 semanas de gestação, foi de risco.

Eliomar chegou a ficar oito dias sem treinar e dois jogos sem atuar. E a Chapecoense sentiu a falta do “curinga” do time, pois perdeu uma e empatou a outra. Mas nesses dois jogos Eliomar tinha outra missão: estar perto de sua esposa e sua filha, que ficou internada 27 dias e chegou a ficar na UTI.

Assim como Eliomar a torcida da Chapecoense também sofreu durante a partida contra o Oeste,antes de poder sorrir. Desde o início o time paulista “catimbou” a partida, atrasando reposição de bola. O goleiro Jaílson chegou a levar cartão amarelo. Aos 20 minutos de jogo, o atacante visitante Serginho deu um carrinho no goleiro Nivaldo, que revidou com um soco. Os dois foram expulsos.

Como o técnico Itamar Schulle teve que tirar um zagueiro para colocar outro goleiro, Juliano, Eliomar teve que ajudar mais na marcação.

Mas, no segundo tempo, como o jogo não saía do 0 a 0, ele começou suas investidas ao ataque. Aos 30 minutos, quase marcou, de cabeça, mas o goleiro espalmou. Dois minutos depois ele pegou a bola em velocidade pelo meio, tirou o zagueiro e chutou forte no canto direito do goleiro.

Todo o estádio vibrou com o pai de Sophia. Ontem ela completou um mês e meio de vida. Ela ainda não pôde assistir ao jogo  e  à comemoração, mas um dia vai saber que, no dia 12 de agosto de 2012, seu pai fez muitos outros pais felizes. E que ela foi uma das homenageadas pelo gol. –Estou muito feliz- disse Eliomar, ao final da partida. Ele já tem quatro gols na Série C. E domingo, contra o Madureira, no Índio Condá, pode dar sequência às homenagens.

Comente aqui
13 ago16:18

Funcionários da Diplomata paralisaram abate em Xaxim

Darci Debona |darci.debona@diario.com.br

Cerca de 400 funcionários da Diplomata fizeram uma paralisação parcial na manhã desta segunda-feira, na unidade de Xaxim. Os funcionários reclamavam o pagamento do mês, que deveria ter sido feito no dia 7. Pela manhã, ao serem informados que receberiam o salário em cheques, muitos funcionários não aceitaram, por temor de falta de fundos ou demora na compensação.

Eles fizeram uma paralisação parcial. Após uma conversa entre representantes da empresa e do Sindicato das Indústrias de Carnes e Derivados de Xaxim, incluindo uma consulta ao banco para ver se o pagamento tinha fundos, o trabalho foi retomado, no final da manhã.

De acordo com o presidente do Sindicato, Pedro Kalinoski, houve um problema de compreensão sobre o pagamento. Ele confirmou o atraso e disse que o sindicato está acompanhando a situação. Mas acredita que a empresa fará a normalização dos pagamentos.

Recentemente avicultores ligados à Diplomata também reclamaram do atraso no pagamento dos lotes e até no fornecimento da ração.

A assessoria de imprensa da Diplomata informou que a empresa está passando por dificuldades financeiras, em virtude da crise no setor. Entre os fatores da crise estariam um aumento da produção, altos custos do milho e da soja e também a falta destes produtos no mercado interno. O milho e a soja representam 85% da ração.

Em virtude da crise, que obrigou a Diplomata a suspender os abates em Londrina e Mandirituba, onde abatiam 110 mil aves por mês, a empresa solicitou no início do mês um pedido de recuperação judicial, na justiça de Cascavel.

De acordo com a assessoria o pedido foi aceito e vai permitir à empresa negociar mais prazo com os credores. Esse pedido não deve afetar o pagamento do salário dos funcionários.

Em Xaxim a Diplomata tem 2,3 mil funcionários e abate 220 mil frangos por dia.

2 comentários
04 ago14:05

Sol e calor em SC

A previsão para o fim de semana é de sol e temperaturas elevadas, principalmente durante a tarde. Os mais animados com o calor poderão, inclusive, aproveitar uma praia neste sábado, quando a temperatura máxima deve chegar aos 32ºC no Litoral. As regiões Oeste e Vale do Itajaí também devem ter calor em torno dos 30ºC.

A neblina registrada no fim da tarde de sexta-feira em Florianópolis marcou também o amanhacer do sábado. Apesar de intenso, o nevoeiro já havia se dissipado praticamente por completo por volta das 8h da manhã.

::: Confira mais detalhes no blog do meteorologista Leandro Puchalski

Domingo, porém, uma frente fria chega pelo oceano, o que vai aumentar a nebulosidade recorrente nas áreas próximas ao Litoral. No decorrer do dia, uma massa de ar frio e seco chega ao Estado e a temperatura deve cair aproximadamente 10ºC.

Com isso, na Grande Florianópolis, os termômetros devem indicar máxima de 22ºC e o Vale do Itajaí, 26ºC. No Planalto Norte a máxima deve ficar em torno dos 24ºC e de 28ºC no Oeste.

Essa massa de ar frio e seco afastará as nuvens e o sol voltará a aparecer em todas as regiões na segunda-feira. O dia deve começar frio, mas a temperatura pode elevar ao longo do dia. Já na terça-feira, uma nova frente fria chega ao Estado, provocando um aumento de nuvens e favorecendo a ocorrência de chuva, principalmente durante a noite, no Oeste.

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui