03 out10:17

Você sabe as atribuições do prefeito e do vereador?

Você leva em consideração as atribuições do prefeito e do vereador para escolher seu candidato? Se sim, você está certo. Se não, deveria. Aproveite os últimos dias da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, que termina nesta quinta-feira, para avaliar.

Fique atento se o candidato está prometendo algo que terá competência legal para cumprir. Pensando em te dar subsídio na comparação, o Santa traz uma lista de funções do vereador e do prefeito.


O que faz o prefeito?

Nomeia e exonera secretários municipais

Envia à Câmara as diretrizes orçamentárias, orçamentos anuais e plurianuais do município

Veta projetos de lei total ou parcialmente

Cria e extingui cargos públicos municipais em forma de lei

Decreta desapropriações por necesidade ou utilidade pública ou interesse social

Presta à Câmara informações solicitadas no prazo de 30 dias. O prazo pode ser prorrogado diante da complexidade do assunto

Solicita o auxílio da polícia para garantir o cumprimento de seus atos

Decreta calamidade pública ou estado de emergência, sempre que ocorrem fatos que justifiquem

Convoca extraordinariamente o Legislativo

Administra, paga funcionários, executa obras

Faz a intermediação política com os poderes estadual e federal em busca de benefícios para a população da cidade

Zela pela cidade: limpeza urbana, manutenção dos postos de saúde, transporte público

Coordena a arrecadação de tributos, como é o caso do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)

Fixa tarifas dos serviços públicos, como por exemplo o transporte coletivo


O que faz o vereador?

Fiscaliza e zela pelo bom desempenho do Poder Executivo (as ações do prefeito, da administração e os gastos da prefeitura)

Representa os eleitores e faz a ponte, intermediando a relação entre a população e o responsável pela prefeitura

Propõe leis sobre os anseios da sociedade com emenda à Lei Orgânica, leis complementares, leis ordinárias, decretos legislativos e resoluções

Julga o prefeito e os colegas vereadores nas infrações político-administrativas previstas em lei

No caso de encontrar irregularidades na administração, pode até afastar prefeito ou vice, se tiver o apoio da maioria do Legislativo

Age com base na Lei Orgânica e o Regimento Interno da Câmara

Fixa subsídios do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais, observando a Constituição Federal e a Lei Orgânica

Autoriza o prefeito, por necessidade de serviço, a se ausentar do país ou do município

Cria comissões de inquérito para investigar fatos da competência da Câmara

Autoriza a realização da plebiscitos

Concede título honorário ou homenageia pessoa ou entidade que prestou relevantes serviços à comunidade

Solicita intervenção do Estado no Município


JORNAL DE SANTA CATARINA



Comente aqui
03 out09:57

Ministra explica veto à MP criada para socorrer prejuízos da seca

De férias em Mafra, onde participa da campanha eleitoral na região, a ministra de Relações Institucionais Ideli Salvatti credita o debate sobre auxílio a agricultores atingidos pela seca a brigas político-partidárias.

— Não tem nenhum agricultor sem auxílio, não tem nenhum agricultor catarinense sem refinanciamento da dívida — afirmou ontem.

>> Governo Federal libera R$ 10 milhões em equipamentos para 100 municípios atingidos pela estiagem

>> Governo anuncia medidas para crise do milho

Ideli garante que o PSDB, que protocolou um pedido para estender aos agricultores do Sul os benefícios de uma Medida Provisória (MP) para atender o Nordeste, sabia que a ampliação geográfica geraria uma “confusão jurídica”, pois os produtores rurais do Sul já estavam sendo atingidos via MP, porém editada em 2011. Confira os trechos da conversa mantida ontem com o DC:

Diário Catarinense — Temos notícias de que os agricultores catarinenses gostariam de que a MP que socorreu a estiagem do Nordeste fosse ampliada para o Sul. Por que isso não ocorreu?

Ideli Salvatti — Não existe este pleito. Não existe pleito da região Sul, pois a região justamente já está sendo contemplada por uma MP editada no ano passado. As entidades da região Sul não fizeram esse pleito. Isso é guerra política apenas.


DC — A edição de uma MP em 2011 impede a ampliação da MP de 2012?

Ideli — Claro. Juridicamente isso não é possível. A Medida Provisória do ano passado inclusive foi referendada pelo Conselho Monetário Nacional. A MP do Nordeste é específica para aquela região. Até porque os agricultores das duas regiões vivem situações diferenciadas.


DC — Como assim?

Ideli — Os financiamentos não são idênticos, pois no Nordeste o financiador é o Banco do Nordeste. No Sul, é o Banco do Brasil. Não dava para incluir tudo no mesmo bolo, pois têm naturezas diferentes. Quando o PSDB apresentou a emenda, o governo ficou rouco de dizer que aquele pedido era um equívoco, um erro. Por isso houve o veto, por uma necessidade legal. A razão do veto, inclusive, consta no documento do próprio veto. Se o Sul já estava amparado por uma MP, como receberia outra MP?


DC — Os agricultores do Nordeste foram mais agraciados?

Ideli — Ao contrário. Se fôssemos fazer uma situação comparativa, hipoteticamente falando, creio que os agricultores catarinenses foram atendidos até em situação melhor.


DC — A senhora pode ilustrar isso?

Ideli — Além da MP do ano passado, ainda conseguimos em maio de 2012 um crédito extraordinário de R$ 10 milhões para socorrer as prefeituras catarinenses. Este dinheiro já está na conta da Secretaria da Agricultura de SC, com quem dividimos a definição dos critérios a serem adotados na distribuição do dinheiro.


DC — E que critérios são esses?

Ideli — Os municípios com maior número de decretos de emergência por estiagem, nos últimos 10 anos, seriam os beneficiados por este crédito extraordinário. Assim, estamos conseguindo atender, com este dinheiro extra, mais 117 prefeituras.


DC — O que os agricultores destes municípios estão recebendo com este dinheiro?

Ideli — Um trator e um distribuidor de adubo líquido que, nas épocas de estiagem, podem servir para transportar água.


DC — Ministra, mas se os produtores rurais catarinense estão bem atendidos, porque o pleito de ver a MP do Nordeste ampliada para cá?

Ideli — Insisto, não há esse pleito.


DC — Algum outro pleito, no mesmo sentido?

Ideli — Tem a questão do milho. E um debate entre o Ministério da Fazenda e o da Agricultura (ontem) avaliando a possibilidade de autorizar a Conab a adquirir milho acima do preço médio. Hoje, a Conab está proibida de fazer essa aquisição. Se os dois ministérios concordarem, o milho poderá ser adquirido no PR — e portanto mais perto de SC e do RS — e com preço mais flexível. Hoje, os produtores estão tendo de pagar mais caro e esperar a logística de transporte desde o Centro Oeste. Se for autorizada a mudança, os agricultores vão ganhar em tempo e em dinheiro, pois reduz o custo do frete devido à proximidade.


Comente aqui
03 out09:53

Guarujá do Sul decreta situação de emergência devido a chuva de granizo

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

As prefeituras de Guarujá do Sul e Princesa, no extremo-oeste, estão levantando os prejuízos do forte temporal, acompanhado de chuva e granizo, ocorrido na manhã da terça-feira, dia 2 de outubro.

O município de Guarujá do Sul encaminhou, na noite da terça, decreto de situação de emergência para a Defesa Civil do Estado. A decisão foi tomada após uma reunião entre Prefeitura, Defesa Civil e Epagri.

A chuva de granizo durou cerca de 15 minutos. De acordo com o presidente da comissão municipal da Defesa Civil José Viro Waschburger duas comunidades do interior do município foram atingidas: a linha Possato Baixo e a Linha Caravaggio. O levantamento preliminar aponta que os maiores danos foram registrados nas lavouras de milho, fumo, feijão, trigo e parreirais de uva. Na cidade houve o registro de duas casas atingidas.

- Ainda não temos um número das perdas – disse Viro.

A Prefeitura de Princesa já entregou 2,8 mil telhas para cobrir quatro chiqueiros de 80 metros que foram totalmente destruídos com o temporal. Lavouras de trigo, fumo e milho também foram prejudicadas.

- Vamos esperar o levantamento dos dados para decidir se encaminhamos o decreto – disse o secretário de administração, Paulinho de Abreu.


Comente aqui
03 out08:43

Nota de Falecimento

Funerária Sturmer comunica o falecimento de: Gerson Volnei Renner

O velório será no Bairro Garghetti em Seara/SC.

O enterro está marcado para às 15 horas, do dia 2 de outubro, no cemitério Jardim Santo Atos Evangelista em Seara/SC.


Comente aqui
03 out08:30

Três atletas no DM da Chapecoense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Além do meia Eliomar, que lesionou os ligamentos do joelho direito, outros três atletas estão no departamento médico da Chapecoense: Rodolpho, Mateus Paraná e Marcos Alexandre completam a lista.

O caso do volante Marcos Alexandre é o mais crônico. Ele ficou praticamente um ano sem jogar em virtude de uma lesão no joelho. Depois de recuperado, chegou a atuar contra o Macaé, no Rio de Janeiro. Só que no dia 28 de setembro, novamente voltou ao departamento médico, após lesionar a panturrilha.

– São 20 dias em recuperação – projetou o fisioterapeuta do clube, Guilherme Dias de Carli.

O atacante Mateus Paraná ainda se recupera da cirurgia feita no joelho esquerdo, no dia 26 de junho. Ele rompeu o ligamento patelar durante um treinamento na Arena Condá. Paraná deve ficar ainda dois meses parado.

Já o goleiro Rodolpho, 31 anos, que está fora da Série C, se recupera da cirurgia no joelho feita no início de agosto.

-Ele deve ficar mais quatro meses em recuperação – disse Guilherme.


Comente aqui
03 out08:23

Quarta-feira segue nublada e com chuva em todo o Estado

A quarta-feira amanheceu com céu encoberto em Santa Catarina. A chuva que atinge todas as regiões é resultado de uma frente fria que atua sobre o Estado.


Temperatura em algumas localidades por volta das 7h*

Florianópolis: 20,5ºC

Criciúma: 17,1ºC

Blumenau: 19,7ºC

Joinville: 19,8ºC

Lages: 15,4ºC

Chapecó: 15,2ºC

*Dados das estações meteorológicas do Grupo RBS


A Epagri/Ciram — órgão que monitora as condições meteorológicas em Santa Catarina — alerta para a possibilidade de descargas elétricas. Pode haver temporal com ventania e granizo em pontos, mas de forma isolada.


::: Leia mais no blog do Leandro Puchalski


A temperatura, porém, segue estável variando pouco ao longo do dia. A previsão é de que chegue a 22ºC na Grande Florianópolis; 23ºC no Extremo-Oeste e 26ºC no Litoral Sul.

Próximos dias

De quinta-feira até sábado, a previsão é de que o ar úmido mantém a nebulosidade variável com aberturas de sol, mas com instabilidade que pode provocar pancadas de chuva e trovoadas na maioria das regiões, especialmente entre a tarde e noite.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
03 out07:55

Em busca dos 500 gols

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Ao marcar um dos gols da Chapecoense na vitória por 3 a 1 contra o Duque de Caxias, no domingo, o atacante Rodrigo Gral ficou a apenas um de atingir a marca de 500 gols, segundo seus cálculos.

Para se ter uma ideia do quanto isso representa, Pelé fez 1283 e, Ronaldo Nazário, maior artilheiro de todas as Copas, fez 518 gols. No entanto o jogador da Chapecoense não está levando em conta apenas jogos oficiais. Seu critério é o seguinte: se teve juiz e súmula, tá valendo.

Com isso entram até os seis gols que marcou num Torneio Metropolitano de Porto Alegre, que disputou em 1993, aos 16 anos, pelo Inter-RS, até o gol no empate por 2 a 2 no amistoso da Chapecoense com o time Sub 23 do Atlético Paranaense, em agosto, no Índio Condá.

Uma boa parcela dos gols é das categorias de base. Dos gols que marcou pelo Grêmio, 172 são das categorias de base. O jogador de 35 anos está confiante de que essa marca pode acontecer já no próximo sábado, quando a Chapecoense enfrenta o Brasiliense, às 16 horas, no Índio Condá. Tanto que já mandou fazer camisetas com sua foto e a marca 500 gols.

– Vou distribuir para os familiares – declarou Gral.

Até agora ele jogou apenas um tempo no amistoso contra o Atlético-PR, onde marcou um gol, 57 minutos contra o Caxias, onde participou de dois gols, e 53 minutos contra o Duque de Caxias, contra quem fez um gol.

Desde que chegou na Chapecoense, Rodrigo Gral tem feito a diferença. Quanto estreou, contra o Caxias, o time estava há três jogos sem marcar. Nesse jogo, fez quatro, três com Gral em campo. Na partida seguinte, contra o Macaé, Gral foi poupado devido a uma lesão na coxa esquerda e o time ficou no 0 a 0. No jogo seguinte, contra o Duque de Caxias, ele voltou e a Chapecoense fez 3 a 1, dois enquanto estava em campo. Mesmo tendo atuado em apenas dois tempos dos 14 jogos que a Chapecoense disputou, ele estava em campo em 1/3 dos gols do time no campeonato. Por isso ele está confiante que vai atingir logo sua marca pessoal. E assim poderá ajudar um objetivo coletivo, que é levar a Chapecoense para a Série B. Mas aí são outros 500.


Entrevista:

“O gol 500 será consequência do trabalho”

DC: Ansioso para fazer o gol número 500?

Gral: O gol 500 foi consequência do trabalho. Uma hora vai sair, até pela minha função em campo, que é a de atacante. Mas o objetivo principal é levar a Chapecoense para a Série B.


DC: Mesmo tendo chegado durante o campeonato o seu entrosamento está bom, tanto que nos dois tempos que você estavam em campo, na Série C, o time fez cinco gols, o segredo é a conversa durante o jogo?

Gral: O grupo é muito bom, sozinho a gente não consegue nada. Além disso o Gilmar posiciona o time mais ofensivo, o que colabora, pois ficamos mais perto do gol. A equipe conta com jogadores inteligentes, como Neném e o Athos. E a gente conversa bastante para facilitar o passe ou ajudar o companheiro.


DC: Você já se considera um ídolo da torcida?

Gral: Não, eu sou um torcedor. Isso me fez voltar para cá. Fiquei 10 anos fora do país e me propus a voltar para jogar no clube do meu coração. Saí daqui cedo e nunca tinha jogado pela Chapecoense ou disputado um catarinense. Aqui, quando fiz o gol, depois do jogo era um monte de gente ligando, mandando mensagens. Vejo as pessoas na rua pedindo para fazer gol. Posso ir visitar minha avó, comer feijão e arroz com meus tios, ver meus amigos do colégio e do futsal. Isso que é mais gostoso. Abri mão de muitas coisas para viver isso.


GOLS MAIS IMPORTANTES

# Grêmio 2 x 1 Guarany-PAR, pelas oitavas de final da Taça Libertadores de 1997- “Tínhamos perdido o primeiro jogo por 1 a 0, no Paraguai. Estávamos vencendo o jogo e, aos 40 minutos, o Guarany empatou. Houve uma confusão e o técnico Evaristo de Macedo tinha sido expulso. Saímos com a bola no meio, o Marcos Paulo deu uma casquinha e ela sobrou para o Paulo Nunes, que não dominou e na sobra eu chutei prensado com o zagueiro empatando a partida. Fomos para os pênaltis e vencemos.


# Jubilo Iwata 1 x 0 Cerezo Osaka, na final da Copa do Imperador do Japão, em 2003- “Aos 25 minutos do segundo tempo recebi um cruzamento na área, dominei, driblei o zagueiro e, quando o goleiro saiu, coloquei no canto, fazendo o gol do título.


# Brasil 2 x 2 Uruguai, pelas eliminatórias do Mundial Sub-20, em 1999- “Estávamos perdendo por 2 a 1 e eu recebi um lançamento na área e, quando dominei, consegui tirar o zagueiro, só que fiquei com pouco ângulo, mesmo assim chutei e bola passou pelo meio das pernas do goleiro, empatando o jogo. O gol garantiu a classificação para o Mundial da Nigéria.”


# Chapecoense 2 x 2 Atlético-PR, amistoso, em agosto de 2012. “É um gol que marcou bastante pois foi meu primeiro gol pela Chapecoense. O Dudu cruzou no primeiro pau e eu fiz o gol de cabeça.”


Ficha técnica

Data de nascimento: 21/02/1977

Local: Chapecó/SC

Altura: 177cm

Clube atual: Chapecoense/SC



Clubes

- Inter (1993)

- Grêmio/RS (1994-1997)

- Juventude/RS (1998)

- Grêmio/RS (1999-2001)

- Flamengo/RJ (2001)

- Sport/PE (2001)

- Júbilo Iwata/Japão (2002-2005)

- Yokohama Marinos/Japão (2005)

- Omiya Ardija/Japão (2006)

- Al-Khor/Qatar (2007-2009)

- Al-Sadd/Qatar (2009)

- Bahia/BA (2010)

- Santa Cruz/PE (2011)

- DPMM/Brunei (2012)




Títulos

- Singapure League 1st stage (2012)*

- Campeonato Pernambucano (2011)

- Qatar Crow Prince Cup (2008)

- Xerox Cup (2004)

- J.League (2002)

- Campeonato Carioca (2001)

- Campeonato Gaúcho (1999)

- Copa Sul-Minas (1999)

- Campeonato Gaúcho (1998)

- Troféu Colombino/Espanha (1997)

- Copa do Brasil (1997)

- Campeonato Brasileiro (1996)

- Recopa Sul-Americana (1996)

- Campeonato Gaúcho (1996)

- Campeonato Gaúcho (1995)


*A equipe do DPMM disputa desde 2009 a Liga Nacional da Cingapura



Títulos/Base

- Brasileiro de Seleções (1996)

- Campeonato Gaúcho (1996)

- SBS Cup/Japão (1996)

- Torneio Romeu Goulart Jacques (1994)

- Campeonato Gaúcho (1994)

- Campeonato Metropolitano (1993)



Gols*

- Inter/RS (1993) | 6

- Grêmio/RS (1994-1997) | 195

- Juventude/RS (1998) | 27

- Grêmio/RS (1999-2001) | 20

- Flamengo/RJ (2001) | 1

- Sport/PE (2001) | 25

- Júbilo Iwata/Japão (2002-2005) | 88

- Yokohama Marinos/Japão (2005) | 9

- Omiya Ardija/Japão (2006) | 12

- Al-Khor/Qatar (2007-2009) | 52

- Al-Sadd/Qatar (2009) | 8

- Bahia/BA (2010) | 22

- Santa Cruz/PE (2011) | 4

- DPMM/Brunei (2012) | 5

- Chapecoense (2012) | 2

* Mais 23 assinalados pela Seleção Brasileira de Base



Comente aqui
02 out16:17

Jéssica Canofre quebra mais um recorde

A cidade de Joinville recebeu no fim de semana cerca de 270 trabalhadores de 44 indústrias do estado para a fase estadual do Meeting Sesi. A competição teve disputas nas modalidades de atletismo, basquetebol e natação. Nas piscinas Jéssica Canofre foi destaque na categoria de 17 a 30 anos e se classificou para a fase sul-brasileira, em dezembro.

Jéssica competiu em três provas e garantiu ouro em todas elas. Além das medalhas de primeiro lugar nos 50m nado borboleta, 50m nado peito e 200m nado livre, a chapecoense de 17 anos bateu o recorde de todas as provas.

Jéssica tem planos de disputar a etapa internacional da competição. Para isso precisa superar a etapa sul-brasileira, em Blumenau, e a etapa nacional, no ano que vem.


Comente aqui
02 out16:00

Quiz da novela Guerra dos Sexos em Chapecó

A guerra está declarada entre homens e mulheres. Na semana de estreia da nova novela das 19h da Rede Globo, transmitida em SC pela RBS TV, uma série de ações de divulgação de Guerra dos Sexos movimentará quatro cidades catarinenses, entre elas Chapecó.

Em cada região será montado um miniestúdio, onde dois comunicadores da RBS farão um jogo de perguntas e respostas de homens contra mulheres, para entrar no clima da nova novela. O quiz contará com perguntas aleatórias e o próprio público que estará presente no local avaliará a melhor resposta.

Para participar, os interessados devem se inscrever preenchendo uma ficha no próprio local. Os participantes também gravarão chamadas para a novela e os autores das melhores respostas ganharão brindes da novela.

A ação em Chapecó será nesta quarta-feira, dia 3, das 19h às 21h, no Shopping Pátio Chapecó.


Ator Johnny Massaro participa do Quiz

O ator Johnny Massaro interpreta Kiko, filho de Roberta (Glória Pires) na novela Guerra dos Sexos. Tímido como ninguém, um nerd. Se acha o rapaz mais desengonçado do mundo, e senão é, pelo menos chega perto. Gosta muito do tio Dino (Fernando Eiras), o marido de Nieta (Drica Moraes), a irmã de sua mãe.


Guerra dos Sexos

Leve e divertida, a nova novela das sete abordará os conflitos e os prazeres entre homens e mulheres na busca por superioridade de um sexo sobre o outro. Otávio II (Tony Ramos) e Charlô II (Irene Ravache) são primos, cresceram juntos e tiveram um romance na adolescência, mas o temperamento irascível dos dois fez o amor se transformar em ódio. Só não imaginavam que os tios Otávio I (Paulo Autran) e Charlô I (Fernanda Montenegro) fossem uni-los novamente por uma herança milionária e uma condição surpreendente: terão que morar na mesma casa e administrar a mesma empresa. A convivência se torna insuportável depois de uma aposta envolvendo o controle da companhia. Homens e mulheres façam suas apostas!

Guerra dos Sexos é um remake da novela de mesmo nome de 1983. De autoria de Silvio de Abreu, a nova trama conta com direção de núcleo e geral de Jorge Fernando e direção de Ary Coslov, Marcelo Zambelli e Ana Paula Guimarães.


Comente aqui
02 out14:19

Campanha Pedágio do Brinquedo em Santa Catarina

Até o dia 12 de outubro, mais de 120 pontos de coleta distribuídos por Santa Catarina estarão arrecadando brinquedos destinados a crianças carentes, dentro da campanha Pedágio do Brinquedo. A iniciativa promovida pela RBS TV e FCDL, com apoio do Sesc, conta com 10 pontos de coleta em Chapecó e região, além de CDLs locais e lojistas associados.

São aceitas doações de peças novas ou usadas, desde que em bom estado de conservação. Os brinquedos serão doados para mais de 50 entidades que atendem crianças carentes em todo o Estado.

O Pedágio do Brinquedo é realizado há mais de 10 anos e neste período já beneficiou mais de 1 milhão de crianças.

A iniciativa conta com o patrocínio do Shopping Neumarkt Blumenau, Blumenau Norte Shopping, Colégio Unesc e Unochapecó.


Confira abaixo os pontos de coleta de brinquedos na região Oeste:

CDL local e lojistas associados


Chapecó

CDL Chapecó

Paseo Avenida

Sesc

Shopping Pátio Chapecó

Supermercado Celeiro Centro

Supermercado Super Alfa

Supermercado Brasão

Unochapecó


São Lourenço do Oeste

Unochapecó


Xaxim

Unochapecó


Concórdia

Sesc


Xanxerê

Sesc


Comente aqui