02 out12:25

Neném está fora do jogo de sábado e três estão pendurados

Neném está suspenso para o jogo do sábado contra o Brasiliense/DF. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Duque de Caxias/RJ.

Também estão pendurados com o segundo amarelo: Wanderson, Fabiano e Souza.


Comente aqui
02 out12:08

Eliomar está fora do returno da Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Eliomar, o artilheiro da Chapecoense, com quatro gols, está fora do returno da Série C. O meia lesionou o ligamento do joelho direito na partida contra o Macaé no Rio de Janeiro e vai ficar três semanas sem jogar com a equipe.

– Ia chutar a bola para o gol quando recebi um carinho de um zagueiro do Macaé – disse o meia.

Mesmo com a dor ele ficou até o fim do jogo, pois já haviam sido realizadas as três alterações. A lesão foi no final da partida.

>> Acompanhe mais informações do Verdão no Blog da Chapecoense

De acordo com o fisioterapeuta da equipe, Guilherme Dias Carli, o atleta está bem e faz trabalho de fisioterapia duas vezes por dia.

Eliomar está confiante no tratamento e quer voltar para a partida com o Tupi/MG, em casa. A partida está marcada para o domingo, dia 28 de outubro.

Comente aqui
02 out10:23

Chapecoense é vice do grupo na Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nesta terça-feira todo o elenco da Chapecoense se reapresenta às 15 horas na Arena Condá. De acordo com a Assessoria do Clube, o treino será, provavelmente, no campo do Trevo. Quinze minutos antes do início dos trabalhos o técnico Gilmar Dal Pozzo concede entrevista coletiva na sala de imprensa na Arena Condá. Ele volta a falar com o jornalista somente na sexta-feira, dia 5.

Em 14 jogos , sendo seis vitórias, cinco empates e três derrotas, na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense esta na vice-liderança do Grupo B, com 23 pontos. Agora a equipe se prepara para a partida do sábado, contra o Brasiliense.

>> Acompanhe mais informações do Verdão no Blog da Chapecoense

Programação da semana 02 à 07/10

terça-feira (02/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quarta-feira (03/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quinta-feira (04/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


sexta-feira (05/10)

manhã: treino às 9h

tarde: descanso


sábado (06/10)

manhã: treino às 9h para os não relacionados

tarde: 16h – Chapecoense X Brasiliense/DF – na Arena Condá


domingo (07/10)

descanso o dia todo.


Comente aqui
02 out09:53

Chapecoense é destaque no Bolshoi

Estudando há mais de seis meses no Bolshoi do Brasil, em Joinville, a bailarina chapecoense Larissa Capitanio Dal Santo já realizou um dos seus objetivos, dançar no elenco do Ballet Dom Quixote. Ela faria o papel de cupido no espetáculo somente no ano que vem, mas já participou de duas apresentações.


Larissa com a professora Vanessa após a apresentação.


A primeira foi em Florianópolis e a segunda em Curitiba. Na capital paranaense, a mãe da bailarina Janete Capitanio e a ex-professora Vanessa Bastistello conferiram a apresentação.

- Eu e ela (Larissa) estávamos realizadas, é sinal de que ela está muito bem e feliz – disse Vanessa.

A bailarina, que estudava na Ballare Escola de Dança, passou nos testes de seleção do Bolshoi no final de 2011, entre mais de 350 candidatos.


Comente aqui
02 out08:53

Olhos vermelhos podem indicar hipertensão

Um dos muitos sintomas da pressão alta pode ser facilmente identificado estando cara a cara com o paciente: os olhos vermelhos.

Dados da Mayo Clinic revelam que em 90% dos casos trata-se de hipertensão primária, quando não há causa identificável. Já os 10% restantes estão relacionados a algum outro problema de base, como falência dos rins e tumores, ou ainda a medicações como a pílula anticoncepcional e os antigripais.

De acordo com o doutor Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, quando a vermelhidão nos olhos é persistente, vale a pena consultar um oftalmologista para descartar outros problemas relevantes.

“Principalmente se o sintoma for acompanhado de perda de visão, dor de cabeça intensa, sensibilidade exagerada à luz, dificuldade de manter os olhos abertos, ou ainda de uma secreção purulenta, é preciso fazer uma avaliação criteriosa para descartar conjuntivite, reações alérgicas ou infecções”, diz o médico.

Como os vasos sanguíneos dos olhos são relativamente mais finos, Neves diz que, em caso de hipertensão, eles respondem ao aumento de pressão sanguínea inicialmente inchando e, inclusive, rompendo – provocando hemorragia ocular.

“O sangue costuma se espalhar e ficar mais visível na parte branca e aquosa dos olhos. É preciso ressaltar que, inicialmente, não há razão para alarde. Os olhos podem estar vermelhos simplesmente devido a um período de noites mal dormidas. Caso o quadro persista e seja acompanhado de alguns dos sintomas descritos, daí sim é importante procurar um médico oftalmologista e controlar a pressão arterial – ciente de que o padrão da pressão normal é 12×8”.

HORA DE SANTA CATARINA



Comente aqui
02 out08:51

Chuva predomina na maior parte de SC

O tempo segue instável nesta terça-feira na maior parte de Santa Catarina. Nuvens carregadas, que se formaram pela madrugada no Uruguai e Argentina, avançam pelo Sul do Brasil. O céu fica mais fechado, com chuva e trovoadas, no Oeste, Meio-Oeste, Extremo-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul. Nas demais regiões, o dia terá variação de nebulosidade e pancadas isoladas de chuva, especialmente entre a tarde e noite. A faixa entre a Grande Florianópolis e o Sul do Estado tem aberturas de sol.

::: Leia mais no blog do Leandro Puchalski


Veja a previsão por regiões:

Grande Florianópolis: nebulosidade ao longo do dia, com períodos de abertura de sol. Chance de chuva é maior à noite. Máxima de 25°C.

Extremo-Oeste, Meio-Oeste e Oeste: instabilidade a qualquer momento do dia. Temperatura gira em torno de 24°C.

Planalto Sul: pancadas de chuva ao longo da tarde, vento de até 60 km/h e temperatura na casa dos 21°C.

Litoral Sul: deve registrar a maior temperatura do dia, com termômetros marcando 28°C. Chove entre a tarde e a noite.

Vale do Itajaí: chove entre a tarde e a noite. Máxima de 25°C na região.

Planalto Norte: instabilidade predomina à tarde e a máxima chega aos 23°C.

Litoral Norte: temperatura chega aos 26°C e chove entre a tarde e a noite.


A temperatura ficou amena na manhã desta terça-feira. Veja os dados registrados por volta das 7h:

Florianópolis: 15,1ºC

Criciúma: 16,8ºC

Blumenau: 15,6ºC

Joinville: 16,4ºC

Lages: 11,9ºC

Chapecó: 16,9C


No decorrer da semana

A quarta-feira segue com muitas nuvens, mas podem ocorrer aberturas de sol no Litoral e áreas próximas. Ao longo do dia chove em boa parte do Estado, principalmente no Oeste. Entre quinta e sexta-feira a tendência é que a chuva diminua em Santa Catarina.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
01 out15:10

Campanha esquenta na reta final em Chapecó

Darci Debona |darci.debona@diario.com.br

Depois de um início de campanha morno, a temperatura da campanha eleitoral esquentou nos últimos dias. E subiu o tom do debate entre os candidatos à prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori (PSD) e Pedro Uczai (PT).

Um exemplo foi o debate na manhã desta segunda-feira, na Rádio Chapecó. Caramori disse que seu oponente é muito bom na “teoria”, mas que na prática é diferente. E citou como exemplo a proposta de Uczai de captar água do Rio Uruguai, afirmando que era inviável pelo custo da energia.

– Essa é a diferença entre um teorista e um administrador – disse Caramori.

E afirmou que é preciso “ser macho” para enfrentar problemas como a segurança pública.

Uczai acusou Caramori de falta de planejamento no trânsito.

– As lombadas eletrônicas levaram milhões embora de Chapecó – afirmou.

Disse que a atual administração apenas ampliou escolas e não construiu nenhuma nova. E que alguns projetos que tinha elaborado quando era prefeito, foram abandonados.

Durante o debate ambos falaram que o outro estava nervoso. E era perceptível a tensão entre ambos. Uczai balançava as pernas e dobrava papel. Caramori passava a mão no rosto e olhava para trás olhando para seus assessores.

Na saída de um dos blocos houve uma situação mais tensa entre Caramori e Uczai que seguiram se provocando. Os jornalistas que esperavam para fazer suas perguntas no debate puderam ouvir parte da conversa.

– Vai responder na justiça – disse o candidato do PSD.

Na rua Floriano Peixoto, em frente à rádio, o clima era de torcidas organizadas, entre os simpatizantes das coligações “O Povo de Novo (PSD, PMDB, PSDC, PR, PMN, PSDB, PRB, PPS, PTB, PP, PSC, PRP, DEM, PSB, PT do B e PSL),” e “Aliança Pela Vida(PT, PTC, PTN, PRTB, PHS, PV, PPL , PC do B e PDT)”.

Dezesseis policiais militares separavam os dois grupos. O grupo de oposição gritava:

- Terneirada, vão bater cartão – direcionado aos cargos comissionados.

O grupo de situação respondia:

- O PT é freguês, olha o mensalão – lembrando das duas derrotas do PT nas últimas eleições e as denúncias de corrupção na esfera federal. Ao final do debate os dois candidatos saíram carregados.

A RBS TV realiza debate entre os dois candidatos na quinta-feira, às 23h45.


Comente aqui
01 out14:47

Gral comanda a vitória da Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em sua segunda partida pela Chapecoense Rodrigo Gral foi o comandante do time na vitória por 3 a 1 sobre o Duque de Caxias, no domingo, dia 30, no Índio Condá. Com o resultado o time do Oeste chegou à vice-liderança do Grupo B, com 23 pontos, ultrapassando o time carioca, que tem 22.

Com Rodrigo Gral em campo a Chapecoense parece ganhar uma força extra. Se no primeiro jogo contra o Caxias ele participou dos dois primeiros gols, ontem ele fez o primeiro gol num jogo oficial com a camisa verde e branca. Logo aos seis minutos, Neném recebeu na direita e cruzou para a área. Gral apareceu no meio dos zagueiros grandalhões e cabeceou forte para dentro do gol. Ele saiu batendo no peito e gritando para os torcedores atrás do gol da Ala Sul: -Eu sou chapecoense- em referência à terra onde nasceu, antes de fazer sucesso em clubes como Grêmio e Flamengo.

A torcida respondeu: – Uh,terror, o Rodrigo é matador.

Gral pegou uma bandeira com o símbolo do clube que tinha escondido na caneleira e comemorou com os companheiros. O atacante ainda passou pela frente das sociais e cadeiras, vibrando muito. Afinal, ele estava realizando o sonho de marcar um gol pelo time do coração, onde há mais de 20 anos estava do outro lado da cerca, na arquibancada, torcendo.

Foi por isso que Gral decidiu voltar para Chapecó, depois de uma temporada no futebol asiático do Barein. Mesmo sem a faixa de capitão, Gral virou o comandante do ataque. Ele orientava Jô como fazer a melhor jogada, tabelava com Athos e Neném. Voltava para marcar e dar combate. E movimentava-se para livrar-se dos zagueiros. Num cruzamento de Rafael Lima que Athos deixou passar, Gral quase marcou o segundo, mas a bola subiu uns 30 centímetros a mais do que o esperado.

Aos 42 minutos, na cobrança de escanteio de Athos, Gral atrapalhou o goleiro. André Paulino aproveitou e fez o segundo, de cabeça.

O Duque de Caxias ainda voltou melhor no segundo tempo e descontou, aos cinco minutos. Rodrigo Gral já estava sem a mesma condição física. Por isso, aos oito minutos do segundo tempo, ele foi substituído, como tinha ocorrido no jogo contra o Caxias. A partir daí a Chapecoense virou um time com menos brilho. Mesmo assim, seu substituto, Henrique, que fazia sua estreia, conseguiu fazer um gol, aos 33 minutos do segundo tempo.

Nos dois jogos em que Rodrigo Gral atuou, a Chapecoense fez sete gols. Um a menos dos que os gols marcados nas outras 12 partidas. Gral sabe fazer gols, orienta o time, e faz a Chapecoense ser mais perigosa no ataque. Como a defesa já era boa, a Chapecoense dá mostras que tem força para buscar uma vaga na Série B de 2013.


Como é fazer o primeiro gol pelo time da sua terra natal?

Gral: Bom demais, ainda não caiu a ficha.


E o símbolo da Chapecoense que você pegou na comemoração?

Gral: É uma bandeira da Chapecoense. Todo mundo sabe que sou chapecoense. Vou levar ela comigo até o acesso à Série B.


Em apenas dois jogos você este bem entrosado e o time tem rendido bem?

Gral: Pena que ainda não consegui completar um jogo, mas estou feliz. O gol é consequência do trabalho de todo o grupo, criamos bastante, a torcida está comparecendo e a cidade está vivendo esse clima de Série C.


Comente aqui
01 out14:25

Jogo-treino da Chapecoense contra o Ypiranga é cancelado

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O jogo-treino da Chapecoense contra o Ypiranga foi cancelado. A partida seria nesta tarde em Erechim. Os atletas que não jogaram contra o Duque de Caxias/RJ, vão realizar trabalhos na academia e campo da Arena Condá. Os atletas que participaram da partida do domingo têm folga nesta segunda.

A equipe se prepara para a partida do próximo sábado contra o Brasiliense/DF.

O Verdão está na vice-liderança do Grupo B, da Série C do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos.

A reapresentação de todo o elenco está marcada para as 15h da terça-feira na Arena Condá.


Comente aqui
01 out14:15

Apesar da falta de especialistas, SUS atende mais rápido que planos de saúde em SC

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Na rede pública de Chapecó há opiniões divergentes sobre o atendimento. Alguns pacientes dizem que são atendidos rapidamente. Outros reclamam da demora. O que dá para perceber é que normalmente o atendimento é satisfatório para os procedimentos mais simples. O que complica é quando o paciente depende de especialistas ou alguns exames.


Em Chapecó, Silvana disse que conseguiu consulta para diabetes em 20 dias.



A corretora de imóveis Silvana Finger, é uma das que elogia o atendimento da rede pública de Chapecó.

– Não tenho do que reclamar – explicou.

Tanto que ela não tem nem plano de saúde. Silvana disse que conseguiu consulta para diabetes em 20 dias. Na quinta-feira ela foi consultar na unidade de Saúde do Centro, marcou exames para o dia 4 de outubro e retorno da consulta para o início de novembro.

Ela afirmou que teve outro problema de saúde, que necessitou de cirurgia, e fez tudo em dois meses, na rede pública. Outra vez que torceu o tornozelo, as enfermeiras iam até sua casa fazer os curativos.

A cabeleireira Salete Ernetti disse que abandonou o plano de saúde que tinha pois preferia o pediatra do Hospital Regional do Oeste, que atende pelo Sistema Único de Saúde. Mas reclama da falta de médicos que façam visita em casa, pois sua mãe tem 80 anos e fica só na cama. No posto de saúde da Colônia Cella, comunidade onde mora, não tem nem cadeira de rodas.

>> Faltam médicos para atendimento de especialidades pelo SUS

A funcionária pública Marilene Moura levou quatro meses para conseguir uma consulta com nutricionista. E com neurologista levou um ano.

– É muito demorado – reclama.

Outra paciente que buscou dermatologista, conseguiu consulta só para dezembro.

A encarregada administrativa Edite Pereira, que mora no bairro Santa Maria, disse que consultou no posto de saúde com um clínico geral no dia 16 de julho. Como teve trombose na virilha, necessitava de consulta com um especialista, o que não conseguiu até esta semana.

Seu atestado médico está terminando e, como não tem condições de voltar a trabalhar, vai tentar novamente um clínico geral.

Edite disse que as consultas com clínico geral não demoram. Quem acorda cedo e enfrenta fila consegue até atender na hora. Mas são apenas quatro a cinco fichas por dia no posto, segundo ela. Quem não consegue no dia tem consulta marcada na semana seguinte.



Comente aqui