Fotos

10 nov16:18

Troca do gramado da Arena Condá já tem data

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Arena Condá teve duas alas, Norte e Sul, construídas nos últimos seis anos. Falta agora reformar as alas leste e norte. Para isso a Prefeitura deve buscar recursos dos governos estadual e federal para licitar primeiro a construção da ala Leste.

A troca do gramado já tem data e deve iniciar assim que a Chapecoense terminar sua participação na Série C. A empresa que vai realizar a troca do gramado, considerado um dos piores do país, já foi licitada. A Prumo Construtora e Incorporadora, de Chapecó, irá fazer o trabalho.

O campo terá que ser nivelado e a grama, do tipo Bermuda, a mesma de estádios como o Olímpico e Beira Rio, será colocada em rolos. O projeto de R$ 639 mil prevê sistema de drenagem e irrigação automática.

A previsão é de que a troca leve 90 dias. Por isso a Chapecoense terá que jogar o início do Catarinense em cidades vizinhas.

1 comentário
10 nov15:08

Mercoláctea terá leilão da raça Holandesa e de gado geral

A quarta edição da Mercoláctea – feira que reúne a cadeia produtiva do setor do leite, em Chapecó, reserva grandes inovações para o este fim de semana, como o I Leilão de Elite com gado leiteiro da raça holandesa e o leilão de gado geral. A Mercoláctea é promovida pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc).

- Esperamos no final de semana um grande público para a visitação da feira e participação nos leilões, também em função da época de plantio esses dias são mais propícios para produtores e agricultores – explica o coordenador geral da Mercoláctea 2012, Auro Pinto.

O leilão de elite é organizado pela empresa paulistana WVMais Leilões e ocorrerá neste sábado à tarde, no Parque de Exposições da Efapi, paralelamente à feira. O plantel disponibilizado pertence à Fazenda Rialex, de Chapecó, e é formado por 190 animais – 100 fêmeas em lactação, 50 novilhas e 40 bezerras. A Rialex produz há 52 anos, utilizando o método de inseminação artificial desde o período de fundação da cabanha. A produção média do plantel é de 30 litros por animal/dia, mas há animais com produção diária de mais de 50 litros de leite.

- O leilão representa um momento único no Estado, em que são colocados à disposição do produtor, sem qualquer reserva, animais com um patrimônio genético fantástico, possibilitando o incremento de todo o plantel catarinense – explica o proprietário do plantel, Ricardo Lunardi.

A raça holandesa é considerada a mais produtiva e de maior trabalho de melhoramento genético entre todas as raças bovinas do mundo.

- Para o produtor é uma grande oportunidade de adquirir animais com ótima genética e sanidade. O plantel leiloado é um dos melhores da região -avalia o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Chapecó e vice-presidente regional da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Américo do Nascimento.

As condições de pagamento do leilão serão diferenciadas. O comprador poderá parcelar o valor em 24 parcelas, sem juros, com frete gratuito para carga cheia à distância de até 500 km, ou para meia carga à distância de até 250 km. O valor dos animais será baseado na tabela comercial utilizada na região. O leilão será transmitido ao vivo no Novo Canal, freqüência 1100 Mhz.

O cadastro para participação no leilão poderá ser efetuado no site www.wvleiloes.com.br ou durante o evento.

Neste domingo, às 14 horas, haverá um leilão de gado geral com mais de 400 animais. Serão comercializadas raças de corte, reprodutores e vacas de descarte, selecionados dos melhores criadores da região. A empresa leiloeira é a ZT Leilões, de Chapecó. O gado bovino de corte a venda é composto por novilhos precoces, provenientes de cruzamento industrial.

O valor do quilo vivo do animal deve variar, entre fêmeas e machos, de R$ 3,30 até R$ 4. O frete será de responsabilidade do comprador e o pagamento poderá ser feito em até 30 dias após o leilão.


Comente aqui
10 nov15:04

Social: José Tessari é eleito Empresário do Ano 2012

Em razão do caráter sigiloso do processo eleitoral, pela primeira vez, nos 20 anos do Troféu Nelson Galina instituído pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), o empresário eleito não esteve presente na solenidade de entrega da honraria: O industrial José Antonio Tessari estava em viagem de negócios e não sabia que o nome estava na lista tríplice.

Tessari tem 66 anos de idade, é casado com Mara Dal Vesco. Pai de Calina, Verônica e Gisele Tessari. Ele é diretor da empresa Rotesma Artefatos de Cimento Ltda. Graduado em Administração de empresas. Pós-graduado em Marketing Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e diretor da Associação Comercial e Industrial de Chapecó e de outras entidades do setor.

A metodologia de escolha do Empresário Ano está dividida em duas etapas. Na primeira, a votação corre online, da qual se extraem os três empresários com maior votação. Essa fase foi cumprida no período de 24 de setembro e 30 de outubro. Na segunda fase, em solenidade pública, revelam-se os nomes da lista tríplice e realiza-se a votação final, esta, presencial.

A comissão organizadora esclareceu que a não revelação prévia dos nomes dos empresários com maior número de indicações – nem mesmo para os próprios indicados – embute o risco da ausência de algum deles.

Além de José Tessari, compuseram a lista tríplice os empresários Gilson Vivian (Inviolável) e Mário Lanznaster (Coopercentral Aurora Alimentos).

O presidente da Acic, Maurício Zolet, disse que o Troféu Nelson Galina ficará em poder dos presidentes do Conselho Deliberativo, do Conselho Consultivo e da Diretoria Executiva e será oportunamente entregue ao seu destinatário.

Por se tratar da vigésima edição da escolha do Empresário do Ano tiveram destaque os empresários que compõe a Galeria do Troféu Nelson Galina homenageados pela ACIC no período de 1993 a 2011.


Comente aqui
10 nov15:00

Female Futsal enfrenta Unesc neste sábado em Criciúma

Lugar na final do Catarinense Adulto de futsal feminino em disputa. Neste sábado, dia 10, a Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora joga a volta da semifinal contra a Unesc, em Criciúma. A partida será às 17 horas, no Ginásio da Unesc.

As chapecoenses se classificam com um empate. Na ida, realizada em Xaxim, a Female Futsal ganhou por 5 a 2 na última quarta-feira. Se a Unesc vencer, haverá prorrogação. Em caso de igualdade no tempo extra, a vaga será decidida nos pênaltis.

Quem passar pega o vencedor da série entre Kindermann/Caçador e Barateiro/Brusque. Na primeira partida em Brusque, vitória do Barateiro por 4 a 2 na quinta. A volta será em Caçador no domingo.


* com informações da Assessoria da Female Futsal.


Comente aqui
10 nov11:49

Gral fala da lesão e não sabe se volta

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

Depois de três dias de silêncio total o atacante Rodrigo Gral voltou a falar com a imprensa nesta sexta-feira, após a Chapecoense garantir a vaga para a Série B do Campeonato Brasileiro. Feliz pela classificação do clube para a Série B, ele pintou o cabelo de verde.  Falou também da lesão e cogitou até a possibilidade de não voltar a jogar. A seguir, um pouco da conversa que Gral teve com o Diário Catarinense no cabeleireiro.

DC: Como surgiu a ideia de pintar o cabelo?

Rodrigo Gral: Fiz uma promessa que se a Chapecoense subisse eu pintaria o cabelo. Mas não falei para ninguém. Nem para meu irmão. Hoje estou muito feliz por cumprir a promessa. Em 2010 eu subi da B para a A com o Bahia e cortei o cabelo. No ano passado, no Santa Cruz, subi da D para a C. Agora resolvi pintar. Só que os outros títulos foi algo profissional. Essa conquista, por ser do time da minha cidade, do clube onde eu ia no estádio com meu pai e sonhava em ser jogador da Chapecoense, tem um significado muito maior. É a realização de um sonho como torcedor da Chapecoense. Das conquista que eu tive o que eu levo é esse acesso. A emoção de ver o estádio cheio no jogo contra o Luverdense mexeu comigo. É um momento único que quero levar na minha vida?

DC: Como foi ficar fora dessa partida?

Gral: Essa semana foi muito intensa. A lesão me deixou abatido. Fiquei chateado em não poder estar junto. Era o jogo da classificação. É que nem roer o osso e chegar na hora da carne e não poder comer. Quando deixei o hotel falei pro pessoal: eu não vou junto mas vou estar em pensamento. Voltei para Chapecó e não quis falar com ninguém.

DC: Você viu o jogo?

Gral: No final da tarde fui para o Goio-En, onde não pegava celular. Por volta das 20 horas retornei e, quando cheguei perto da cidade, estava tudo parado. Aí terminou o jogo e comecei a receber mensagens no celular dando os parabéns.

DC: Qual é a previsão de tua volta?

Gral: É uma coisa que tenho que conversar com o médico, comissão técnica e minha família. Tive muitas lesões seguidas . Uma contra o Caxias, outra contra o Duque e essa agora. Estou duas semanas praticamente sem treinar e devo ficar pelo menos mais uma parado. Mas se voltar quero disputar o Catarinense e ser campeão.

DC: E a Série B?

Gral: Fico imaginando contra quem vai estrear. Pode ser contra o Avaí, Joinville, Figueirense.

DC: E o cabelo?

Gral: Quero ver a cara da minha mãe e a reação no vestiário. Vão me dar um monte de apelidos. Mas agora, se me deixarem nervoso eu fico verde.

1 comentário
10 nov11:17

Chapecoenses comemoram com carreata vaga na B

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A pé, bicicleta ou de carro, não importava o meio de transporte, afinal todos tinham o mesmo objetivo: comemorar a vaga da Chapecoense na Série B do Campeonato Brasileiro 2013. A carreata foi realizada na manhã deste sábado na Avenida Getúlio Vargas, no centro de Chapecó. A festa culminou na Arena Condá.

Os jogadores chegaram na cidade por volta das 8h e partiram em um caminhão do Corpo de Bombeiros pela principal Avenida da cidade. Ao som do hino do Verdão, fogos e músicas que homenageavam o time embalaram a festa.

Moradores, comerciantes, e torcedores prestaram sua homenagem para o time através de abanos, cumprimentos, camisetas e bandeiras verdes e brancas.

A dona de casa, Maria de Lourdes, 62 anos, deixou o almoço pronto e o serviço da casa para acompanhar a festa do Verdão.

- Moro a duas quadras do estádio e não poderia perder esse momento – disse a dona de casa.

Outro torcedor que marcou presença na Arena Condá foi Vicente Chiarello. O funcionário público e mais 25 torcedores da Torcida Guerreiros do Verdão enfrentaram mais de 5 mil quilômetros de estrada para assistir a partida em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso.

- Foi uma luta. Agora vamos em busca de mais e do título da C – disse confiante.

Dever cumprido. Essa é a sensação do técnico Gilmar Dal Pozzo. Para ele a equipe merece essa conquista já que almeja isso desde o começo do ano.

- Após perder no catarinense, garantimos a vaga na B e agora vamos em busca do título da C – disse. Para isso a equipe precisa jogar forte e segura dentro de casa para ir bem no jogo de volta.

O Presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro, não escondia a felicidade pela conquista.

- Esse é um momento histórico e de muita emoção. E ver a alegria desse povo, não há preço que pague – disse emocionado Pallaoro. O atual presidente concorre a reeleição na presidência do time. A eleição será no dia 28 de novembro.


1 comentário
09 nov15:16

Feira mostra crescimento do setor leiteiro

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A produção de leite em Santa Catarina cresceu 13% ao ano nos últimos cinco anos, segundo dados do IBGE. Isso é mais que o dobro da média nacional, que é de 5,5 % ao ano. Tal desempenho fez surgir a Mercoláctea, feira voltada a toda a cadeia de lácteos, que está em sua quarta edição. A feira abriu na quinta-feira, dia 8, e encerra no sábado, dia 10, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó.

Nancy Leonhardt disse que a família tinha aviários de peru que só davam prejuízo.

O clima favorável e a possibilidade de uma renda mensal para os produtores estimularam a atividade na região. Isso atraiu indústrias e fomentou ainda mais a expansão. Paralelamente houve investimento na melhora genética dos rebanhos, que antes tinham vacas que produziam pouco mais de 10 litros por dia, e agora se aproximam de 30 litros por dia.

Um exemplo de melhoramento genético é a cabanha Clenan, de Chapecó. Nancy Leonhardt disse que a família tinha aviários de peru que só davam prejuízo. Em 2004 ela e a mãe, Clédia Nieland, resolveram apostar no gado de leite. Nancy ficou 1,5 ano no estado de Iowa, nos Estados Unidos, aprendendo sobre seleção genética. Depois ficou mais 1,5 ano em Quebec, no Canadá.

Com o que a experiência que trouxe do exterior, ela começou a melhorar o manejo e a fazer o melhoramento genético do plantel, através da inseminação. O plantel que produzia 18 a 20 litros por cabeça já está em 23 a 25 litros/dia e, no plantel de elite, já chegam a 35 litros por dia.

A evolução dos animais foi tanta que, em 2010, a cabanha ganhou os prêmios de melhor criador, melhor expositor e melhor vaca da raça holandesa no estado. No ano passado, novo troféu, de melhor vaca. E, neste ano, está concorrendo novamente.

A cabanha tem 150 vacas em lactação e produz quatro mil litros de leite por dia. A meta é chegar em sete mil litros/dia.

Cerca de 80 mil famílias trabalham com a produção leiteira no Estado, segundo o presidente da Cidasc, Enori Barbieri. E em muitas delas é a principal renda. É o caso da família Girardi, em Chapecó. Eles tem 20 vacas em lactação, o que garante uma produção de 12 mil litros por mês e uma renda familiar de R$ 9,6 mil. Graças a ela Eduardo Girardi está conseguindo fazer uma faculdade de Medicina Veterinária, na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), em Xanxerê.


Produção de leite (bilhões de litros)

Santa Catarina

2007: 1,86

2008: 2,12

2009: 2,21

2010: 2,38

2011: 2,53


Brasil

2007: 26,1

2008: 27,5

2009: 29

2010: 30,7

2011: 32



Maiores Produtores (bilhões de litros)

MG: 8,76

RS: 3,88

PR: 3,62

GO: 3,48

SC: 2,53

Fonte: IBGE

OBS: O Oeste é responsável por 70% da produção de leite de SC


Dados da Mercoláctea

Período: 8 a 10 de novembro

Local: Parque de Exposições Tancredo Neves, no bairro Efapi, em Chapecó

Abertura dos portões: das 9 horas às 20 horas

Espositores: 120

Previsão de faturamento: R$ 85 milhões

Previsão de visitantes: 15 mil

Promoção: Associação Comercial e Industrial de Chapecó, Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina.

Ingresso: gratuito e pode ser ffeito no site da Mercoláctea.

Outras informações pelo email info@mercolactea.com.br ou pelo telefone 49-3322-2292.



Comente aqui
09 nov13:24

Darlan Romani de Concórdia bate recorde no arremesso de peso nos 52º Jogos Abertos de SC

No segundo dia do atletismo dos Jogos Abertos de Santa Catarina, na quinta-feira, dia 8, dois dos maiores nomes da competição não decepcionaram as centenas de pessoas que foram assistir as competições na Pista Olímpica de Caçador. O primeiro a se destacar foi Darlan Romani, de Concórdia, no arremesso de peso. Depois, a velocista olímpica Tamiris de Liz, de Joinville, entrou na pista e venceu a prova dos 200 metros livres. O atletismo dos Jasc termina nesta sexta-feira com as disputas de 16 medalhas de ouro.

Quando começaram as disputas do arremesso de peso nesta quinta-feira, Darlan, de Concórdia, era o superfavorito, pois, aos 21 anos, levava na bagagem a marca de ter conquistado este ano o Troféu Brasil, ser campeão brasileiro e sul-americano sub-23. Terminada a prova, o óbvio: medalha de ouro no peito e, de quebra, o recorde dos Jasc: 19m33cm. A marca anterior, de 18m46, era dele mesmo.

- Gostei do resultado – disse o campeão, cuja a melhor marca foi 20m48cm alcançada no Campeonato Brasileiro, em setembro, em Maringá (PR).

- Estou agora na fase de treinamento visando a temporada do ano que vem. Tenho o objetivo de bater o recorde sul-americano que é de 21m14cm – disse Darlan.

Já Tamiris de Liz entrou na pista com a bagagem de participar do time do Brasil nas Olimpíadas de Londres e ter sido a terceira melhor atleta dos 100 metros no Mundial de atletismo em Barcelona. Ao correr, venceu a prova mas não conseguiu superar sua própria marca, de 23s96. Nesta sexta-feira de manhã, a joinvilense corre os 100m rasos, cujo recorde também é de Tamiris.

Nos 200 metros masculino, Haiko Bruno Zimmermann, de Blumenau, ganhou sua segunda medalha de ouro com o tempo de 21s30. No dia anterior ele havia vencido os 100 metros. No total o segundo e penúltimo dia do atletismo distribuiu 12 medalhas de ouro.

Os 52º Jogos Abertos de Santa Catarina envolvem cerca de 4,5 mil atletas de 83 municpipios, e são uma promoção do Governo do Estado, com realização da Fesporte e apoio das secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e da prefeitura de Caçador.

* com informações da Fesporte.


Comente aqui
09 nov11:43

Operação Skyfall no cinema de Chapecó

O novo filme do agente secreto James Bond. 007 – Operação Skyfall está em cartaz no cinema Arcoplex do Shopping Pátio Chapecó.

No ano em que o agente mais famoso das telonas completa 50 anos da série, não poderia faltar um longa-metragem para carimbar o feito. A crítica britânica, em sessões fechadas, elogiou o filme qualificado como um dos melhores lançamentos da saga cinematográfica do agente 007. O ator Daniel Craig segue interpretando o Bond – ele fez o personagem em 007 – Quantum of Solace (2008) e 007 – Cassino Royale (2006). O vilão da vez é o ator espanhol Javier Bardem (de Comer, Rezar e Amar e Onde os Fracos Não Têm Vez). A direção é de Sam Mendes, que também assinou o clássico Beleza Americana (200) e O Caçador de Pipas (2007).

>> Confira a Programação completa do CINEMA

Em 007 – Operação Skyfall, a lealdade de Bond a agente M (Judi Dench) é testada quando o passado dela volta a atormentá-la. Com a MI6 (agência de espionagem britânica) sendo atacada e tendo informações confidenciais reveladas, como a de agentes infiltrados em células terroristas, a vida de todos está em perigo. Por trás disso, o cyber-terrorista Raul Silva é quem comanda o lado o lado “bandido” do filme.


50 anos da famosa série de espionagem

Em 5 de outubro de 1962, estreava em Londres 007 Contra o Satânico Dr. No, no qual o primeiro agente com licença para matar, o ator Sean Connery, jogando bacará, acendia um cigarro e se apresentava com a mítica frase “Bond, James Bond”. O agente mais leal da realeza britânica foi interpretado por seis atores nos 23 filmes da série. Mas nunca perdeu a paixão pelos carros esportivos, os artefatos tecnológicos mais impressionantes e o Martini, “agitado, mas não mexido”. Ah, e claro, a paixão pelas mulheres sempre foi muito presente na série, que já contou com mais de 50 Bond Girls.


‘007 – Operação Skyfall‘ (Skyfall)

- Direção: Sam Mendes

- Com: Daniel Craig e Javier Bardem

- Produção: Reino Unido, 2012, 143min., ação, dublado e legendado

- Classificação: 14 anos


Comente aqui
09 nov10:13

Rodrigo Gral pinta cabelo de verde para cumprir promessa

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O atacante Rodrigo Gral pintou o cabelo de verde na manhã desta sexta-feira para cumprir uma promessa. – Quando cheguei na Chapecoense fiz essa promessa de pintar o cabelo caso a Chapecoense subisse para a Série B – afirmou.

Ele disse que quase nem dormiu.

– Os outros títulos foram mais profissionais, neste consegui realizar um sonho – declarou.

A aplicação do tonalizante verde levou uma hora e meia.

– Quero ver a reação quanto entrar no vestiário – declarou.

Gral lembrou que este é terceiro acesso seguido. Em 2010 ele subiu o Bahia da Série B para a Série A. Em 2011 subiu o Santa Cruz da D para a C.

O atacante só lamentou não poder ter jogado em Lucas do Rio Verde, em virtude de uma lesão na coxa esquerda. Ele vai avaliar com os médicos e a comissão técnica se conseguirá voltar a jogar na Série C.

A Chapecoense pega o vencedor do confronto entre Fortaleza e Oeste, nas semifinais.


Comente aqui