Fotos

23 dez17:19

Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora já tem novo técnico

A equipe de futsal feminino da Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora tem novo técnico: é Márcio Coelho, que levou o Sub 20 masculino da Chapecoense Futsal ao vice-campeonato estadual. A negociação foi concluída neste sábado (22), juntamente com o presidente da Female Futsal, Orivaldo Chiamolera, e o ex-técnico Éder Popiolski, agora coordenador.


As conversas já aconteciam desde o começo do mês. Segundo Chiamolera, a escolha de Coelho se deu por ele possuir “o perfil que desejamos para dar continuidade ao nosso projeto”. Éder elogiou o novo treinador, que foi uma revelação no cenário do futsal em Santa Catarina: “O Coelho fez um excelente trabalho com o Sub 20 do Verdão, e acompanhei com atenção o seu desempenho durante o ano todo”.


Popiolski deixou o comando da equipe para coordenar a categoria de base da Chapecoense no futebol, sendo que desempenhou anteriormente outras funções no clube. Já Coelho terá pela frente o desafio de guiar as multicampeãs nas mais importantes competições adultas da modalidade. O retorno do plantel aos trabalhos será na primeira semana de fevereiro.


* Conheçam mais deste gaúcho radicado em Chapecó


Gaúcho, Márcio Bica Coelho tem 36 anos. Está radicado na cidade desde 2009, quando veio para defender a Chapecoense como jogador. Por sinal, ele ainda atua dentro de quadra, na posição de ala. “Neste ano, me dividi entre a função de atleta e técnico do Sub 20. Para 2013, ainda atuarei, mas apenas na Copa Santa Catarina, entre os meses de abril e maio. Então, encerro a carreira e fico 100% com a equipe feminina”, afirmou.


Na sua carreira, passou pelas equipes do Anjo Química/Criciúma, Concórdia, Atlântico/Erechim, AABB/Chapecó, Soledade e Pinhalense. Seus principais títulos são a Copa Max Internacional (2001) e a Liga Sul (2008) nas suas duas passagens por Concórdia, o Catarinense da Primeira Divisão pela Pinhalense (2008) e a Copa Santa Catarina pela Chapecoense (2012).


A oportunidade para ser treinador surgiu neste ano. “A carreira de atleta é curta, embora a minha se estendeu por um bom tempo. Fui várias vezes capitão e eu era metido a treinador dentro de quadra. Surgiu a chance, a convite da diretoria da Chapecoense Futsal, e eu aceitei. Gostei e foi ótimo porque os meninos ajudaram muito, tornando a transição de atleta para treinador bem tranquila”, declarou.


E o resultado foi excelente, ainda mais em se tratando do primeiro ano como técnico. Com uma equipe modesta, chegou à final do Catarinense Sub 20, deixando para trás até mesmo o Krona/Joinville, atual campeão brasileiro da categoria, e duelando com o forte CSM/Pré-Fabricar de Jaraguá na decisão – nada menos que o sucesssor da histórica e vencedora Malwee. Além disso, foi campeão da Copa RIC Record: mesmo sendo para categoria adulta, foram os juvenis do Verdão que venceram.


Sobre sua expectativa de comandar a equipe feminina multicampeã, disse ser a melhor possível. “É um desafio, e desafios são para ser encarados. Desde os primeiros contatos feitos pelo Éder, senti que tinha competência e fiquei muito honrado com o convite. Encontrarei um grupo excelente, melhor impossível. Tenho certeza que vou corresponder”, concluiu.


* Plantel 2013


O plantel de 2013 está sendo montado. As permanências estão sendo conversadas. As atuais dúvidas são Vanessa, Brenda e Amanda. Por enquanto, não há nenhuma contratação. Atletas da base serão promovidas, em função do bom desempenho na temporada que passou.


* Chiamolera reeleito


Aproveitando o acerto com novo treinador, a Associação Female Futsal anunciou a reeleição de seu presidente. Orivaldo Chiamolera permanecerá por mais dois anos à frente do clube. A reeleição foi no último dia 09 de dezembro.


De ótimas relações com o comércio e indústria local, a gestão do empresário foi marcada por excelentes resultados esportivos e finanças em equilíbrio. Para o próximo biênio, Chiamolera quer não apenas a continuidade do que está dando certo, fazendo questão de ampliar as atividades desenvolvidas pela associação, mantenedora da vencedora equipe Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora.


* Ficha do novo treinador


Márcio Bica Coelho

Nascimento: 14/03/1976 (Pelotas-RS)


Carreira como técnico

Clube: Chapecoense Futsal (2012)

Títulos: vice-campeão Catarinense Sub 20 e campeão da Copa RIC Record


Carreira como atleta

Posição: ala

Clubes: Anjo Química/Criciúma (SC), Concórdia (SC), Atlântico/Erechim (SC), AABB/Chapecó (SC), Soledade (RS), Pinhalense (SC) e Chapecoense Futsal (SC)

Principais títulos: Copa Max Internacional (Concórdia – 2001), Liga Sul (Concórdia – 2008), Catarinense da Primeira Divisão (Pinhalense – 2008) e Copa Santa Catarina (Chapecoense – 2012)

Comente aqui
23 dez17:12

Dirigentes da Unoesc fazem balanço do ano e preveem crescimento para 2013

            Aprovação de dois mestrados, crescimento na oferta de cursos de graduação e pós-graduação, aproximação com a comunidade, parcerias institucionais consolidadas, entre outras conquistas marcaram o ano de 2012 da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc). Nesta semana, o reitor Aristídes Cimadon, os vice-reitores, pró-reitores acadêmicos, diretores, coordenadores e gerentes estiveram reunidos em Chapecó para apresentar o balanço institucional e apontar expectativas para 2013.

            De acordo com os dirigentes, um fator, especialmente, positivo foi a aprovação pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Mestrado Profissional de Administração e do Mestrado Acadêmico em Direito que iniciam as atividades logo no início de 2013. “Teremos uma inserção, na graduação, dos professores doutores dos mestrados em Administração e Direito, que certamente será um diferencial qualitativo no ensino e, principalmente, na pesquisa que deverá dar um salto em quantidade”, observa o reitor Aristides Cimadon.

            O Mestrado Profissional, além de formação de pesquisadores e professores para o ensino superior, este curso tem a proposta de promover a interface com o mercado profissional, através de pesquisas e trabalhos técnicos que exploram a realidade de organizações públicas e privadas. Enquanto o Mestrado Acadêmico em Direito focará nos direitos fundamentais civis e sociais.         

            O diretor geral da Unoesc Chapecó, professor Ricardo Antonio de Marco, citou as parcerias institucionais e a prestação de serviços, por parte da Unoesc a entidades, que iniciaram em 2012 e devem ser ampliadas no próximo ano, como a exemplo da parceria com a Fiesc no pleito pelo desenvolvimento regional e com a CDL Chapecó, no planejamento estratégico da entidade.

Comente aqui
23 dez17:09

Estiagem e insumos elevam o preço do leite

A estiagem e o aumento dos custos de produção estão pressionando para cima os preços do leite praticados pelas indústrias na remuneração dos produtores rurais. Os valores de referência dessa matéria-prima calculados pelo Conselho Paritário Produtor/Indústria de Leite do Estado de Santa Catarina (Conseleite) para novembro aumentaram 1,7% e, para dezembro, estão projetados com mais 2,2% de reajuste.

O presidente do Conseleite e vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc), Nelton Rogério de Souza, explica que o preço do litro de leite subiu em novembro na comparação com outubro, influenciado pela baixa oferta do produto motivada pela redução do volume de chuvas nas principais regiões produtoras.

Também provocou a alta dos preços do leite o aumento dos custos de produção em razão da elevação das cotações do milho e do farelo de soja, componentes da ração animal. Essa elevação no preço estimulou a exportação, que somou 16 milhões de toneladas no acumulado do ano e reduziu os estoques no mercado interno. No caso da soja, a maioria dos preços recuou entre outubro e novembro, movimento influenciado pela perspectiva de entrada da nova safra brasileira, que deve ser recorde. No entanto, os preços praticados em novembro ficaram acima da cotação praticada em igual período de 2011.

Os valores projetados pelo Conseleite para dezembro são de R$ 0,7231 para o leite padrão, embutindo 2,2% de majoração; R$ 0,8316 para acima do padrão e R$ 0,6574 para o leite abaixo do padrão de qualidade estabelecido.  No mercado real, os criadores estão recebendo valores maiores que, em razão da qualidade, da quantidade e de outras condições.

Nelton destacou que as famílias brasileiras estão ampliando o consumo de produtos lácteos de maior valor agregado e de melhor qualidade à medida que aumentam sua renda. Este cenário é observado principalmente nas classes C, D e E, que também estão dispostas a pagar mais caro por estes itens, mesmo que isso resulte na elevação dos gastos. Essa tendência é confirmada pelo boletim Ativos da Pecuária de Leite, elaborado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP).

Na classe C, o levantamento aponta que o aumento de 1% da renda gera incremento de 0,4% no consumo e uma elevação de 1,14% nas despesas com estes produtos. Nas classes D e E, o mesmo ganho de 1% na renda amplia o consumo em 0,6% e os gastos em 1%.

IMPORTÂNCIA

O leite é uma riqueza econômica e nutricional em Santa Catarina. Quinto  produtor nacional, o Estado gera 2,2 bilhões de litros/ano. Praticamente todos os 190.000 estabelecimentos agropecuários produzem leite, o que gera renda mensal às famílias rurais e contribui para o controle do êxodo rural. O oeste catarinense responde por 60% da produção com cerca de 50.000 estabelecimentos rurais.

Comente aqui
21 dez11:41

Dar um cão de presente no Natal não é brinquedo

Não são poucas as crianças que pedem aos pais um cãozinho de presente no Natal, data que se aproxima. Mas a dúvida se constitui em saber até onde o cão é o presente ideal. O animal de estimação exige do proprietário, muito mais que carinho e atenção.

 A médica veterinária Lúcia Helena Franco questiona se o cão presenteado teria a conotação desejada em virtude dos cuidados que o animal requer. A decisão de se ter ou não um cachorro “deve ser muito bem pensada e analisada pelos pais” recomenda a coordenadora da Escola de Adestramento Agility, Hospedagem e Day Care para Cães Dog Show.

 Lúcia Helena observa que os pais da criança presenteada efetivamente serão os responsáveis pelo futuro do cão. “É preciso ter em mente que um cão dura em média 12 anos” e, portanto, “a criança deixará de ser criança”. Neste tempo muito pode mudar e o “dono” do presente “talvez nem esteja mais residindo com os pais quando o cão for idoso”.

 A veterinária lembra que junto com o cão as pessoas estão adquirindo “o grande compromisso de cuidar da sua saúde física e mental”. Diante disso, a família deve dispor de tempo para se dedicar ao animal e ter uma previsão financeira para atender as necessidades de alimentação, vacinas, medicamentos, consultas veterinárias, entre outras.

 Perda de encanto – “Um cão não pode ser comparado a um brinquedo comprado para agradar as crianças”, enfatiza a especialista. Explica que num primeiro momento quem ganha o animalziinho “fica muito feliz e entusiasmado”, mas que após alguns meses “se cansam de brincar e deixam o cãozinho de lado”. Para evitar problemas com o “desencanto da criança” os pais devem querer o cão “muito mais do que ela”. Tem, ainda, a obrigação de mostrar que um cão “é um ser vivo e um novo membro da família”. Os pais precisam ensinar também que esse convívio “trará muita alegria, muito aprendizado e muitos momentos felizes para todos”.

 A coordenadora da escola acrescenta que a convivência entre cães e crianças “é algo maravilhoso” com benefícios à ambos. As crianças aprendem a ser mais afetuosas, sensíveis e ter responsabilidade perante o outro. Com isso estará colaborando para a formação de um bom cidadão.

Comente aqui
21 dez11:37

CDL contribui com a campanha Natal Solidário

Alimentos e brinquedos estão sendo arrecadados no município pela campanha Natal Solidário, promovida pelo Grupo de Escoteiros Áquila; a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas); e o Núcleo de Jovens Empreendedores da ACIAX (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Xaxim). O objetivo da ação é alegrar o final de ano e contribuir com famílias carentes do município.

No último sábado (15), aconteceu na Praça Frei Bruno, no centro da cidade, um mutirão para arrecadação dos donativos. Voluntários trabalharam durante toda a tarde recebendo os alimentos e brinquedos. Foram arrecadados em torno de 200 kg e 400 brinquedos.

Todos os donativos serão distribuídos para famílias carentes do município, segundo listagem e cadastro da Secretaria de Assistência Social. A distribuição acontecerá na véspera do Natal -próximo dia 24 de dezembro

Interessados ainda podem participar da campanha Natal Solidário. Donativos podem ser entregues no escritório da CDL de Xaxim. Informações e agendamento para recolhimento dos donativos podem ser feitos pelo telefone 49-3353-2395

Comente aqui
21 dez11:32

Delegados do Creci-SC participam de encontro na Capital

Nos dias 14 e 15 de dezembro, os delegados do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Santa Catarina (Creci-SC), estiveram reunidos no Hotel São Sebastião, em Florianópolis, para análise dos trabalhos de 2012, discussão das ações previstas para o próximo ano e confraternização. Houve a presença do delegado do Creci-SC de Maravilha, Vitaliano Tonkiel, que também é membro do Núcleo dos Corretores de Imóveis, ligado à CDL/Associação Empresarial de Maravilha.

 

Coube ao presidente do Creci-SC, Carlos Josué Beims, fazer uma retrospectiva das atividades deste ano e apontar as principais metas de 2013. A programação contemplou ainda uma palestra com o vice-presidente do Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste) e vice-presidente de Loteamentos da Federação dos Secovis (Fesecovi), Ademir Roque Sander. Sua explanação abordou o tema “Loteamentos e condomínios, legislação de empreendimentos imobiliários em Santa Catarina e parcelamento do solo conforme as leis federais, estaduais e municipais”, oportunizando o esclarecimento de dúvidas e análise de novas portarias e resoluções do Estado

Comente aqui
21 dez10:32

Festividades de Natal marcam a quinta-feira no HRO

  Em comemoração ao Natal, aconteceram na quinta-feira (20) no HRO – Hospital Regional do Oeste, duas festividades de Natal e comemorações de encerramento de ano. De manhã as crianças que estão em tratamento e acompanhamento na quimioterapia e também seus familiares participaram da festa que teve apresentações artísticas, entrega de presentes e a presença do Papai Noel.

Durante a tarde as comemorações foram do Grupo de Apoio a Pacientes Laringectomizados (pacientes que retiraram totalmente a laringe) e também dos Glossectomizados (pacientes que retiram totalmente a língua).

A festa de natal das crianças da quimioterapia é uma atividade que acontece todos os anos e tem como objetivo proporcionar momentos diferentes e de lazer para as crianças que estão em tratamento e acompanhamento no hospital. Já o objetivo da festa do Grupo de Apoio a Pacientes Laringectomizados e Glossectomizados foi comemorar o primeiro ano de atividades do grupo e comemorar os resultados positivos que os pacientes estão alcançando e que deve continuar e ser ampliado para o próximo ano, pois através dele os pacientes trocam informações, fazem amizades e ajudam uns aos outros.

Comente aqui
20 dez16:21

Colônia de Férias inicia dia 2 de janeiro

  Inicia no próximo dia dois de janeiro a Colônia de Férias 2013. Nesta edição o projeto atenderá 270 crianças, já inscritas, em seis polos estrategicamente definidos para atender as necessidades da comunidade. As atividades serão realizadas no CEIM Criança Feliz, CEIM Cristo Rei, CEIM Maria da Luz Borges, CEIM Nova Era, CEIM Pe-te-ca e Escola Parque Cidadã Leonel de Moura Brizola.

A colônia de férias, que prossegue até o dia 31, alia conhecimento e diversão oferecendo para as crianças do berçário, maternal e pré-escolar, atividades lúdicas e educativas coordenada por profissionais habilitados em Educação Infantil. A Secretaria Municipal de Educação disponibiliza uma estrutura de 82 funcionários, entre professores, agentes educativos, coordenadores, técnicos, serventes e merendeiras. O projeto conta ainda com uma equipe que acompanha o planejamento pedagógico realizado em cada polo.

Desenvolvido pela Prefeitura de Chapecó, o projeto atende à solicitação da comunidade escolar, por entender que as políticas de atenção às crianças em situação de risco social ou pessoal se fazem necessárias. Segundo a Secretária Municipal de Educação Sueli Suttili, “entende-se por situação de risco, crianças que por suas circunstâncias de vida estão expostas a algum tipo de violência, seja uso de drogas, privações de ordem afetiva, cultural e sócio-econômica, que interferem o seu pleno desenvolvimento”.

Diariamente estas crianças participarão de exercícios recreativos, esportivos e culturais. “Além de tranquilizar os pais que necessitam dos serviços, cumprir papel social que se espera da escola, a atividade oportuniza mais aprendizado e educação de qualidade as nossas crianças”, disse a secretária.

Comente aqui
20 dez16:10

Estudantes de Administração participam de capacitação na Serra Gaúcha

          O curso de Administração da Unochapecó viabilizou para acadêmicos a participação no programa de Desenvolvimento de Atividade Comportamental (DAC). Essa capacitação é baseada em atividades de experiência ao ar livre, onde os estudantes recebem desafios que precisam ser solucionados dentro de um limite de tempo. Participaram do programa, que foi realizado em Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, 90 acadêmicos do segundo e quartos períodos de Administração.

          Os desafios da capacitação são pensados para o grupo de estudantes se organizar, escolher lideranças, realizar planejamento e executá-lo. Ao final de cada atividade os alunos analisam o resultado, como foi alcançado, se poderia ter acontecido de forma diferente e o que aprenderam com a ação.

          De acordo com o professor do curso de Administração da Unochapecó e responsável pela capacitação, James Antonio Antonini, os aprendizados acumulados nas atividades preparam os acadêmicos para a tomada de decisões. “O DAC desperta neles características de liderança e o espírito do trabalho em equipe, além de mostrar como essas questões são importantes na rotina profissional e pessoal do administrador”, destaca. James observa, ainda, que os estudantes voltam diferentes, mais maduros, corajosos para enfrentar os desafios que a vida profissional reserva, decididos a arriscar e com mais técnicas para definir processos e tomar decisões.

          Para o acadêmico William Franzosi, do segundo período de Administração na extensão de São Lourenço do Oeste, a capacitação lhe ensinou como planejar e organizar um projeto. “O que mais me chamou a atenção foi a dedicação de cada aluno e o comprometimento do grupo que estava muito organizado”, complementa. O estudante conta, ainda, que leva de lição para sua vida profissional três passos que desenvolveu no DAC: “Saber o que fazer, quando fazer e fazer certo”.

          O estudante Andrei Medeiros, também do segundo período, conta que a experiência lhe ensinou formas de lideranças, de motivação e relacionamento interpessoal. “A participação no DAC me proporcionou uma nova maneira de me relacionar com as pessoas; isso, com certeza, irá ser muito útil em todas as áreas em minha vida. Além disso, desenvolvi uma forma de liderança e de como motivar meus colegas e demais pessoas com quem me relaciono”, completa.

Sobre o DAC

          A capacitação é oferecida normalmente a empresários ou funcionários de grandes empresas. A Unochapecó é a única universidade do país que disponibiliza aos estudantes a oportunidade de participar do programa de Desenvolvimento de Atividade Comportamental de forma regular. A atividade está prevista no Projeto Pedagógico do Curso de Administração desde 2003 e aproximadamente 70% das despesas são custeadas pela instituição.

          Esta metodologia foi apresentada ao curso de Administração da Unochapecó em 1996 como Treinamento Experiencial ao Ar Livre (Teal). Um teste piloto da atividade foi desenvolvido com um grupo de estudantes e obteve resultados positivos. Desde então, todo o ano dezenas de acadêmicos passam pelo treinamento.

Comente aqui
20 dez16:03

Éder Popiolski não é mais o técnico da Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora

De saída, mas sem sair. A partir desta quarta-feira (19), Éder Popiolski não é mais o técnico da Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora. O treinador multicampeão deixa a equipe de futsal feminino para assumir a coordenação das categorias de base da Chapecoense, clube de futebol da cidade que está na Série B do Brasileirão. 

A decisão estava tomando forma há cerca de um mês. Éder já tem ligações com a Chapecoense, sendo o atual coordenador da escolinha de futebol do clube, no projeto denominado Futuros Campeões. Agora, frente ao bom andamento deste projeto, o presidente Sandro Pallaoro convidou-o para assumir a formação de atletas profissionais de campo.

 Entretanto, o treinador não se afastará totalmente da Female Futsal, ficando como coordenador assim como na base do Verdão do Oeste. Ainda não há novo técnico. Nomes estão sendo avaliados, bem como propostas. Havendo uma definição, o clube anunciará o novo comandante. 

 * Histórico mais que vencedor

 Éder Popiolski está à frente da equipe de futsal feminino desde 1999, somando 14 temporadas de trabalho. Quando começou, o clube ainda se chamava Popiolski FC, sendo fundado por sua família. Embora a modalidade já era praticada, prevalecia o caráter amador. Foi a partir de seu comando que começou uma estruturação caminhando para o profissionalismo.

 O seu trabalho ímpar no aspecto tático e o bom planejamento organizacional resultaram em conquistas. Veio o tetracampeonato do Circuito Catarinense, o tri do Campeonato Catarinense oficial e a conquista da primeira edição do futsal feminino nos Jogos Abertos de Santa Catarina em 2003. Depois, houve um intervalo de títulos adultos, preenchido com ouros na base.

 Em 2008, dois anos após o clube adquirir a nomeclatura atual, as conquistas voltaram, e Chapecó passou a dominar o cenário nacional e mundial da modalidade. Veio o penta da Liga Futsal, o tetra da Taça Brasil Adulta, o tri da Copa das Nações (Mundial Interclubes) e o título do primeiro Sul-Americano de Clubes. Isso tudo sem esquecer o cenário estadual, aumentando a conta para seis Catarinenses e seis Jogos Abertos de Santa Catarina.

 Como reconhecimento, Éder chegou ao comando de seleções nacionais e estaduais. Foi duas vezes técnico da Seleção Brasileira Universitária, vencendo em ambas o mundial da categoria. E também comandou a Seleção Catarinense Sub 20 em duas oportunidades, sendo uma em conjunto com Edvaldo Erlacher, sagrando-se bicampeão do Brasileiro de Seleções.

 São números expressivos que certifica o nível de seu trabalho. Para Éder, as conquistas são resultado de uma boa preparação, na qual a qualidade deve sempre ser priorizada. Ele segue na Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora na função de coordenador, mas o seu nome já está gravado na história como um grande vencedor.

 * Principais conquistas

 Pelo clube:

Tetracampeão do Circuito Catarinense (1999 a 2002)

Hexacampeão catarinense (2001 a 03; 2009 a 11)

Hexacampeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina (2003, 07, 09 a 11)

Pentacampeão da Liga Futsal Feminina (2008 a 12)

Tricampeão da Copa das Nações – Mundial Interclubes (2009 a 11)

Campeão do Sul-Americano de Clubes (2012)

 Por Seleções:

Bicampeão Mundial Universitário (2010/12)

Bicampeão Brasileiro de Seleções Sub 20 (2007/09)

Comente aqui