Fotos

14 ago14:38

Seis mortes em acidentes na região Oeste

RBS TV 

  

 O mais grave foi na tarde de sábado em Cunha Porã 

Por volta das duas horas da manhã deste domingo um jovem de Maravilha morreu em um acidente de trânsito. Foi na BR 282, em Saudades. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Maravilha, Andrei Julio Ranzan, de 20 anos, dirigia o veículo quando perdeu o controle e capotou. Ele estava sozinho e morreu na hora. Um dos motivos do acidente pode ter sido a alta velocidade. 

Na tarde de sábado, um grave acidente tirou a vida de três pessoas na BR 158 em Cunha Porã. Se envolveram no acidente um carro de Cunha Porã e duas motos, uma de São Carlos e outra de Caçador. 

Três mortes no acidente registrado na BR 158 em Cunha Porã.

 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, os motociclistas eram amigos e andavam juntos. Com o forte impacto da batida, os motociclistas: Giovan Roger Heinen, de 25 anos e Fausto Werlang, de 30, morreram na hora. O motorista do carro, Alceu Menin, de 58 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

No domingo mais duas mortes 

O acidente foi  por volta das 18 horas do domingo (14), na SC 468, em Chapecó, a 400 metros do trevo da BR 282. Um Celta de Irati colidiu contra um Golf placas de Chapecó que trafegava de Quilombo para Chapecó. Morreram a passageira do Golf, Renata Carolina Seganfredo, 21 anos, e Karine Matielo, nove anos. 

Karine era filha do casal que estava no Celta, Pedro Matielo, 38 anos, que seria o condutor, e Ivete Tereza Sutil Matielo, 35 anos. Também estava no Celta Ediane Dalsanto Bassan, 21 anos. Os três estavam feridos e foram encaminhados ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. 

O motorista do Golf, Fábio Júnior Colodelfi, 20 anos, também foi conduzido ao hospital, mas por suspeita de embriaguês, segundo o sargento Atílio Michatowski, dos Bombeiros de Chapecó.

1 comentário
14 ago13:40

Chapecó terá shopping a partir de outubro

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

 

 Empreendimento que custou R$ 100 milhões terá 120 lojas e vai oferecer 1,5 mil vagas de emprego

Em menos de dois meses, Chapecó vai receber seu primeiro shopping de grande porte, o Pátio Chapecó, com 120 lojas e investimento de R$ 100 milhões. A inauguração foi confirmada para o dia 5 de outubro. A previsão inicial era de 22 de setembro, mas a administração do empreendimento optou pela mudança para dar mais tempo para as lojas finalizarem a estrutura.

Apenas 5% dos espaços ainda não estão locados

A gerente-geral do shopping, Carolina Bonafé, explica que a ideia é conseguir aproveitar as vendas do Dia das Crianças e também o movimento da Exposição Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Chapecó (Efapi), que será realizada no município de 7 a 16 de outubro. Carolina destaca que apenas 5% dos espaços ainda não estão locados.

Entre as lojas principais estão Renner, Americanas e Havan. A Havan vai instalar sua segunda loja em Chapecó. Para o presidente da rede catarinense, Luciano Hang, o shopping é um marco, pois representa um novo ponto de turismo para o Oeste Catarinense, Sudoeste do Paraná e Norte do Rio Grande do Sul.

A expectativa da administração é de que entre 500 mil e 600 mil pessoas passem pelo local nos primeiros seis meses. E já há projeção para ampliar o número de lojas.

O empreendimento contará com quatro salas de cinema, uma delas em 3D. Na praça de alimentação, estão redes internacionais, como Mc Donald’s, Burger King e Subway.

A prefeitura de Chapecó anunciou, na semana passada, algumas melhorias no acesso ao shopping, nas ruas Fernando Machado e Getúlio Vargas, para dar conta do aumento do fluxo de veículos previsto para o local. A expectativa do novo shopping é de geração de 1,5 mil empregos diretos e 3 mil indiretos. Muitas lojas ainda estão recrutando funcionários.

A obra

- Inauguração: 5 de outubro de 2011

- Investimento: R$ 100 milhões

- Local: região Norte da cidade, entre a Rua Fernando Machado e o prolongamento da Avenida Getúlio Vargas

- Área do terreno: 38 mil metros quadrados

- Área construída: 34 mil metros quadrados

- Área locável: 16 mil metros quadrados

 - Lojas: 120

- Estacionamento: 750 vagas

- Público-alvo: 1 milhão de consumidores de 80 cidades

- Geração de empregos: 1,5 mil

Os interessados nas 40 vagas da administração do shopping podem ligar para (49) 3328-0530 ou mandar email para rh@patiochapeco.com.br

Comente aqui
12 ago09:56

Aposentado colhe batata gigante em Chapecó

O cará, também conhecido como inhame, de 13 quilos foi colhido no quintal da casa de Jandir Téo, no bairro Santa Maria. A muda da planta veio de Quilombo e esta é a primeira vez que o bancário aposentado colhe uma batata desse tamanho. O fato mais curioso é que um cará normal pesa em média um quilo.

Para o engenheiro agronômo da Epagri, Ivan Tormen, as condições climáticas e a boa qualidade do solo foram determinantes para que o vegetal chegasse a esse tamanho.

1 comentário
11 ago09:54

Polícia investiga fraude contra SUS em hospital de São Lourenço do Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Fundação Hospitalar de Assistência ao Trabalhador Rural cobraria por procedimentos do SUS

A Polícia Civil de São Lourenço do Oeste, no Oeste de Santa Catarina, investiga suspeita de fraude contra o Sistema Único de Saúde (SUS) na Fundação Hospitalar de Assistência ao Trabalhador Rural. Nesta quarta-feira, foram cumpridos mandados de apreensão de documentos no hospital e na casa de dois funcionários. A Fundação Hospitalar teria cobrado por procedimentos que, por serem feitos pelo SUS, seriam gratuitos.

De acordo com o delegado Marcelo Marins, há provas de um caso de São Domingos. Um jovem teria sido encaminhado ao hospital pela Secretaria de Saúde do município, para uma cirurgia de adenoide, há um ano. A mãe do paciente teria pagado R$ 280 pela cirurgia, mesmo tendo sido encaminhada via SUS. Com isso, teria ocorrido duplicidade de pagamento: o Ministério da Saúde e a mãe do paciente pagaram pelo procedimento.

O delegado afirmou que o caso foi denunciado no Fórum de São Domingos e contou com o apoio de policias militares de Chapecó e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de Chapecó, em uma força-tarefa formada pelo Ministério Público (MP) e órgãos policiais e fiscalizadores.

Pedidos de prisão

A investigação resultou nos mandados de busca e apreensão e também em pedidos de prisão, que ainda não foram deferidos pela justiça. O delegado Marcelo Marins afirmou que os documentos apreendidos vão melhorar as provas já existentes. Ele afirmou que os suspeitos podem ser denunciados por crimes como formação de quadrilha, concussão (exigir benefício indevido atuando em função pública) e até estelionato. De acordo com o delegado, a suspeita recai sobre a administração e alguns médicos.

Os documentos estão sendo analisados e os envolvidos serão ouvidos nesta semana. Em 15 dias, o relatório será encaminhado ao MP. O promotor de justiça de São Lourenço do Oeste, Eraldo Antunes, disse que vai aguardar a documentação. Ele quer averiguar as provas do crime e se não há o envolvimento de outras pessoas ou órgãos no suposto esquema.

Contraponto

A equipe do Diário Catarinense foi até o hospital onde, inicialmente, foi informada que os diretores estavam em reunião. Em seguida, foi dito que eles haviam saído. Por último, a informação foi de que a administração não iria se pronunciar no momento.

Comente aqui
10 ago13:32

Uma semana para conhecer as obras de Paulo de Siqueira

Até o dia 12 de agosto estudantes de Chapecó tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a vida do artista plástico Paulo de Siqueira. Ele é responsável pela obra símbolo da cidade: O Desbravador.

Promovida pela Fundação Cultural, as visitas iniciam no monumento localizado na Avenida Getúlio Vargas. No local eles aprendem detalhes sobre a obra, que completa 30 anos no dia 25 de agosto, além de conhecer outros trabalhos do artista no Memorial Paulo de Siqueira. Os alunos passam ainda pelo Museu de História e Arte de Chapecó onde podem interagir e fazer releituras das obras.

Durante a visitação os alunos são convidados a confeccionar na escola o seu Desbravador com material reciclado. As obras produzidas devem ser entregues até o dia 19. A exposição será na semana do Município, de 22 a 26 de agosto no Museu de História e Arte de Chapecó.

Comente aqui
09 ago10:00

Araucária de 15 metros cai sobre escola no centro de Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br 

As aulas foram suspensas pela manhã e 500 alunos tiveram que voltar para casa 

Um temporal que ocorreu por volta das 5 horas da manhã desta terça-feira atingiu alguns municípios da região Oeste. Houve registro de estragos em Chapecó, Cordilheira Alta, Xaxim, Xanxerê e Coronel Freitas. 

Pinheiro caiu sobre a Escola Básica Pedro Maciel durante a madrugada por conta do temporal

Os alunos da Escola Básica Pedro Maciel, em Chapecó, tiveram uma surpresa ao chegarem na escola nesta terça pela manhã. Uma araucária com cerca de 15 metros caiu sobre a escola e danificou uma sala de aula, a sala dos professores e a sala de orientação. As aulas foram suspensas pela manhã e 500 alunos tiveram que voltar para casa. O turno da tarde, com 300 alunos, também pode ser suspenso. 

— A parte elétrica está danificada e representa um risco- disse a diretora Clarisse Pressi. Como não havia ninguém na escola, não há feridos. A diretora deduz que o pinheiro, que era um símbolo da escola instalada no local há 36 anos, tenha caído por volta das 5h30. 

A primeira pessoa a ver o estrago foi a servente Maria Nardi, que chegou no local às 6h30.

— Quando abri a porta vi tudo estralando e corri para fora- lembrou.

Em Chapecó os bombeiros atenderam 92 ocorrências, principalmente no Bairro Trevo. Em Coronel Freitas o tráfego está em meia pista no quilômetro 92.

Comente aqui
08 ago09:56

Lançada a Efapi 2011

18ª Edição da expo-feira promete ser espetacular!

Na noite da última quinta-feira (4), quem foi ao Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes pode visualizar um pouco do que será a EFAPI 2011: a 18ª edição da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó promete ser espetacular. Autoridades, expositores, patrocinadores, profissionais de imprensa e representantes de entidades e instituições participaram do lançamento da maior feira multissetorial do sul do país, programada para o período de 7 a 16 de outubro de 2011.

Presidente da CCO Luciano Buligon, prefeito de Chapecó José Caramori, coordenador geral Marcio Sander e o vice-presidente da CCO Ivalberto Tozzo

Comente aqui
04 ago16:54

Droga conhecida como "hulk" e semelhante ao crack foi encontrada em Concórdia

Na noite de terça-feira, a Polícia Militar prendeu cinco suspeitos de tráfico de drogas, em Concórdia. Eles portavam 70 gramas de crack e uma pedra de 20 gramas com coloração verde.

O grupo trazia a droga de Erechim (RS) e revendia em Concórdia. Os suspeitos estavam num carro e foram surpreendidos no trevo de acesso à cidade catarinense. Pela primeira vez, a polícia encontrou o entorpecente na região.

Segundo a Polícia Civil gaúcha, a hipótese de o material ter sido produzido em Erechim seria pouco provável, pois não há conhecimento de laboratórios de refino de óxi ou crack no interior do RS. Por isso, a droga provavelmente tenha origem no Paraguai ou em São Paulo, onde é comum.

Tom verde seria corante

Embora a pedra apreendida em Concórdia tenha apresentado menor quantidade de cocaína do que o crack, o diretor do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico do RS (Denarc), Heliomar Franco, diz que em geral o tom esverdeado da droga seria apenas resultado do uso de um corante e não da mistura de uma substância capaz de potencializar os efeitos do entorpecente. O corante também poderia ser misturado ao óxi, mas conforme Franco é incomum.

O corante seria usado por traficantes para atrair os usuários. Assim, argumentam que o hulk seria ainda mais potente do que o crack e o óxi. Para o Denarc, isso não passa de uma estratégia dos bandidos. O objetivo seria induzir os usuários a experimentar “a novidade”.

DIÁRIO CATARINENSE E ZERO HORA

Comente aqui
03 ago12:44

Zagueiro da Chapecoense desperta interesse do Grêmio

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Dema disse que não foi contatado pelo clube gaúcho

As boas atuações do zagueiro e capitão da Chapecoense, Dema, tem  despertado o interesse de vários clubes da Série A. Primeiro foi a dupla Avaí e Figueirense que cogitaram contratar o zagueiro. Um diretor do Figueirense foi até Chapecó para levar Aloísio e Dema. Aloísio foi, mas no caso de Dema o zagueiro e a direção do Verdão resistiram. Agora é a direção do Grêmio que cogita contratar o jogador. O próprio Dema e o diretor de futebol Cadu Gaúcho informaram ao clicEsportes RS que não foram contatados.

Comente aqui
02 ago14:46

Tarifas de energia elétrica da Celesc serão reajustadas em 7,97%

Na prática, consumidor sentirá aumento médio de 1,19% na conta de luz

Foi homologado nesta terça-feira o reajuste de 7,97% nas contas de energia elétrica da Celesc. Na prática, os 2,3 milhões de clientes da concessionária em Santa Catarina terão um aumento de 1,19% na tarifa.

O reajuste ficou abaixo do concedido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 2010, quando o percentual foi de 9,85%. O aumento em 2011, segundo a própria Celesc, foi o menor dos últimos três anos.

De acordo com o presidente da Celesc, Antonio Gavazzoni, o reajuste deste ano foi influenciado pela redução dos custos de compra da energia elétrica, incluindo aí a queda da cotação do dólar, moeda em que é tarifada a energia comprada da usina de Itaipu. “O reajuste poderia ser ainda menor se houvesse maior redução de valores não gerenciáveis pela Celesc”, diz Gavazzoni em nota divulgada pela empresa.

Outro fator que pode ter influenciado nas cifras do reajuste foram as chuvas que atingiram o Estado no começo do ano. Com os reservatórios cheios em Santa Catarina, diminui a necessidade de energia proveniente de termelétricas, mais cara do que a das hidrelétricas.

Os custos com energia elétrica são calculados de acordo com dois itens. O primeiro, ou parcela A, compõe 80% do valor da fatura e é consituído dos custos não gerenciáveis pela Celesc, ou seja, compra e transporte de energia elétrica, encargos setoriais e impostos. O segundo, ou parcela B, contabiliza os custos gerenciáveis, como pessoal, materiais e serviços, remuneração dos investimentos e cota de reintegração regulatória, com margem de comercialização previamente estabelecida e vinculada à eficiência operacional e à prudência dos investimentos.

Todos os anos, a Celesc reavalia suas tarifas no mês de agosto. Em 2011, o reajuste para o consumidor ficará abaixo das variações de IGP-M e IPCA.

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui