Fotos

09 ago12:10

Melhorias são realizadas na Attílio Fontana em Chapecó

A Administração Municipal notificou a empresa responsável pelas obras de melhorias na Avenida Attilio Fontana, na Efapi, por executar serviços de construção de muretas em desacordo com as especificações técnicas previstas no projeto original, conforme apurado por fiscais de obras da Secretaria de Planejamento.

Com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos na Efapi, a Administração Municipal deu início a uma série de mudanças no trânsito naquela região da cidade há 30 dias. A principal alteração é o fechamento do canteiro central, com mureta em concreto armado, a partir da esquina com a Servidão Anjo da Guarda – acesso a Unochapecó – até a rótula em frente à Superintendência Oeste, na interseção com a Rua Vitório Cadore. O objetivo é impedir conversão à esquerda nos cruzamentos, principal causa de acidentes naquela via. As obras iniciaram, mas a empresa não seguiu as recomendações técnicas.

Estão sendo investidos R$ 214.425,84 nessa obra e na construção de uma rótula em frente ao Posto Gaúcho. Outra rótula está definida para a esquina com a Servidão Anjo da Guarda, no Posto Milão, mas os serviços serão iniciados apenas quando Av. Ernesto José de Marco (antiga Araras) estiver concluída. Além disso, para forçar a redução de velocidade, serão instalados “almofadões” ao longo da Attílio Fontana.


1 comentário
09 ago12:03

ACN terá maratona de sete competições em menos de dois meses

Depois de uma semana de descanso a equipe da ACN/Aquatic Center/Unochapecó/ Linear Auditores/ Inovadora Sistemas/ PMC está treinando num ritmo forte para as competições do segundo semestre. No domingo, dia 5, durante um almoço que marcou o encerramento da primeira parte do ano, pais e atletas comemoraram os resultados obtidos. Até este momento a equipe chapecoense já participou de 14 competições em Santa Catarina e fora do estado. Foram conquistadas 147 medalhas, sendo 55 de ouro.

O período foi de competições em Lages, Florianópolis, Blumenau, Balneário Camboriu, Itá e Porto União. Nestas provas a equipe chapecoense sempre figurou como a principal do oeste catarinense. Foram seis estaduais, um campeonato sulbrasileiro, um regional e duas travessias em solo catarinense. Os nadadores da ACN enfrentaram outras quatro provas fora do estado, sendo dois sulbrasileiros no Paraná, em Foz do Iguaçu e Curitiba, e mais duas competições nacionais, em Brasília/DF e Anápolis/GO.

Nas competições do semestre o principal destaque foi Jéssica Canofre. Ela enumerou conquistas como o vice-campeonato brasileiro de seleções estaduais, foi recordista sulbrasileira, recordista catarinense, campeã catarinense, quarta colocada no campeonato brasileiro de inverno e obteve a melhor colocação de um atleta chapecoense no campeonato brasileiro de seleções com duas medalhas de prata e três de bronze. Jéssica ainda foi a melhor atleta do catarinense de inverno.

Outros destaques ficaram com Gabriela Guimarães e Renata Sprícigo, campeãs catarinenses e sulbrasileiras; Júlia Piccoli, vice campeão sulbrasileira e campeã catarinense; Yah Macena e Natália Behm da Silva, medalhistas no sulbrasileiro e campeões catarinenses; Caroline Costa e Vinícius Goulart com medalhas em campeonatos catarinenses; e Lucas Benelli e Vinícius Monteiro, que medalharam nos Jogos Escolares.

A ACN também participou das travessias aquáticas neste primeiro semestre. No final do circuito Rui Hermes foi campeão, Maria Tereza Lima foi prata e Idemar Tiepo bronze, em categorias diferentes.

- Nos próximos dois meses a equipe terá disputas em Chapecó, São Paulo, Palhoça, Lages e Criciúma. Serão mais sete campeonatos neste período – enumera o treinador Vitor Goulart.



Comente aqui
08 ago17:57

Acesso à BR 282 em Chapecó recebe sinalização

Foi realizada nesta quarta-feira, dia 8 de agosto, a pintura das faixas na pista do acesso à BR 282 em Chapecó. A ação visa levar mais segurança aos motoristas que circulam pela rodovia que está sendo duplicada. Sete quilômetros de pista foram pintados. De acordo com os números da Polícia Rodoviária Federal, o acesso Plínio Arlindo de Nes, (BR 480) tem um fluxo de 30 mil veículos por dia.

Para prevenir acidentes, principalmente à noite ou em dias de nevoeiro, a pista recebeu pintura nas laterais e na faixa central. Para prevenir acidentes no trecho, a SDR autorizou a sinalização do trecho.

- Pedimos aos motoristas que respeitem a sinalização e o limite de velocidade. Estamos em obras e por isso é preciso muito cuidado – lembrou o secretário regional Eldimar Jagnow.

>> Obras do acesso à BR 282 serão reiniciadas

A obra no acesso Plínio Arlindo de Nes recebe investimento de R$ 76 milhões. O projeto executivo entregue ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), prevê duplicação, implantação de iluminação, construção de dois viadutos no acesso, passeio para pedestres, além de três passarelas e três passagens inferiores.


Comente aqui
08 ago16:42

Caminhoneiros ficam divididos após reunião com governo

Uma semana depois de interromper a principal rodovia do País, a Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, caminhoneiros terminaram no meio da tarde desta quarta-feira a primeira reunião de negociação com o governo, mas deixaram o encontro falando línguas diferentes. O representante do Ministério do Trabalho, secretário-executivo Marcelo Perrupato, deixou o encontro evitando perguntas dos jornalistas, sinalizando que nem todos os pleitos dos caminhoneiros serão atendidos, conforme prometeu uma das lideranças sindicais da categoria.

Os motoristas mostraram-se claramente divididos em diferentes grupos, um deles ameaçando os demais e criando confusão com a segurança da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), onde foi realizada a primeira reunião da mesa de negociação aberta pelo governo. Enquanto aguardavam do lado de fora, autônomos chamavam de “picaretas” os representantes da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, Diumar Bueno, e da União Nacional dos Caminhoneiros, José Araújo da Silva, o “China”, que participam do diálogo com o governo.

Em discurso para os manifestantes, o presidente do Movimento Brasil União Caminhoneiro, Nelio Botelho, afirmou que a ANTT estaria disposta a “responder todos os nossos problemas” podendo até “revogar” normas. Uma das regras em vigor, bombardeada pelos sindicalistas, permite a concessão de licença para transporte de carga a empresas de outros setores, como fazendas, empreiteiras de construção civil etc. Essas permissões acrescentaram 600 mil trabalhadores ao setor nos últimos dois anos, segundo Botelho. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério dos Transportes, ficou acertado que as demandas dos caminhoneiros serão discutidas em quatro grupos de trabalho temáticos. O primeiro discutirá normas e regulamentos, outro a construção de pontos de parada, o terceiro vai debater questões fiscais e tributárias e o quarto, aspectos jurídicos.

“Isso tudo vai ser negociado na semana que vem” respondeu a Pasta, quando indagada sobre as promessas feitas por Botelho. Os caminhoneiros protestam contra a ausência de infraestrutura nas rodovias, o que não permite o cumprimento de uma lei que estabelece paradas obrigatórias de descanso periódicas. Pedem, ainda, o retorno ao modelo anterior, sem licenças para empresas que não sejam de carga, entre outras reivindicações.

A mesa de negociação tem prazo de 30 dias. Além do Ministério dos Transportes, integram o grupo representantes do Ministério do Trabalho, da Polícia Rodoviária Federal, da ANTT, do Ministério Público do Trabalho, da Secretaria Geral da Presidência da República, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).


AGÊNCIA ESTADO

Comente aqui
08 ago14:55

Dia do Estudante será comemorado com shows em Chapecó

Para marcar o Dia do Estudante, nacionalmente comemorado em 11 de agosto, a Unochapecó promove dois shows. As bandas Pedra Letícia e Santograau são as responsáveis por fazer a festa, nesta quinta-feira, 9 de agosto, em frente à Livraria Universitária, às 20h.

A recepção será feita pelos pratas da casa, Banda Santograau, a primeira atração da noite que promete animar a galera. A partir das 20h45 acontece a abertura da Gincana dos Calouros, com pronunciamento de representantes da Reitoria e do Diretório Central dos Estudantes (DCE), e já haverá a primeira atividade da gincana, para a qual as equipes podem se inscrever até o dia 9, às 18h30. A equipe que estiver mais animada já marca seus primeiros pontos e sai na frente.

>> Acesse a AGENDA do clicRBS Chapecó

A dupla Nego Ócio e Mika Jeka prepara os acadêmicos para a atração principal, Banda Pedra Letícia, que sobe ao palco para tocar seu pop rock irreverente e encerrará as apresentações da noite dos estudantes.


Comente aqui
08 ago12:18

Chapecoense na Série C: duas vitórias, três empates e uma derrota

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Em seis jogos na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense está em quarto lugar no Grupo B, com nove pontos. O time comandado por Itamar Schulle teve , até o momento, duas vitórias, três empates e uma derrota.


Eliomar é o artilheiro da equipe com 3 gols.


 

A Chapecoense fez seis gols e também sofreu seis gols.

O artilheiro da equipe com três gols é o meia Eliomar. Jô, Leonardo e Thuram marcaram um gol cada um.


Jogos na Série C


1ª rodada

Santo André/SP 0 x 0 Chapecoense


2ª rodada

Chapecoense 3 x 2 Vila Nova/GO


3ª rodada

Caxias 2 x 0 Chapecoense


4ª rodada

Chapecoense 1 x 1 Macaé/RJ


5ª rodada

Duque de Caxias/RJ  0 x 1 Chapecoense


6ª rodada

Brasiliense/DF 1 x 1 Chapecoense

Comente aqui
08 ago10:52

Nascimentos: Arthur Pasin

Arthur Pasin, filho de Thais Pilatti e Paulo Cezar Pasin, nasceu às 7h55 do dia 7 de agosto de 2012 em Chapecó.

Ele veio ao mundo com 4,8Kg  e 51cm.









A foto do seu filho(a), sobrinho(a), neto(a), também pode aparecer na seção Nascimentos. Encaminhe um email para participe@clicrbschapeco.com.br.

Comente aqui
08 ago10:48

Assinado contrato para construção do CT da Água Amarela

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense assinou na tarde da terça-feira, dia 7 de agosto, um contrato com a Fundesporte para o repasse de R$ 1 milhão de recursos do governo do Estado para a construção de um centro de treinamento na localidade de Água Amarela, interior de Chapecó.

O Verdão do Oeste fez um contrato de comodato com os proprietários da área onde serão investidos os recursos, com a construção de refeitório, alojamentos, cercamento e melhoria dos campos existentes.

As obras no local devem iniciar no mês de setembro deste ano.


Comente aqui
08 ago10:11

Identificação correta da silhueta ajuda a potencializar o treino físico

Cada pessoa tem uma constituição física — o chamada biotipo. É reconhecendo as características dessa compleição que se chega ao treino ideal. O professor de educação física Rodrigo Andrade explica que há três tipos básicos: o ectomorfo, o mesomorfo e o endomorfo.

— Além da identificação dos traços físicos da pessoa, alguns exames também são importantes para determinar o perfil. Temos que entender que, dependendo do biotipo, o resultado dos exercícios pode ser um pouco melhor, mas esse não é um fator determinante na eficácia da atividade — ressalta.

Porém, a divisão em biotipos deve ser encarada apenas como uma orientação geral.

— Existem fatores como idade, restrições relacionadas à saúde, motivação para a atividade, objetivos e até as necessidades do praticante. Tudo isso é muito importante na escolha da atividade física — enfatiza Sérgio Nunes, especialista em qualidade de vida.


Para cada corpo, uma resposta

É importante ter em mente que ninguém se encaixa em apenas um desses tipos. As maiorias das pessoas possuem características de todos os tipo físicos, apesar de um deles ser dominante. E saber disto é útil para quem pratica atividades físicas, pois seu tipo de corpo dita o treinamento que você deve seguir, além de prever os resultados que você vai alcançar.

A princípio, uma pessoa ectomorfa não precisa se preocupar em perder gordura para conseguir um bom físico, porém precisará treinar forte para desenvolver e manter grandes músculos. Endomorfos, por outro lado, sempre travam uma luta contra a balança, mas podem trocar gordura por músculos e esculpir corpos proporcionais e fortes. Já os mais sortudos, os mesomorfos, são capazes de desenvolver músculos mais rapidamente. Mas em todos os casos, disciplina é fator fundamental.


Os três biotipos:

1. Ectomorfo (figura à esquerda)

— São pessoas mais magras, com pequena porcentagem de gordura.

— Podem ter o metabolismo mais acelerado.

— Geralmente, têm estrutura física mais alongada — pernas e braços mais compridos — e são, aparentemente, mais frágeis.

— Ainda que não tenham facilidade para engordar, os indivíduos com esse perfil dominante devem ter cuidado com a alimentação, que deve ser balanceada.

— Sob a orientação de um nutricionista, podem equilibrar a alimentação com a adição de carboidratos e proteínas.

— Atividades que proporcionem ganho de massa muscular, como musculação, podem ser uma opção.


2. Mesomorfo (figura ao centro)

— Porte físico mais esbelto e definido. Ombros largos, massa corporal bem distribuída.

— Esses indivíduos têm mais facilidade para ganhar massa muscular.

— Seguindo uma dieta nutricional adequada, podem perder gordura mais rápido que os demais.

— Uma boa opção para os treinos é procurar atividades que intercalem membros superiores e inferiores.


3. Endomorfo (figura à direita)

— O corpo é mais arredondado, com acúmulo de gordura na região abdominal.

— Esse perfil acumula gordura com mais facilidade.

— Têm que regular mais a alimentação que os demais.

— Estatura mais baixa, membros mais curtos.

— O metabolismo, geralmente, é mais lento.

— Devem adotar atividades aeróbicas, que proporcionem perda de gordura, e prestar atenção às articulações, que podem sofrer com a sobrecarga durante os exercícios.

— É importante entender que uma pessoa obesa não pertence, necessariamente, a esse biotipo, já que uma série de fatores deve ser levada em conta.


VIDA E SAÚDE

Comente aqui
07 ago18:07

Assaltar a geladeira à noite pode ser sintoma de distúrbio alimentar

Especialistas da Associação Brasileiro para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica alertam que episódios frequentes de excessiva fome noturna podem ser sintoma de um transtorno alimentar: a Síndrome Alimentar Noturna (SAN). Segundo a entidade, a síndrome afeta cerca de 3 milhões de brasileiros.

A SAN caracteriza-se por maior ingestão calórica no período noturno, sobretudo após as 19 horas, despertares durante a noite para comer e falta de apetite durante as manhãs. Além de afetar a qualidade do sono, a Síndrome Alimentar Noturna é um fator de pré-disposição à diabetes e obesidade.

A alimentação predominantemente noturna cria um desbalanço no metabolismo, tornando-o mais lento durante o dia e levando o organismo a estocar os nutrientes nos períodos de maior consumo e menor gasto energético, o período noturno. Cerca de 10% dos obesos e 27% dos obesos mórbidos possuem a síndrome. Além disso, a síndrome predispõe quadros de obesidade.

De causa exata ainda desconhecida, o problema tem o estresse e a má distribuição do volume de alimentos e calorias ingeridos como dois fatores ligados a seu surgimento. Soma-se a eles a insônia e má alimentação durante o dia.

— Os portadores relatam um aumento do consumo alimentar, usualmente após o jantar, ou apresentam despertares noturnos para comer ou beber — explica o psiquiatra Alexandre Pinto de Azevedo, autor de um estudo sobre a síndrome.

Um quadro de SAN começa a se consolidar quando a fome ou vontade de comer do indivíduo diminui durante o dia e surge fortemente a noite, após as 19h. A dieta deixa de ser normal quando 55% ou mais da ingestão calórica diária ocorre após esse horário. Habitualmente, nesse período ingere-se cerca de 15% das calorias diárias.

— O paciente precisa comer bastante para conseguir se sentir satisfeito e dormir. Durante o dia, ele nem se lembra de comer — explica a endocrinologista e diretora da Abeso, Claudia Cozer.

Segundo ela, os alimentos mais procurados em episódios de compulsão possuem maiores valores calóricos, ricos em gordura e carboidratos finos (açúcares, pães, doces) — aqueles que, geralmente, estimulam a liberação de endorfinas, os neurotransmissores ligados à sensação de prazer e bem-estar.


Reeducação

O tratamento se dá por meio de reeducação alimentar, terapia cognitiva comportamental e medicamentos anticompulsivos, em casos mais extremos. A sertralina é a medicação mais indicada, pois regula o padrão alimentar noturno com redução dos despertares. A trazodona e o topiramato também controlam o impulso alimentar e regularizam o padrão de sono.


VIDA E SAÚDE

Comente aqui