Notícias

20 out17:34

Tarifas de ônibus coletivo sobem de 8 a 10%

A tarifas de transporte coletivo urbano em Chapecó terão aumento de 8 a 10% a partir deste domingo. A passagem comprada antecipada nos pontos de venda passa de 2,03 para R$ 2,20. Quem pagar na hora terá que desembolsar R$ 2,50. A tarifa para estudante passa de R$ 1,00 para R$ 1,10.

O decreto que aumentou as passagens foi publicado na sexta-feira, pela Prefeitura. De acrodo com nota divulgada pela assessoria de imprensa o motivo do reajuste foi a defasagem entre o valor praticado e os custos de manutenção. O reajuste anterior havia sido em 2009.

1 comentário
20 out16:59

Chapecoense vacila novamente

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br


Pela segunda vez consecutiva a Chapecoense vacilou fora de casa e novamente foi derrotada, desta vez por 2 a 1, para ao Madureira, neste sábado, em Madureira. Com o resultado a Chapecoense mantém os 26 pontos e pode perder a vice-liderança até o final da rodada.

O início do primeiro tempo foi equilibrado, com poucas chances de gol. Apesar de ter três atacantes a Chapecoense quase não levou perigo ao gol adversário. Uma das poucas chances de marcar foi com Fabiano, de cabeça, aos 31 minutos, mas a bola foi para fora. No final do primeiro tempo o Madureira passou a dominar a partida. Derlei teve uma chance de marcar, mas também errou.

Aos 45 minutos, Paulinho Dias entrou de carrinho em Carlinhos e cometeu pênalti. Já nos descontos, Derlei cobrou e abriu o marcador.

O Madureira continuou melhor no início do segundo tempo. Rafael Lima evitou o segundo gol do time da casa, que aos 19 minutos ficou com um jogador a menos, pela expulsão de Patrick. Mesmo com um jogador a menos o Madureira ampliou aos 21 minutos, num chute de fora da área de Jean.

Somente aos 33 minutos a Chapecoense fez valer a vantagem numérica. Dudu Figueiredo fez boa jogada e tocou para Henrique marcar. Mas faltou força para buscar o empate. Agora fica tudo para a última rodada, sábado, contra o Tupi, no Condá.



FICHA TÉCNICA


MADUREIRA-2: Cléber, Patrick, Zé Carlos, Roberto Jr e Zeca; Gilson, Rodrigo, Michel Santos, Carlinhos (Paulo Vítor); Jean (Vitor Silva) e Derlei. Técnico: Luiz Cláudio


CHAPECOENSE-1: Nivaldo, Fabiano, André Paulino (Souza), Rafael Lima e Gilton (Dudu Figueiredo); Wanderson, Paulinho Dias e Neném; Cristiano (Henrique), Rodrigo Gral e Jô. Técnico: Gilmar Dal Pozzo


Gols: Derlei (M), aos 46 minutos do primeiro tempo. Jean (C), aos 21 minutos, Henrique (C), aos 33 minutos

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Júnior, auxiliado por Marcos Vinícius Gomes e Wesley Moreira de Carvalho

Cartões amarelos: Roberto Jr, Cléber, Vitor Silva e Rodrigo (M); Gilton, Paulinho Dias e Souza (C).

Expulsão: Patrick (M), aos 19 minutos do segundo tempo.

Local: Estádio Aniceto Moscoso, em Madureira-RJ

Público: 378 pessoas

Renda: R$ 2.240

1 comentário
20 out14:53

Colégio Logosófico mostra trabalhos sobre ética

A “A Ética e seu poder transformador” foi o tema escolhido pelo Colégio Logosófico de Chapecó para a 7a Feira do Conhecimento, realizada neste sábado.

Durante o ano os alunos do Infantil 1  (menores de 2 anos), até o 5o Ano realizaram diversos estudos e projetos envolvendo os conceitos que formam a ética.

Durante a feira eles apresentaram trabalhos quem remontam ao conceito de ética na Grécia Antiga, os pensamentos que influenciaram a humanidade, o cultivo da amizade, o valor do exemplo e a escolha de palavras e atitudes que proporcionem o bem comum. O estímulo ao estudo e à pesquisa era um dos desafios. De acordo com a diretora, Luciana Balbinott Paludo, o objetivo da escola ao propor o tema foi que crianças colocassem em prática na vida o que estavam aprendendo durante o ano. Também foi uma oportunidade para que os familiares refletissem sobre os conceitos trabalhados.  

Comente aqui
20 out14:15

Seara faz prevenção contra câncer

A Secretaria da Saúde de Seara realiza neste sábado mais uma campanha do dia “D” do Preventivo, com coleta de material para exame de prevenção do câncer de colo uterino e câncer de mama.

A ação iniciou pela manhã e vai até 16 horas no Posto de Saúde do Bairro São João e na Rede Feminina de Combate ao Câncer. As mulheres recebem atendimento gratuito, além de orientações dos profissionais de fisioterapia, nutrição e enfermagem. Pela manhã houve caminhada de conscientização pelas ruas do centro com as integrantes da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

-O câncer de colo de útero tem cura quando diagnosticado com antecedência, por isso a importância de se prevenir- disse o secretário da Saúde, Odair Felippe.

Comente aqui
19 out23:30

Rock movido à polenta

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

Um vídeo que ensina a fazer polenta e que está nas redes sociais é uma das estratégias de lançamento do disco “Chamando Chuva”, segundo trabalho paralelo dos Irmãos Panarotto, que também são integrantes fundadores da banda Repolho.

Sirli Freitas

Dois shows de pré-lançamento (só não é lançamento porque o disco não ficou pronto) serão realizados no sábado e no domingo, a partir das 20 horas, no Sesc Chapecó. –Fizemos em dois dias para o pessoal não ter desculpa para não ir- explicou Roberto Panarotto, o caçula da dupla. O atraso na conclusão do disco é culpa do período eleitoral. –Tinha eleição para a direção da fábrica-brincou.

Mesmo assim o público poderá fazer uma audição coletiva antes do show, metade do disco cada dia. Quem quiser ouvir inteiro tem que ir nos dois dias. O show terá oito das 16 músicas que integram a obra. Chamando Chuva é uma referência à sonoridade da dupla. –Não é samba, não é chorinho, não é rock, tamo (sic) só chamando chuva- explicou Demétrio Panarotto.

Em tempos de estiagem no Oeste os artistas da terra do Índio Condá vão utilizar um instrumento de percussão muito peculiar, um balde. O instrumento é a referência ao primeiro disco da dupla, 2Violão e 1Balde, lançado em 2004.

Aliás, o show terá cinco músicas deste álbum para alegrar os nostálgicos. Demétrio lembrou que uma das diferenças dos dois discos é que, no primeiro, eles tinham que esperar diminuir o barulho da construção eu ficava próximo ao local de gravação.

Agora, a produção ficou mais sofisticada e ganhou mais densidade de instrumentos. Tudo com a produção de Marcelo Birck, mestre em composição, que participa do show. O disco foi montado numa linguagem cinematográfica, de gravação e montagem. Eles gravaram as músicas e depois foram montando, cortando, colando ou inserindo instrumentos.

Birck definiu o disco como eletroacústico. Os Irmãos Panarotto consideram uma evolução da “Colonagem Cibernética”, que é uma adaptação do jeito “colono” de ser às novas tecnologias. Aí que entra a polenta para os “Tropicalistas Mais Bem Alimentados” definição que o baixista Frank Jorge deu para a dupla que não corre o risco de sofrer com anorexia.

A intimidade com a culinária veio dos tempos de criança, em que nas férias saíam de Chapecó para visitar os parentes em Caxias do Sul. –Em vez de ir para a praia nós comíamos polenta e uva nos parreirais- lembrou Roberto.

O tom debochado continua. A faixa “Samba Paraguaio” dá a impressão de que não se trata de um samba original. Mas, segundo Demétrio, é um samba diferente, como o que existia antes de Getúlio Vargas. –Nossa ideia é valorizar o Paraguai- afirmou Roberto. Já as faixas “Sertamesmo” e “Eu Gosto de Pagode” são tentativas da dupla em se ajustar aos estilos que fazem sucesso atualmente. –Cansamos de ser alternativos, agora queremos andar de lancha no Rio Uruguai- declarou Roberto.

O disco mesmo só deve estar nas lojas em novembro. Quem quiser conferir alguns vídeos, inclusive o da receita da polenta brustolada, pode acessar o site polentabrustolada.wordpress.com. E quem levar um pacote de farinha de milho no show terá uma senha para acessar conteúdos exclusivos da banda.

Antes que alguém tenha indigestão, os Irmãos Panarotto alertam que eles não são músicos, apenas fazem música. Ou algo parecido com isso.



BOX

O quê: Show de pré-lançamento do disco Chamando Chuva, dos Irmãos Panarotto, com a participação especial de Marcelo Birck

Quando: Sábado e domingo

Onde: Sesc de Chapecó

Horário: 20 horas

Ingressos: Gratuitos e limitados a 100 lugares por dia. Devem ser retirados antes do show.

Comente aqui
19 out19:12

Vale a vaga antecipada

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense viajou na sexta-feira, para o Rio de Janeiro, com a missão de conquistar a vaga antecipada para a segunda fase da Série C no confronto deste sábado, às 15h, contra o Madureira. A partida será no estádio Aniceto Moscoso.

Uma vitória já garante a classificação, pois somente três times poderiam ultrapassar o time catarinense, já que Caxias e Duque de Caxias se enfrentam na última rodada. Um empate também pode servir, desde que o Santo André derrote o Duque de Caxias, em São Paulo.

O técnico Gilmar Dal Pozzo disse que o objetivo é não deixar para a última rodada, quando a Chapecoense joga em casa, contra o lanterna Tupi. Por isso ele pode até escalar três atacantes.

Dal Pozzo não poderá contar com o meia Athos, que está suspenso. Em compensação conta com a volta do volante Paulinho Dias, que vem sendo um dos principais jogadores do time nesta Série C.

O jogador, que não atuou na derrota para o Oeste, em virtude de um corte no joelho, foi o autor de um dos gols na vitória contra o Brasiliense, na rodada anterior. A lesão ocorreu justamente naquele jogo, ao chocar-se contra uma placa de publicidade, ainda no primeiro tempo. Naquele jogo Dias recebeu um curativo no intervalo e, mesmo com dor, voltou para o jogo e fez o gol que abriu caminho para a vitória.

No entanto na semana seguinte não conseguiu treinar. Para este jogo, o volante disse que está bem preparado. –Nessa semana consegui trabalhar normalmente- explicou. O jogador está confiante pois o grupo vem atuando bem. –A meta é voltar do Rio classificados- explicou.

Paulinho Dias já tem um acesso da Série D para a Série C com o Joinville, em 2010. Agora quer o acesso para a Série B.

FICHA TÉCNICA


MADUREIRA


Cléber


Diego Renan

Zé Carlos

Roberto Jr

Zeca


Gilson

Caio

Michel Santos

Carlinhos


Jean

Bruno Luiz


Técnico: Luiz Cláudio


CHAPECOENSE


Nivaldo


Fabiano

André Paulino

Rafael Lima

Gilton



Wanderson

Paulinho Dias

Neném


Cristiano (Dudu)

Rodrigo Gral


Técnico: Gilmar Dal Pozzo


Horário: 15h

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Júnior, auxiliado por Marcos Vinícius Gomes e Wesley Moreira de Carvalho

Local: Estádio Aniceto Moscoso, em Madureira-RJ

Comente aqui
19 out18:19

Polícia Militar usa campanha da RBS no combate à violência

Darci Debona|darci.debona@diario.com.br

A Polícia Militar de Chapecó está utilizando a campanha A Educação Precisa de Respostas, da RBS, dentro do projeto Segurança e Prevenção à Violência nas Escolas.

Soldado Marcelo Wudervald fez palestra na Escola Zélia Scharff

Nesta sexta-feira o soldado Marcelo Wundervald fez uma palestra para 130 alunos da Escola de Educação Básica Professora Zélia Scharff, dentro das comemorações dos 40 anos da escola.

Ele falou sobre valores morais e éticos voltados ao convívio escolar, prevenção de delitos e procedimentos que devem ser adotados em casos de violência. Depois passou o vídeo da campanha da RBS.

Wundervald disse que decidiu incorporar a campanha da Educação pois ela se encaixa na proposta de melhorar o ambiente escolar. –Se cada um fizer a sua parte teremos menos violência nas escolas- declarou.

O projeto da Polícia Militar iniciou em setembro do ano passado e já atingiu cerca de 20 mil adolescentes. A campanha “A Educação Precisa de Respostas”, foi lançada em agosto, com reportagens sobre o tema e ações junto ao poder público e comunidade.

Comente aqui
19 out12:40

Taça Brasil: Unochapecó/NTozzo/Aurora goleia e consegue classificação antecipada

Maior goleada da Taça Brasil Adulta de 2012, até o momento, e classificação antecipada à semifinal. Nesta quinta-feira (18), a Unochapecó/NTozzo/Aurora fez 15 a 0 no Chimarrão. A partida de futsal feminino foi disputada no Ginásio Joaquim Prestes, em Guarapuava (PR).

Além da vaga na próxima fase, a vitória alçou Chapecó para a liderança do Grupo A da Divisão Especial, com seis pontos, ultrapassando Grêmio Osasco e Dom Bosco/Paraná Clube (com quatro). As gaúchas ficaram com zero na lanterna, despedindo-se da competição. 

Na sexta, a Female Futsal faz sua última partida na fase de grupos, enfrentando Osasco às 18:30 no mesmo local. O empate garante as catarinenses como líderes da chave, dando vantagem na semifinal em caso de prorrogação.

 * Oito gols antes do intervalo

 O jogo foi todo de Chapecó, diante de um Chimarrão enfraquecido – considerando a tradição e os títulos que o clube gaúcho tem. Aos dois minutos, Bruninha abriu o placar. Vanessa entrou durante a partida e fez dois gols em dois minutos. Um deles foi de pênalti, em lance que a própria camisa 7 chutou e Tassi tirou com a mão, sendo expulsa. A raçuda Nívia mostrou que sabe fazer gols, indo para as redes. 4 a 0 com metade do primeiro tempo ainda.

 Seguindo no toque de bola envolvente e nas eficientes manobras ofensivas, mais quatro antes do descanso. Tampa fez, seguida pela capitã Brenda. Renata deixou o seu e, faltando dois segundos para acabar a etapa, Valéria fez um gol que sacramentou o seu retorno após quase dois meses.

 * Festa das fixas

 A Female Futsal queria ir mais além dos oito gols. Por isso, as fixas mostraram que não sabem apenas defender, mas também atacar. Nívia e Valéria fizeram aos três minutos, num intervalo de poucos segundos, chegando cada uma a dois gols no jogo. Pequena e Amanda entraram nessa das defensoras e registraram tentos no placar.

 As jogadoras de ataque não deixaram por menos. Tampa marcou seu segundo tento. Vanessa mostrou que era a artilheira da partida, chegando aos três gols. E, quando o relógio indicava 50 segundos para o fim, Pequena fez mais um, confirmando uma megagoleada.

 * Ficha técnica


Unochapecó/NTozzo/Aurora (SC) 15-0 Chimarrão (RS)

XXI Taça Brasil Adulta – Divisão Especial

Ginásio Joaquim Prestes (Guarapuava-PR)

Árbitras: Katiucia Meneguzzi-PR e Carolina Alves-MS

Gols: Bruninha, 3′ 1t (1-0); Vanessa, 7′ 1t (2-0); Vanessa, 9′ 1t (3-0); Nívia, 11′ 1t (4-0); Tampa, 16′ 1t (5-0); Brenda, 18′ 1t (6-0); Renata, 19′ 1t (7-0); Valéria, 20′ 1t (8-0); Nívia, 4′ 2t (9-0); Valéria, 4′ 2t (10-0); Pequena, 10′ 2t (11-0); Amanda, 12′ 2t (12-0); Tampa, 14′ 2t (13-0); Vanessa, 15′ 2t (14-0); Pequena, 20′ 2t (15-0);

Cartão vermelho: Tassi (Chimarrão)

Unochapecó: Evelyn (goleira); Nívia, Amanda, Bruninha e Tampa. Entraram: Brenda (capitã), Renata, Pequena, Vanessa, Estela, Valéria e Giga (goleira). Técnico: Éder Popiolski

 Chimarrão: Suka (goleira); Fran (capitã), Tassi, Tay e Bruna. Entraram: Camila, Jéssika, Maiara, Jenifer e Tânia. Técnica: Ângela Masotti

Comente aqui
19 out11:36

Show de manobras em Xanxerê

  Adrenalina vai correr nas veias dos apaixonados por aventura no próximo dia 20 de outubro. Programe na sua agenda, a partir das 20 horas, um grande show de manobras irá acontecer na Rua Rui Barbosa, em frente a Igreja Matriz Senhor Bom Jesus, no centro de Xanxerê. Será o “Show Espetacular Volkswagen” com o piloto João Paulo Steves, exclusivo da Volkswagen do Brasil.


Conforme a Auto Xanxerê, que está promovendo o Show, durante as provas a platéia verá toda superioridade de segurança e tecnologia das máquinas Volkswagen. O Show vai contar com manobras de derrapagens, pára-choque humano, testes de freio, teste de cambio onde faz engates de marcha ré, derrapagens com o piloto sentado no banco do carona, o piloto andando em somente duas rodas e muita participação do público.


Conheça um pouco do piloto
Filho do grande piloto de manobras Steves, o piloto que imortalizou a Parati com o cavalo de pau e criou a manobra do pára-choque humano, João Paulo faz manobras impressionantes com os Volkswagen em apresentações pelos quatro cantos do Brasil.


João Paulo já correu de Kart e foi campeão da Copa do Brasil, Campeonato Paulista e Brasileiro, correndo ao lado de Felipe Massa, Antonio Pizonia e outros campeões, mas descobriu que seu real talento era seguir os passos do pai, fazendo manobras radicais e levantando o público da arquibancada com sua pilotagem precisa e agressiva. Com apenas 18 anos e 23 dias de idade, João Paulo foi o mais jovem piloto do mundo a ter andado com um carro sobre duas rodas.


O Show Espetacular Volkswagen divide-se em três partes. Na primeira, o piloto realiza manobras de cavalos de pau, pára-choque humano, testes de frenagem, teste de câmbio, que consiste em engatar a ré enquanto o veículo está a mais de 80km/h. João Paulo também faz a manobra de estacionamento de ré, cavalo de pau dirigindo o carro do banco do passageiro e até pelo banco de trás do veículo.

 Na segunda parte, as manobras são em duas rodas, nesta hora a emoção é garantida e dividida com o público. Quando possível, alguém do público é convidado a experimentar a sensação de andar em duas rodas e a emoção é grande. O Show Espetacular é encerrado com o salto sobre rampas, distantes 12m uma da outra, onde João Paulo Steves atravessa uma barreira de fogo em pleno ar.


A equipe Steves há muito tempo faz trabalhos para a TV e cinema. Desde a década de 70, a equipe já gravava cenas de capotamento e manobras radicais para novelas da Rede Globo, filmes, para o seriado Os Trapalhões, nos anos 80 para o Fantástico e Programa Viva a Noite. Já nos anos 90, foi a vez do Domingo Legal e as famosas manobras do Pára-choque humano com artistas, pegadinhas do Topa Tudo por dinheiro e várias apresentações nos mais diversos programas.


E hoje o piloto exclusivo da Volkswagen realiza várias matérias para programas de TV.





Comente aqui
19 out11:08

Opotunidades para micro e pequenas empresas

Estevan Baldissera Marques é um dos três proprietários da Agência de Design Triocom, fundada há um ano em Chapecó. A empresa, com foco na gestão de marcas está estruturada, mas o empresário investirá em um novo desafio, o que motivou a participação dele do futuro sócio no 10o Seminário Regional de Crédito, promovido pelo Sebrae/SC, nesta semana, no Hotel Bertaso em Chapecó.  

“Desenvolvemos o Plano de Negócios com auxílio do Sebrae e participamos do evento para conhecer as linhas de crédito, as taxas de juro e os critérios para obtenção de financiamentos”, destacou o empresário. O novo empreendimento será do setor de comércio. “Trata-se de um ramo que oferece produtos nacionais e importados, difundido nas grandes cidades, mas que será pioneiro em Chapecó”, explicou Marques.

Durante o seminário, mais de 150 pessoas conheceram as linhas de crédito e os financiamento mais estão adequadas às demandas das micro e pequenas empresas. O evento, coordenado por Carlos Armando Carreirão do Sebrae/SC, reuniu oito instituições financeiras para apresentação de seus produtos: BNDES, Banco do Brasil, Badesc, BRDE, Caixa Econômica Federal, Sicoob e Sicredi.

Segundo Carreirão, hoje, as instituições financeiras possuem produtos e condições atrativas em termos de juros e facilidades de acesso para o universo das MPEs. “O diferencial do ambiente que criamos foi colocar diversas instituições financeiras falando para o mesmo público. Muitos dos empresários que participaram do evento não precisam de crédito no momento, mas aproveitaram a oportunidade para iniciar um relacionamento e conhecer as linhas de crédito e financiamento existentes”, assinalou.

O coordenador do evento destacou, ainda, que o crédito é visto como uma oportunidade para a empresa investir em novos negócios e não para cobrir deficiências. A programação do seminário também incluiu a Rodada de Negócios, no qual os empresários tiveram a oportunidade de conversar diretamente com os gerentes, em particular, analisar sua situação especificamente, e até conseguir melhores condições para o empréstimo. “Esse é um diferencial, porque o gestor não tem tempo, em seu dia a dia, para visitar tantos bancos, nem o gerente costuma dar esse atendimento exclusivo”, ressaltou Carreirão.

Para o ano de 2012, estão previstos 18 seminários de crédito em Santa Catarina.

OPORTUNIDADE PARA O FUTURO

O proprietário da ML Móveis de Chapecó, Odirlei Longo, também aproveitou o seminário e as rodadas de negócios para conhecer as opções de crédito adequadas para investimentos futuros. Com foco em móveis sob medida (cozinhas, banheiros, quartos adulto e infantil e salas de estar), a empresa atua há cerca de três anos com vendas diretas ao consumidor. “Nossos produtos são personalizados de acordo com o gosto dos clientes”, destacou.

Rodrigo Frizon é proprietário da Móveis Matté de União do Oeste. A empresa conta com 25 funcionários e produz cerca de 2.500 cadeiras e aproximadamente 150 mesas por mês. “Participei do evento para conhecer as linhas de crédito e avaliar o que se adapta para investimentos na realidade”, realçou.

O seminário contou com o apoio da Associação Comercial e Industrial (ACIC). 

Comente aqui